SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issueUNICOWine fermentation: the blending of grape varieties to improve wine qualityOn the need of using guard rows in varietal trials author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Bragantia

Print version ISSN 0006-8705

Bragantia vol.18 no.unico Campinas  1959

https://doi.org/10.1590/S0006-87051959000100007 

Adubação da mamoneira II - Experiências de espaçamento x adubação

 

Fertilizer experiments with castor beans II - Plant density x fertility level

 

 

Vicente Canecchio FilhoI; E. S. FreireII, *

IEngenheiro-agrônomo, Seção de Oleaginosas
IIEngenheiro-agrônomo, Instituto Agronômico

 

 


RESUMO

Para estudar a influência do espaçamento sôbre o efeito dos três nutrientes essenciais na cultura da mamoneira anã, variedade IA-38, em-1951-52 foram instaladas quatro experiências nas Estações Experimentais de Ribeirão Prêto (terra-roxa legítima), Mococa (solo massapê-salmourão), Jahú (teira-roxa-misturada) e Campinas (terra-roxa-misturada). Enquanto as três últimas só foram conduzidas durante um ano agrícola, a de Ribeirão Prêto foi continuada em 1052-53 com as mesmas plantas e sem nova adubação. Em tôdas elas se usaram, num esquema fatorial com fusão parcial das interações espaçamentos x fósforo x potássio, três espaçamentos (1,50x1,20, 1,00x0,90 e 1,00x0,45m), três níveis de fósforo (0, 60 e 120 kg/ha de P2O5)e três de potássio (0, 30 e 60 kg/ha de K2O); nas de Ribeirão Preto e Mococa a metade de cada canteiro recebeu 46,5 kg/ha de N. O azôto, o fósforo e o potássio foram empregados respectivamente nas formas de salitre do Chile, superfosfato e cloreto de potássio. O primeiro adubo foi aplicado em cobertura: os dois últimos o foram nos sulcos de plantio, ao ser êste efetuado.
Nas experiências de Ribeirão Prêto, Jahú e Mococa, que se desenvolveram em condições relativamente favoráveis, em média de tôdas as adubações as produções foram bem menores com o espaçamento largo do que com o médio ou o estreito, pouco diferindo as obtidas com os dois últimos. Os três nutrientes estudados, principalmente o azôto e o potássio, tiveram grande influência na determinação do melhor espaçamento: na ausência dêles a vantagem do aumento da densidade de plantas foi pequena ou nula, ao passo que na sua presença ela se tornou considerável. Correspondentemente, as respostas a êsses nutirentes, sobretudo ao azôto e ao potássio, que foram pequenas, nulas ou mesmo negativas com o espaçamento largo, elevaram-se consideravelmente quando se usaram os espaçamentos mais cerrados.
Na experiência de Campinas, realizada em condições precárias, sobretudo por anormal deficiência de umidade, a produção foi muito pequena, a diminuição do espaçamento não a aumentou e as respostas ao fósforo e ao potássio foram maiores com o espaçamento mais largo.
O espaçamento largo usado nas presentes experiências foi muito mais estreito que os adotados nas antigas experiências de adubação da mamoneira. Daí concluírem os autores que o uso de espaçamentos excessivamente largos deve ter concorrido apreciàvel-mente para diminuir o efeito das adubações então experimentadas.


SUMMARY

This paper reports the results obtained in four experiments conducted at different localities of the State of São Paulo with the dwarf variety of castor beans IA-38 and designed to study the effect of nitrogen (Chilean nitrate), phosphorus (superphosphate) and potassium (potassium chloride), applied alone or in various combinations, under three plant spaeings: wide (1.50x1,20m), medium (1.00x0.90m) and close (1.00x0t45m).
In three of the experiments, which were carried out under fairly favorable conditions, the average yields obtained with the wide spacing were lower than those obtained with the medium or close spacings, the difference betwen these two being very small. The three nutrients tested, principally nitrogen and potassium, greatly influenced the determination of the best spacing; while in their absence the advantage of increasing the density of plants was null or small, in their presence it became considerable. Likewise the responses to those nutrients, particularly to nitrogen and potassium, which were small or even negative with the wide spacing, increased substantially under the medium or close spacings.
One of the experiments was carried out under poor conditions, principally because the rainfall was far below normal. In this case the yields were very low, the reduction of the spacing did not increase them and the responses to the nutrients tested, viz. phosphorus and potassium, decreased as the density of plants was increased.
As the wide spacing used in the present experiments was much closer than those used in most of the previous experiments with castor beans, the authors assumed that the adoption of too wide spaeings have contributed appreciably to reduce the effect of the fertilizers then tested.


 

 

Texto completo disponivél apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

LITERATURA CITADA

1. CANECCHIO,V. (filho). Resultados de experiências de espaçamento da mamoneira anã, variedade I.A. 38. Bragantia 13:[297]-305. 1954.         [ Links ]

2. ____________ & FREIRE, E. S. Adubação da mamoneira. I - Experiências preliminares. Bragantia 17:[243]-259. 1958.         [ Links ]

3. CHRISTIDIS, B. G. & HARRISON, G. J. Cotton growing problems. New York, Mc-Graw-Hill Book Co., Inc., 1955. 633p.         [ Links ]

4. HADDOCK, J. L. The influence of plant population, soil moisture, and nitrogen fertilization on the sugar content and yield of sugar-beets. Agron. J. 41:79-84 1949.         [ Links ]

5. KRAFT, G. Die Pflanzbaulehre, 14.ª edição, revista por C. Fruhwirt. Berlin, Paul Parey, 1927. 372p.         [ Links ]

6. LAIRD, R. J., PITNER, J. B. & BARRAGÁN R., ALFREDO. Fertilizantes y practicas para la produccion del maiz en la parte central de Mexico. Mexico, Secretaría de Agricultura y Ganaderia, 1954. 64p. (Folleto técnico n.° 13)        [ Links ]

7. MOOERS, C. A. The effects of spacing on the yield of cotton. J. Amer. Soc. Agron. 20:211-230. 1928.         [ Links ]

8. MYERS, H. E. Necessity for expanding fundamental scientific investigations in agriculture. Agron. J. 45:225-227. 1953.         [ Links ]

9. PAINTER, C. G. & LEAMER, R. W. The effects of moisture, spacing, fertility, and their interrelationships on grain sorghum production. Agron. J. 45:261-264. 1953.         [ Links ]

10. SCHNEIDEWIND, W. Die Ernährung der landwirtachaftlichen Kulturpflanzen. Berlin, Paul Parey, 1922. 543p.         [ Links ]

11. VITTUM, M. T. & TAPLEY, W. T. Effect of fertility level and spacing on the yield of Gem tomatoes. In 69th Annual Report, New York State agric. Exp. Sta. (Geneva, U.S.A.), 1950. 51p.         [ Links ]

12. ____________ & PECK, N. H. Response of cabbage to irrigation, fertility level, and spacing. Geneva (U.S.A.), New York State agric. Exp. Sta., 1956. 34p. (Bulletin n.º 777)        [ Links ]

13. WOOD, R. C. Experiments with yams, 1931-33. Emp. J. exp. Agric. 1:316-324. 1933.         [ Links ]

 

 

Recebido para publicação em 31 de julho de 1958.

 

 

* Contratado pelo Conselho Nacional do Pesquisas para colaborar com técnicos do Instituto Agronômico: Os autores agradecem aos engenheiros-agrônomos C. Fraga Jr., A. Conagin e H. Vas de Arruda, da Seção de Técnica Experimental, e E. Abramides, da Divisão de Agronomia, pela análise estatística dos resultados.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License