SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue4Cerebral systems in the pathogenesis of endogenous psychosesNormal nerve-fibres in the distal segment of nerves completely separated from the proximal stump for more than six months author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Arq. Neuro-Psiquiatr. vol.20 no.4 São Paulo Dec. 1962

http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X1962000400003 

Proteinograma do líqüido cefalorraquidiano na lepra

 

Cerebrospinal fluid proteins in leprosy

 

 

A. Spina-FrançaI; Wilson BrottoII

IAssistente extranumerário da Clínica Neurológica da Fac. Med. da Univ. São Paulo (Prof. A. Tolosa)
IINeurologista do Departamento de Profilaxia da Lepra do Estado de São Paulo

 

 


ABSTRACT

Foi estudado o proteinograma do LCR de 25 pacientes portadores de lepra. Os resultados são registrados e analisados em relação ao proteinograma do sôro, ao tempo de evolução da doença, à forma clínica de lepra e ao resultado da reação de Mitsuda.
O proteinograma do LCR estava alterado em 11 casos: em 6 havia aumento do teor de albumina, em 3 do teor de γ-globulina e em 2, do de β-globulina.
Foram encontradas alterações das relações normalmente existentes entre as frações proteicas do LCR e do soro: havia tendência a ser maior que a normal a relação referente à albumina e β-globulinas; tendência contrária foi observada quanto às α-globulinas.
O aumento do teor de albumina no LCR foi observado em pacientes portadores de formas inespecíficas de lepra, com maior freqüência nos casos de curta evolução.
O aumento de β-globulina no LCR ocorreu em portadores de lepra tuberculóide. Havia correlação positiva entre o teor dessa fração e o grau de positividade da reação de Mitsuda. Tal correlação, porém, não se mostrou significativa.
O aumento da γ-globulinorraquia foi discreto em todos os casos, podendo ser secundário ao aumento do teor dessa fração no sôro e foi observado em portadores de lepra lepromatosa. Havia correlação negativa entre o teor dessa globulina no LCR e o resultado da reação de Mitsuda; o valor dessa correlação mostrou-se estatisticamente significativo.


ABSTRACT

The protein profile of the cerebrospinal fluid of 25 leprosy patients was studied. The results are compared to the serum protein profile, and correlated with the clinical progress of the disease, clinical form, and with the result of the Mitsuda reaction.
The protein profile wal altered in 11 cases with raise of the albumin fraction in 6 cases, of γ-globulin in three cases, and of β-globulin in two cases. The relationship between the proportions of the cerebrospinal fluid and serum proteins was found to be altered. The relationship was increased regarding to albumin and β-globulin, and reduced regarding to α-globulin.
The increase in the albumin fraction of the cerebrospinal fluid was observed in patients with undifferentiated forms of leprosy, and with greater frequency in cases of short evolution.
The increase of the β-globulin fraction of the cerebrospinal fluid was observed in tuberculoid forms of the disease. Occurrence of an increase of this fraction and a positive Mitsuda test was observed, but statistical analysis of this showed no significant correlation.
The increase of the γ-globulin fraction of the cerebrospinal fluid was found in cases of lepromatous leprosy, and may be secondary to the increase of this fraction in the serum. Occurrence of an increase of this fraction and of a negative Mitsuda test was found, and the statistical analysis of this showed a significant correlation.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS

1. JULIAO, O. F. - Manifestações nervosas da lepra. I Reunião Internacional de Neurologia Tropical, Buenos Aires, 1961. Em publicação.         [ Links ]

2. RIBEIRO, L. P.; MITIDIERI, E.; AFFONSO, O. R. - Eletroforese em papel e métodos relacionados. Serviço Gráfico do I.B.G.E., Rio de Janeiro, 1958, pág. 87.         [ Links ]

3. SPINA-FRANÇA, A. - Eletroforese em papel das proteínas do líquido cefalorraquidiano: principais resultados registrados na literatura. Arq. Neuro-Psiquiat., 16:223-235 (setembro) 1958.         [ Links ]

4. SPINA-FRANÇA, A. - Eletroforese em papel das proteínas do líquido cefalorraquidiano: técnica. Arq. Neuro-Psiquiat., 16:236-242 (setembro) 1958.         [ Links ]

5. SPINA-FRANÇA, A. - Eletroforese em papel das proteínas do líquido cefalorraquidiano: valores normais. Arq. Neuro-Psiquiat., 18:19-28 (março) 1960.         [ Links ]

 

 

Clínica Neurológica - Faculdade de Medicina da USP - Caixa Postal 3461 - São Paulo, SP - Brasil

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License