SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.5 issue5Sphaerobolus stellatus tode var. Brasiliensis n. var. author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Bragantia

Print version ISSN 0006-8705

Bragantia vol.5 no.5 Campinas May 1945

https://doi.org/10.1590/S0006-87051945000500001 

A Composição do caldo de cana de açúcar. Contribuição para o estudo dos efeitos de adubações.

 

 

S. C. Sampaio

 

 


SUMÁRIO

Analisando-se o que vimos de expor, para as condições experimentadas, verifica-se o seguinte :
1.  Os diversos elementos fertilizantes comumente aplicados às culturas cana vieiras exerceram alguma influência sôbre a rigueza e a pureza do caldo.
2.  Os adubos nitrogenados, em geral, deprimiram o teor em sacarose do caldo, assim como prejudicaram a sua pureza, e isto se dá tanto nas terras coloridas como nas arenosas, claras.
3.  Os fertilizantes potássicos, em conjunto, favoreceram a formação do açúcar no caldo, não se notando o mesmo efeito nítido na melhoria da pureza do mesmo. Nas terras roxas ou falsa-roxas a sua ação favorável foi acentuada tanto para o enriguecimento do caldo como para melhorar a pureza dêste ; mas, nas terras arenosas, claras, as cousas aconteceram às avessas.
4.  Apreciando o efeito geral do fósforo, podemos notar que não teve êle a virtude de controlar a pureza. Apenas colaborou para melhorar os efeitos de N e de K ; mas a riqueza do caldo sofreu uma influência favorável, o que se acentuou na presença do calcáreo.
O comportamento do adubo fosfatado não foi uniforme para os diferentes tipos de terra. Nas terras coloridas a sua contribuição foi medíocre para quaisquer melhorias da qualidade do caldo; nas terras arenosas, claras, entretanto, êle foi um fator nitidamente capaz de aumentar a sua riqueza em sacarose, o que se não modificou na presença do calcáreo ; mas isto não aconteceu com a mesma intensidade quanto à pureza, apesar de o elemento fósforo ter contribuído para melhorar os efeitos de N e de K, menos na interação NPK.
5.  O calcáreo, englobadamente nos 6 ensaios aqui referidos, apresentou um balanço favorável, quanto ao enriquecimento do caldo em sacarose, de 3,01% ; mas, com referência à pureza, o seu efeito foi desfavorável, e de maneira nítida, com saldo deficitário de 10,64%.
Examinando-se, porém, por partes, vê-se que, se o corretivo colabora valiosamente para a melhoria da qualidade do caldo da cana de açúcar, em terras roxas ou falsa-roxas, êle o desmerece nas terras arenosas, claras.
6.  Em média, a riqueza em sacarose do caldo e a pureza dêste são maiores nas terras coloridas do que nas arenosas, claras.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

LITERATURA CITADA

1.  Cairo, Nilo. Em O Livro da Cana de Açúcar, pág. 33-34: 2.ª ed., Emprêsa Gráfica Paranaense, Curitiba. 1924.        [ Links ]

2.  Caminha Filho, Adrião. Cultura da Cana de Açúcar. Bol. Min. Agric., Rio de Janeiro. 1939.        [ Links ]

3.  Cruz, F. B. Consideraciones Generales sobre el Cultivo de la Cana. Bol. Est. Central Agron. 5 : 17-33. 1907.        [ Links ]

4.  Deerr, Noel. Em "Cane Sugar", pág. 92-93 : 2.ª ed. Norman Rodger, London. 1921.        [ Links ]

5.  Earle, F. S. Em "Sugar Cane and its Culture", pág. 236-241 : The Wiley Agr. Series, New York. 1928.        [ Links ]

6.  Rydlewski, N. M. Relation between fertilizers and sucrose contents of the cane. Proceed. 3.° Congr. Aç. da Ass. Teen. Azucareros de Cuba, 34. 1929.        [ Links ]

7.  Sampaio, S. C. Contribuição para o estudo da adubação dos canaviais paulistas. Bragantia 4: 583-590. 1944.        [ Links ]

8.  Sornay P. de. Em La Canne a Sucre a l'Ile Maurice, pág. 247 : ed. Augustin Challamel, Paris. 1920.        [ Links ]

9.  Survilliers, J. de Laguarigue de. Em Manuel de Sucrérie de Cannes, pág. 17: ed. Dunod, Paris. 1932.        [ Links ]

10. Vizioli, José. A Industria Assucareira na Rep. Argentina. Bol. Secret. Agric. Ind. e Com. e Obras Publ. Estado São Paulo, 15. 1927.        [ Links ]

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License