SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issueUNICOExperiments on dehydration of vegetable foodsGrape breeding in Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Bragantia

Print version ISSN 0006-8705

Bragantia vol.14 no.unico Campinas  1955

http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87051955000100022 

Seca da semente de café ao sol(*)

 

Effect of sunlight on coffee seed viability

 

 

Oswaldo Bacchi

Engenheiro-agrônomo, Seção de Fisiologia, Instituto Agronômico

 

 


RESUMO

O presente trabalho diz respeito a estudos realizados com o objetivo de observar a influência da luz solar sôbre a capacidade germinativa da semente despolpada de café e verificar, portanto, a possibilidade de se efetuar a seca desta semente exclusivamente ao sol.
Além de um ensaio preliminar, foram efetuados mais outros dois, compreendendo, ao todo, duas secas ao sol, duas em um secador a baixa temperatura (±28°C), uma a sombra e uma em um secador a alta temperatura (±40°C).
Pelas correlações entre as porcentagens de germinação e de umidade, que foram estabelecidas após diferentes períodos de secagem, foram tiradas as duas seguintes conclusões, que são as principais com relação ao objetivo dêstes ensaios :
1)  Os raios solares são prejudiciais à capacidade germinativa da semente de café; sua nocividade acha-se, porém, intimamente ligada ao teor de umidade na semente.
2) À vista da conclusão acima, verifica-se que a semente despolpada de café e, muito provavelmente, também a não despolpada, podem ser perfeitamente sêcas a pleno sol sem que haja prejuízo para sua vitalidade, uma vez que sejam recolhidas antes que o seu teor de umidade caia abaixo do ponto crítico de 8% - 9%.


SUMMARY

In this paper the author deals with the question related to the coffee seed drying, with special attention to the effect of the sun radiations on seed viability. Based on the results obtained, the following conclusions were drawn :
(a)  The sun rays have no specific influence on the viability of hulled coffee seed ; their effect is indirect and related to loss of moisture by the seed.
(b)  Coffee seed can be dried in the sunlight without loss of viability if the water content does not drop under 8% to 9%. Below this critical level seed germination falls rapidly.
(c)  The moisture content of coffee seed dried „in the sun may fall to about 7% in a short time with the consequent injury to viability.
(d)  Under most conditions in the state of São Paulo, dehydration of coffee seed carried out in the shade is never injurious to viability because the final water content in such seed always remain well above the critical minimum.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

LITERATURA CITADA

1.  AMARAL, A. P. Cultura prática e racional do cafeeiro. S. Paulo, Companhia gráfica editora Monteiro Lobato, 1925. 607 p.         [ Links ]

2.  ________. Replantação do cafezal. Bol. Agric, S. Paulo, 11:392-399. 1910.         [ Links ]

3.  ARBONA, NORBERTO. Semilleros de Café. Rev. Agric, P. Rico 33 : 386-387. 1939.         [ Links ]

4.  BRICKWOOD, ALBERTO W. (júnior). Algumas observações sôbre a cultura do café. Hacienda, N. Y. 9 :259-264. 1914.         [ Links ]

5.  FERREIRA, JOÃO CÂNDIDO (filho). Cultura do café. Rio de Janeiro, Min. Agric, Serv. Inform, agric, 1944. 71 p.         [ Links ]

6.  GALANG, F. G. The culture of coffee. Philipp. J. Agric. 9 : 211-221. 1938.         [ Links ]

7.  HERNANDEZ, H. PEREZ. O cultivo do café em Venezuela. Hacienda, N. Y. 5 :24-27. 1909.         [ Links ]

8.  MASFERRÉ, JAIME. O cultivo do café em Filipinas. Hacienda, N. Y. 5 :268-271. 1910.         [ Links ]

9.  MCCLELLAND, T. B. Indicações sôbre a plantação do café. Hacienda, N. Y. 17 :306-310. 1922.         [ Links ]

10.  MCDONALD, J. Culture et production du caféier au Kenya. Rev. Bot. appl. 19 :283-287. 1939.         [ Links ]

11.  RIBEIRO, OSCAR. Efeito das radiações ultravioleta e infravermelha sôbre as sementes de café. Rev. Dep. Café, Rio de J. 22 : 201-204. 1944.         [ Links ]

12.  RIPPERTON, J. C, GOTO Y. B. & PAHAU, R. K.. Coffee cultural practices in the Kona District of Hawaii. Honolulu, T. H., E!awaii Agric. exp. Sta., 1935. 64 p. (Bulletin n.° 75).         [ Links ]

13.  UKERS, WILLIAM H. All about coffee. New York, The Tea & Coffee Trade Jour. Comp. 1935. XIV, 818 p.         [ Links ]

14.  ULTÉE, A. J. Over Koffiezaad. Arch. Koffiecult. Ned. - Ind. 1 :181-193. 1927.         [ Links ]

 

 

Recebido para publicação em 23 de maio de 1955.

 

 

(*) Trabalho apresentado na Segunda Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, realizada em Curitiba, Paraná, de 5 a 12 de novembro de 1950.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License