SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.2 issue2Sleep alterations in patients with the human immunodeficiency virus and chronic painPain in children with cerebral palsy in the postoperative: perception of parents and health professionals author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


BrJP

Print version ISSN 2595-0118On-line version ISSN 2595-3192

Abstract

VERRUCH, Carla Maria; FREZ, Andersom Ricardo  and  BERTOLINI, Gladson Ricardo Flor. Análise comparativa de três formas de aplicação de estimulação elétrica nervosa transcutânea e seu efeito na redução da dor em universitários com lombalgia inespecífica. BrJP [online]. 2019, vol.2, n.2, pp.132-136.  Epub June 19, 2019. ISSN 2595-3192.  https://doi.org/10.5935/2595-0118.20190024.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS:

Há uma variedade de formas de aplicação de estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS), sem que haja uma forma definida com melhores resultados no tratamento para a dor lombar inespecífica. O objetivo deste estudo foi avaliar qual aplicação de TENS tem melhor efeito sobre a redução imediata da intensidade da dor espontânea e provocada, em universitários com lombalgia inespecífica.

MÉTODOS:

Estudo quantitativo, aleatorizado e cruzado. Vinte indivíduos jovens foram distribuídos em quatro grupos e realizaram uma intervenção diferente por semana, totalizando quatro semanas. Grupos TENS convencional com frequência de 100Hz, duração de pulso de 200µs; TENS variação de frequência e intensidade com variação de frequência e duração de pulso automática, TENS Burst com frequência modulada em 2Hz, duração de pulso 250µs; e placebo em que os indivíduos foram submetidos a um protocolo de estimulação sem nenhuma sensação de formigamento ou contração muscular. Todas as sessões tiveram uma aplicação total de 20 minutos. Foram avaliados pela dor espontânea por meio da aplicação da escala analógica visual (EAV), e dor provocada pelo dolorímetro e dor ao frio por meio da aplicação de gelo sólido diretamente na pele, e EAV para intensidade de dor ao frio, todos realizados antes e após cada aplicação de eletroterapia.

RESULTADOS:

Apenas a escala analógica visual de dor espontânea apresentou resultados significativos (p<0,05) quando comparado intragrupos, nas três correntes aplicadas.

CONCLUSÃO:

As três formas utilizadas no presente estudo foram capazes de reduzir a dor espontânea após a intervenção por eletroestimulação.

Keywords : Analgesia; Dor lombar; Estimulação elétrica nervosa transcutânea.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )