SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issueUNICOBehaviour and ecology of the South American leaf blight of rubber tree under climatic conditions of São Paulo State plateauInfluence of the time intervals between harvesting and the pulping process of cherry coffee beans on the beverage quality author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Bragantia

Print version ISSN 0006-8705On-line version ISSN 1678-4499

Bragantia vol.26 no.unico Campinas Jan. 1967

https://doi.org/10.1590/S0006-87051967000100002 

Pastagens em alguns municípios paulistas e estudo da área basal e sombreamento*

 

Pastures in some São Paulo counties and study of basal area and green coverage

 

 

Jorge Vicente ChiariniI; Francisco da Costa VerdadeI; Mário BorgonoviI; Álvaro Zingra do AmaralI; Raul AudiI; Eduardo AbramidesII; Zoraide MartinsIII; Geraldo Leme da RochaIII

IEngenheiros-agrônomos, Serviço de Fotointerpretação
IIEngenheiro-agrônomo, Seção de Técnica Experimental, Instituto Agronômico
IIISeção de Nutrição Animal, Departamento da Produção Animal

 

 


SINOPSE

Em levantamento do uso do solo por fotointerpretação, em cinco municípios do Estado de São Paulo, foram determinadas as porcentagens de floresta, cerrado, pastagem, campo, terra de cultura e área urbana. Complementarmente foram realizadas amostragens de campo em áreas de pasto sorteadas nos mosaicos, com determinação da área basal e sombreamento.
As áreas com pastagem variaram de 55 a 78%. Os municípios de Lagoinha e Rancharia, tipicamente pastoris, apresentaram-se com 3 a 8% de agricultura e 78 a 57% de pasto. O município de Pinhal apresentou equilíbrio entre pastagem e agricultura quando tomadas as normas conservacionistas.
Nos estudos de sombreamento, áreas basal e colonizada, encontraram-se variações dentro da mesma espécie de gramíneas, entre municípios, e entre as referidas espécies no mesmo município. A baixa densidade de plantas forrageiras nos pastos revela técnicas de manejo diferentes.


SUMMARY

Five counties in the State of São Paulo were studied by photo interpretation for land use. Forests, "cerrado" (savanna), grassland, pastures, crop fields and urban areas were determined and located in maps. Field samples, selected by statistical methods, were collected in four counties in order to study the vertical projection of green cover ("sombreamento"), the "basal area", i. e. the soil surface occupied by vegetation, and the "colonized area", that is the area occupied by plant species.
The extent of pastures in these counties oscillates between 55 and 78%. Lagoinha and Rancharia counties are typical pasture regions with 78 to 57% of the area occupied by this land use, with 3 to 8% by field crops. Pinhal county presents a balanced use of pastures and crops, according to the land capability.
Variations were found in the green covered, in the basal and occupied areas for the same species among counties and among species in the same county. The low density of forage plants in all pastures suggest that a better management is required to improve herb colonization so as to increase cattle production and avoid erosion problems.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

LITERATURA CITADA

1. CAMARGO, A. PAES DE. Balanço hídrico no Estado de São Paulo. 2ª ed. Campinas, Instituto Agronômico, 1964. 20p. (Boletim 116)        [ Links ]

2. CAMPINAS. INSTITUTO AGRONÔMICO. Carta climática do Estado de São Paulo. Campinas, Inst. Agronômico, Seção de Climatologia Agrícola, 1963.         [ Links ]

3. ________. Cobertura aerofotogramétrica do Estado de São Paulo e fotointerpretação. Campinas, Inst. Agronômico, Serviço de Fotointerpretação, 1964. 4p. (Circular 4)        [ Links ]

4. ________. Relatório de vôo da cobertura aérea do Estado de São Paulo. Campinas, Inst. Agronômico, Serviço de Fotointerpretação, 1964. 69p. (Datilografado)        [ Links ]

5. CENTRO NACIONAL DE PESQUISAS AGRONÔMICAS, Rio de Janeiro. Levantamento e reconhecimento dos solos do Estado de São Paulo. Rio de Janeiro, Comissão de Solos, 1960. 634p. (Boletim 12)        [ Links ]

6. COSTA, A. O. LOPES DA & GODOY, H. Contribuição para o conhecimento do clima do solo de Ribeirão Prêto. Bragantia. 21:[689]-742, 1962.         [ Links ]

7. DULEY, F. L. Relationship between surface cover and water penetration, runoff and soil losses. In Proceedings International Grassland Congress, 6th, Pennsylvania, 1952. p.942-946.         [ Links ]

8. ELLISON, W. D. Grass cover reduces splash erosion. In Proceeddings International Grassland Congress, 6th, Pennsylvania, 1952. p.979-984.         [ Links ]

9. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA, Rio de Janeiro. Enciclopédia dos municípios brasileiros. Rio de Janeiro, 1958. v.28. p.[53]-55.         [ Links ]

10. MARQUES, J. Q. A. Conservação do solo em cafèzal. São Paulo, Gráfica Siqueira, 1950. 234p.         [ Links ]

11. MIHARA, I. Effects of raindrops and grass on soil erosion. In Proceedings International Grassland Congress, 6th, Pennsylvania, 1952. p. 987-990.         [ Links ]

12. OSBORN, BEN. Range cover tames the raindrops. Ft. Worth, U.S. Soil Conservation Service, 1950.         [ Links ]

13. ROCHA, G. L. & MARTINELLI, D. Levantamento sumário da cobertura do solo nas pastagens do Estado de São Paulo. In Anais Congresso Nacional de Conservação do Solo, 1.°, Campinas, 1960. p. 389-398.         [ Links ]

14. SÃO PAULO. GOVÉRNO. ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA. Lei n.° 8092 de 28 de fevereiro de 1964: Dispõe sôbre o quadro territorial, administrativo e judiciário do Estado. Diário Oficial. São Paulo, 29/2/1964.         [ Links ]

15. SÃO PAULO. INSTITUTO GEOGRÁFICO E GEOLÓGICO. Fôlhas topográficas de Campinas, Itapetininga, Taubaté, Presidente Prudente e São José do Rio Prêto. São Paulo, Gráfica Ipiranga, 1954. (Escala 1:250.000)        [ Links ]

 

 

Recebido para publicação em 10 de fevereiro de 1967.

 

 

* Trabalho apresentado no IX Congresso Internacional de Pastagem, realizado em São Paulo, em janeiro de 1965.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License