SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issueUNICOUtilization of two types of blast furnace slag as a soil corrective in the Paraíba ValleyGeology and pedology of a glacial basin found in the Sousas area author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Bragantia

Print version ISSN 0006-8705

Bragantia vol.21 no.unico Campinas  1962

http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87051962000100045 

Avaliação das possibilidades de escórias de siderurgia como corretivos da acidez do solo

 

Evaluation of blast furnace slags as correctives for soil acidity

 

 

Antônio Carlos Pimentel WutkeI; Hermano GargantiniI; A. Gentil GomesII, 1

IEngenheiros-agrônomos, Seção de Fertilidade do Solo
IIEngenheiro-agrônomo, Instituto Agronômico

 

 


RESUMO

No presente trabalho são apresentados os resultados obtidos em um ensaio de competição entre materiais corretivos, conduzido em vasos de Mitscherlich. Objetivou-se, principalmente, avaliar as possibilidades de dois tipos de escórias de siderurgia para substituir os corretivos usuais na agricultura. Foram comparados um calcário dolomítico cristalino, um calcário altamente cálcico, um material cálcico proveniente dos sambaquis do Litoral Sul paulista, uma escória de altos fornos a coque, produzida em Volta Redonda, e uma escória originária da produção de aços pelo processo Martin-Siemens básico, obtida em São Caetano.
Os materiais corretivos foram comparados sempre em presença de adubação com NPK, feita em solução e na forma de drogas puras. Constaram, ainda, da experiência, um tratamento testemunha e outro com NPK, sem calagem. A planta indicadora utilizada foi a soja, Glycine max (L.) Merril, variedade "Abura". No final do ensaio, além da colheita das sementes de soja, retiraram-se amostras de terra de todos os vasos, para determinações de seus índices pH e dos teores de H+ + AL+3 trocável.
Com relação ao poder de neutralização da acidez do solo, revelaram-se mais eficiente o calcário dolomítico, o cálcico e o sambaqui Com eficiência intermediária colocou-se a escória de São Caetano e. em último lugar, a escória de Volta Redonda. As produções das sementes de soja, todavia, não confirmaram êstes resultados, uma vez que as diferenças, entre os tratamentos com corretivos não foram estatisticamente significativas.
Moagem mais severa do que a utilizada neste ensaio possivelmente elevará a eficiência das duas escórias, como corretivos da acidez do solo. Com relação às suas influências sôbre a produção, avaliadas nas condições do ensaio, não há necessidade de se apurar mais o seu grau de moagem, a nao ser para atender às exigências legais, que disciplinam o comércio de adubos e corretivos.


SUMMARY

This paper presents preliminary results obtained in a greenhouse test in which blast furnace slags and other lime materials were compared as soil correctives. Comparisons were made between dolomitic limestone, calcitic limestone, oyster-shell lime, slag from iron production and slag from steel production by the Martin-Siemens basic procedure. These materials were compared at two different rates. General application of NPK fertilizers was made and the control treatment received no lime.
The soybean variety Abura (Glycine max (L.) Merril) was utilized as an indicator plant; four plants were grown in each pot. Final grain production was measured and soil samples were collected, from the pots, in order to check the pH and exchangeable acidity (H+ + Al+3).
The results obtained showed that under the conditions of the test, the dolomitic limestone, the calcitic limestone and the oyster-shell lime were all equally efficient in their corrective effect. The slag from steel production showed an intermediary effect, while the slag from iron prodution appeared to be the least efficient. The grain yield from these treatments did not presente any statistically significant difference.
The actual grinding of the materials used in the experiment seemed satisfactory. A finer grinding is not deemed necessary unless it is required by the legislation covering the commerce of soil correctives.


 

 

Texto completo disponivél apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

LITERATURA CITADA

1. BEACHER, R. L., LONGENECKER, D. & MERKLE, F. G. Influence of form, fineness and amount af limestone on plant development and certain soil characteristics. Soil Sci. 73:75-82. 1952.         [ Links ]

2. CATANI R. A. & GALLO, J. ROMANO. Avaliação da exigência em calcário dos solos do Estado de São Paulo, mediante correlação entre o pH e a porcentagem de saturação em bases. Rev. Agric. Piracicaba 30:[49]-60. 1955.         [ Links ]

3. __________,  __________ & GARGANTINI, H. Amostragem de solo, métodos de análise, interpretação e indicações gerais para fins de fertilidade. Campinas, Instituto Agronômico, 1955. 28 p. (Boletim N.° 69).         [ Links ]

4.  GALLO, J. ROMANO, CATANI, R. A. & GARGANTINI, H. Efeito de três tipos de calcários na reação do solo e no desenvolvimento da soja. Bragantia 15:[121]-130. 1956.         [ Links ]

5.  GOMES, A. GENTIL, GARGANTINI, H., GUIMARÃES, G. & WUTKE, A. C. PIMENTEL. Competição entre materiais corretivos (escórias de siderurgia x calcário) em solos de várzea do Vale do Paraíba. [A publicar]         [ Links ].

6.  GUIMARÃES, JOSÉ EPITÁCIO PASSOS. Problemas técnicos e econômicos da indústria e do consumo de corretivo de acidez no Estado de São Paulo. São Paulo, Diretoria de Publicidade Agrícola da Secretaria da Agricultura, 1958. 33 p.         [ Links ]

7.  __________.  O emprêgo de escórias de alto forno a coque na agricultura. São Paulo, Instituto Geográfico e Geológico, 1960. 14 p. (Notas prévias N.° 3).         [ Links ]

8.  MEYER, T. A. & VOLK, G. W. Effect of particle size of limestones on soil reaction, exchangeable cations and plant growth. Soil Sci. 73:37-52. 1952.         [ Links ]

9.  MORGAN, M. F. & SALTER, R. M. Solubility of limestones as related to their physical properties. Soil Sci. 15:293-305. 1923.         [ Links ]

10.  PAIVA, J. E. (NETO), CATANI, R. A., KÜPPER, A. [e outros]. Observações gerais sôbre os grandes tipos de solos do Estado de São Paulo. Bragantia 11:[227]-253. 1951.         [ Links ]

11.  WHITTAKER, COLIN W. Blast furnace slag in agriculture. Pit and Quarry 139-150. September, 1955.         [ Links ]

 

 

Recebido para publicação em 19 de maio de 1962.

 

 

1 Designado pelo Instituto Agronômico, para colaborar nos projetos agronômicos do Serviço do Vale do Paraíba, da D.A.E.E.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License