SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issueUNICORelationship of rainfall-erosion losses in different soils of the state of São PauloCytological observations on Pelargonium author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Bragantia

Print version ISSN 0006-8705

Bragantia vol.23 no.unico Campinas  1964

http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87051964000100002 

Melhoramento do cafeeiro. XXIII - Novos dados sôbre a variabilidade em linhas isogênicas de café1

 

Coffee breeding - XXIII variability in isogenic lines of cofeea arabica

 

 

L. C. Mônaco; A. Carvalho

Engenheiros-agrônomos. Seção de Genética, Instituto Agronômico

 

 


RESUMO

Os resultados apresentados e discutidos neste trabalho referem-se a informações adicionais sôbre a variabilidade no vigor vegetativo e na produção de plantas de um ensaio de progênies de cafeeiros da Seção de Genética. Várias características foram estudadas, porém, neste trabalho, consideraram-se apenas os dados de produção e a altura dos cafeeiros. A análise dos dados no período 1953-1958 revelou que as progênies J 24 ('Bourbon Amarelo') e C 959 (variação do 'Bourbon Vermelho'), foram as mais produtivas e alcançaram as maiores alturas médias em 1958.
Três linhas isogênicas de café 'Bourbon Vermelho' incluídas neste ensaio, duas linhas puras e o híbrido entre elas, foram estudadas com mais detalhes a fim de verificar se a capacidade homeostática estaria associada à heterozigosidade neste cultivar de Coffea arabica.
No que concerne à altura das plantas nas linhas isogênicas, o híbrido revelou-se estatisticamente semelhante aos pais, mostrando que não existe manifestação heterótica para essa característica.
Quanto à produção total, o híbrido F1 se mostrou pouco mais produtivo do que os pais. O coeficiente de variação e os valores das variâncias do híbrido revelaram-se mais próximos ao pai, com menor variabilidade, no que se refere à altura das plantas e à produção. A análise da variação da produtividade, para cada um dos seis anos separadamente, mostrou que em apenas um ano a variância do híbrido se apresentou maior que a de um dos pais. Nos demais, revelou-se menor ou intermediária, porém as diferenças não foram estatisticamente significativas.


SUMMARY

Sixteen strains of different cultivars of Coffea arabica were evaluated for yielding capacity, vigor and plant height. The data collected after six cumulative harvests have indicated that the high yielding progenies (J 24ex 'Bourbon Amarelo' and C 959 'Bourbon Vermelho') had also better vigor and were taller than the other progenies.
Attention was turned to yield and plant height variability since among the progenies there were two isogenic lines obtained by doubling the chromosomes of two haploid coffee trees and the hybrid between them. Concerning plant height the variability of the hybrid was similar to that of both isogenic parents indicating no relation between heterozygosis for factors controlling plant height and the uniformity of the progenies. The yield variation of the hybrid was found to be higher,intermediate or lower than the parents depending on the year considered, but the differences between the variances were not statistically significant.
The information so far gathered about genetic variability and homeostasis in coffee indicate that heterozygosity seems not to improve the plasticity of the individuals. Natural selection seems to have maintained in the original population genic combinations which would result in better homeostatic strength. It is also possible that the lines studied are genetically not so distinct and only a few loci would be in heterozygous condition. Additional data are required before deciding about the relation between homeostasis and heterozygosis in Coffea arabica.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

LITERATURA CITADA

1.  ADAMS, M. W. & SHANK, D. B. The relationship of heterozygosity to homeostasis in maize hybrids. Genetics 44:777-786. 1959.         [ Links ]

2.  ANTUNES, H. (filho) & CARVALHO, A. Melhoramento do cafeeiro. XII - Variabilidade em linhas puras de café. Bragantia 16:[197]-213. 1957.         [ Links ]

3.  MALINOWSKY, E. Studies on hybrid vigour in Phaseolus vulgaris (L) Savi. Part. I. Induk. Abstamm. Vererb. Lehre. 70:96-124. 1935.         [ Links ]

4.  MONACO, L.C. & CARVALHO, A. Cruzamento natural dentro da cova de café. Bragantia 22: XI-XV. 1963.         [ Links ]

5. _________. Melhoramento do cafeeiro. XXVI - Produtividade de progênies de café S0 a 14 de 'Bourbon Vermelho' e respectivos híbridos. Bragantia 22: [117]-124. 1963.         [ Links ]

6.  PALMER, T. P. Population and selection studies in a Triticum cross. Heredity 6:171-185. 1952.         [ Links ]

 

 

1 Um resumo dêste trabalho foi apresentado na VIII Reunião da Sociedade Brasileira de Genética, realizada de 10 a 15 de julho de 1961. em Poços de Caldas. Recebido para publicação a 8 de novembro de 1963.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License