SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.2 issue4Auriculotherapy: neurophysiology, points to choose, indications and results on musculoskeletal pain conditions: a systematic review of reviewsAtypical odontalgia: pathophysiology, diagnosis and management author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


BrJP

Print version ISSN 2595-0118On-line version ISSN 2595-3192

Abstract

BORTAGARAY, Sheila; MEULMAN, Thais Fadel Gonçalves; ROSSONI JUNIOR, Henrique  and  PERINETTO, Tiago. Métodos de diagnóstico e tratamento da síndrome da dor regional complexa: uma revisão integrativa da literatura. BrJP [online]. 2019, vol.2, n.4, pp.362-367.  Epub Dec 02, 2019. ISSN 2595-3192.  https://doi.org/10.5935/2595-0118.20190066.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS:

A síndrome da dor regional complexa é caracterizada por dor intensa que acomete uma extremidade do corpo, além de edema, aumento da sensibilidade ao frio e ao toque, sudorese, alteração de coloração e diminuição da capacidade de movimento. O objetivo deste estudo foi identificar e analisar os métodos de diagnóstico e tratamento da síndrome da dor regional complexa.

CONTEÚDO:

Trata-se de uma revisão integrativa de literatura realizada no mês de abril de 2018, que utilizou bases de dados eletrônicas e um buscador acadêmico para a seleção dos estudos. Buscou-se complementar o levantamento com busca manual nas citações dos estudos primários identificados. Como estratégia de busca dos artigos, utilizou os descritores: “síndrome da dor regional complexa”, “dor”, “dor crônica”, “diagnóstico” e “tratamento” nos idiomas português e inglês. Foram identificadas 416 referências, sendo 11 artigos selecionados para o presente estudo. A maioria dos artigos foi publicado no ano de 2016 e em inglês. De modo geral, os artigos apresentam a fisiopatologia, os métodos de diagnóstico e de tratamento da síndrome da dor regional complexa, sendo possível identificar e analisar a consonância e a divergência encontrada na literatura científica.

CONCLUSÃO:

A base do diagnóstico da síndrome da dor regional complexa permaneceu clínica e não se tem um “padrão ouro” para conduzir o diagnóstico, pois não há indicadores de imagem ou marcadores séricos precisos. A avaliação psicológica e o tratamento de seus distúrbios, quando presentes, garantem melhor adesão do paciente ao tratamento instituído.

Keywords : Diagnóstico; Dor; Dor crônica; Síndrome da dor regional complexa; Terapêutica.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )