SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issueUNICOThe root system of cotton plants in three soil types of S. PauloPreliminary results on parcelling out nitrogen and potash to potatoes author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Bragantia

Print version ISSN 0006-8705

Bragantia vol.15 no.unico Campinas  1956

http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87051956000100025 

Espaçamento das mudas de café na cova(*)

 

Spacing coffee seedlings in the hill

 

 

Hélio José Scaranari

Engenheiro-agrônomo, Divisão de Agronomia, Instituto Agronômico

 

 


RESUMO

Quatro distâncias entre as mudas na mesma cova foram estudadas, com a finalidade de determinar quais as mais indicadas para a plantação de um cafèzal em terra anteriormente ocupada por culturas diversas. O presente ensaio foi instalado em solo tipo terra-roxa-misturada, na Estação Experimental Central em Campinas e compreende as distâncias de 10, 20, 30 e 40 cm entre as quatro mudas plantadas numa mesma cova. Os resultados obtidos dizem respeito às quatro primeiras colheitas. Diferentes observações foram feitas, dando as seguintes indicações:
1)  quanto ao desenvolvimento das plantas, indicou a análise estatística das alturas correspondentes à terceira medição: a) haver diferenças entre as alturas médias das plantas nas covas, dentro dos canteiros, as quais são da mesma ordem para os diferentes tratamentos; b )os cafeeiros plantados a 10 e 20 cm nas covas, apresentam, em média, plantas mais altas, e os plantados a 30 e a 40 cm, mais baixas; a diferença entre os dois grupos é significativa e de ordem menor que 10%;
2)  as produções estudadas mostram um aumento linear de acordo com o aumento do espaçamento entre as plantas na cova, estatisticamente significativo:
3)  as diferenças entre as peneiras médias dos diferentes tratamentos são pequenas, indicando, portanto, não haver influência das distâncias no tamanho das sementes.


SUMMARY

Coffee plantations in Brazil are usually made with four seeddlings per hill. To study the problem of spacing the seedlings in the hill, an experiment is being carried out at the Estação Experimental Central of the Instituto Agronômico in Campinas in the "terra-roxa-misturada" type of soil.
Four square spaciugs between the seedlings were compared: 10, 20, 30 and ±0 cm. Yield data and other observations reported in this paper refer to the first four harvests. The following results have been so far recorded:
1.  Measurements of the seedlings made at three different times indicated that there was a significant statistical difference between plants in the same hill, and that seedlings set 10 or 20 cm apart were higher than those planted at 30 or 40 cm.
2.  The statistical analysis of yield data showed a significant linear increase related to the increase in spacing between seedlings in the hill.
3.  Variations in the spacing between seedlings in the hill did not affect the size of the coffee seeds.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

LITERATURA CITADA

1.  AMARAL, A. P. Cultura prática e racional do cafeeiro. São Paulo, Companhia Graphico-editora Monteiro Lobato, 1925. 607 p.         [ Links ]

2.  K.RUG, C. A. O cálculo da peneira média na seleção do cafeeiro. Rev. Inst. Café 15:123-127. 1940.         [ Links ]

3.  MENDES, C. T. Replanta de um cafezal. Bol. Agric, S. Paulo 32:307-328. 1941.         [ Links ]

4.  MENDES, J. E. T. Relatório da Seção de Café do Instituto Agronômico para o ano de 1948. (Campinas) p.7. [não publicado]         [ Links ]

5.  MORAES, H. Replantas em nossos cafèzais. Bol. Suptda Serv. Café, S. Paulo 26:282-287. 1951.         [ Links ]

 

 

Recebido para publicação em 5 de janeiro de 1956.

 

 

(*) O autor agradece a colaboração dos engenheiros-agrônomos José Estevam Teixeira Mendes, diretor da Divisão de Agronomia, pelas sugestões apresentadas na elaboração dêste projeto e Armando Conagin, da Seção de Técnica Experimental, pela análise estatística dos resultados.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License