SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.2 issue4Pharmacological treatment of pain in pregnancyIn vivo methods for the evaluation of anti-inflammatory and antinoceptive potential author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


BrJP

Print version ISSN 2595-0118On-line version ISSN 2595-3192

Abstract

BARRETO, Marina Carvalho Arruda; NUNES, Bárbara Porfírio  and  CASTRO, Shamyr Sulyvan de. Instrumentos que avaliam a funcionalidade em indivíduos acometidos com a chikungunya e a Classificação Internacional de Funcionalidade. Revisão sistemática. BrJP [online]. 2019, vol.2, n.4, pp.381-385.  Epub Dec 02, 2019. ISSN 2595-3192.  http://dx.doi.org/10.5935/2595-0118.20190069.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS:

Atualmente a chikungunya vem se tornando um importante problema de saúde devido à sua sintomatologia dolorosa e à cronicidade dessa condição, que pode comprometer a funcionalidade dos indivíduos. Assim, através da utilização da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde, que tem como foco a funcionalidade no contexto biopsicossocial, esta revisão buscou detectar e auxiliar na escolha da ferramenta mais adequada para a medição da funcionalidade na prática clínica e nas pesquisas. O objetivo deste estudo foi revisar as publicações que possuem a funcionalidade de indivíduos com chikungunya como desfecho, analisando os instrumentos utilizados para sua avaliação, verificando sua relação com o modelo da Classificação.

CONTEÚDO:

Revisão sistemática da literatura, nas bases de dados Scielo, Pubmed, Scopus, LILACS, PEDro e Cochrane. Foram incluídos estudos observacionais ou de intervenção. Para a avaliação metodológica dos artigos foi utilizado o sistema Grading of Recommendations Assessment, Development and Evaluation. De um total máximo de 1579 estudos encontrados, após aplicação de critérios de inclusão/exclusão e leitura, restaram 5 artigos. Analisando a frequência dos domínios da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde encontrou-se: condição de saúde (3,86%), função (3,86%), estrutura do corpo (0,86%), atividade (67,82%), participação (8,15%), fatores ambientais (8,15%) e fatores pessoais (7,3%). Apenas um dos cinco artigos contemplava todos os domínios.

CONCLUSÃO:

Há carência de ferramentas que abordem a funcionalidade de acordo com o modelo proposto pela Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde para a população com chikungunya.

Keywords : Classificação Internacional de Funcionalidade; Febre de chikungunya; Incapacidade e saúde.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )