SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issueUNICORoot system of rice sown or planted by seedling in two series of soils at Paraiba Valley, SPDetermination of electric charges in soils author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Bragantia

Print version ISSN 0006-8705On-line version ISSN 1678-4499

Bragantia vol.32 no.unico Campinas  1973

http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87051973000100006 

Experiência sobre o efeito da cobertura do solo na produção do morangueiro1

 

Effect of soil covering on strawberry yield

 

 

Leocádio de Souza CamargoI; Toshio IgueII, 2

ISeção de Hortaliças de Frutos
IISeção de Técnica Experimental e Cálculo, Instituto Agronômico

 

 


SINOPSE

São apresentados os resultados de experiência realizada em 1969, no Centro Experimental de Campinas, em Latossolo Vermelho-Amarelo, série Barão, sobre o efeito da cobertura do solo na produção de morangueiro (Fragaria híbridos). Estudaram-se a produção total do ano, de junho a dezembro, e a parcial dos primeiros meses de colheita, junho a julho, quando é maior o valor do produto.
A variedade utilizada foi a Campinas IAC-2712, a mais cultivada no Estado de São Paulo. O delineamento do ensaio foi o de blocos ao acaso, com oito tratamentos e cinco repetições.
As coberturas do solo foram as seguintes: plástico preto, com 0,0762 mm de espessura, e cobertura morta, da qual experimentaram-se as seguintes: casca de arroz, restos de plantas de arroz picados, capim-favorito (Rhynchelitrum roseum) picado e seco, bagaço de cana-de-açúcar picado, restos de madeira de marcenaria picados. Foram estudados mais dois tratamentos, sem cobertura do solo: a) com escarificação do solo até cerca de dois centímetros de profundidade, cada 14 dias, para facilitar a penetração de água de irrigação; b) sem escarificação do solo.
A cobertura do solo aumentou sensivelmente a produção total, além de evitar que os frutos se sujassem de terra. Considerando a produção total, os tratamentos com cobertura morta não diferiram entre si; o tratamento com plástico preto e aquele sem cobertura do solo, porém escarificado cada 14 dias, não diferiram entre si, mas foram inferiores a todos os outros tipos de cobertura morta (Tukey 5%). O tratamento com plástico preto foi superior somente ao tratamento sem cobertura do solo e sem escarificação (Tukey 5%).
Quanto à produção parcial, precoce, os tratamentos com qualquer tipo de cobertura do solo não diferiram entre si, mas essa diferença foi altamente significativa sobre os tratamentos sem cobertura do solo (Tukey 1%) .


SUMMARY

This paper presents the results obtained in 1969 at the Centro Experimental de Campinas in a soil covering trial for strawberry (variety Campinas IAC-2712) grown on a Red Yellow Latosol.
Six materials were compared as soil coverings, with bare soil as control. The total yield of June to December and also the partial one of June-July, when the prices of strawberry are the highest, because harvest begins and the fruits are bigger, were measured.
Total yield on covered soil was increased in all treatments. The materials used were the following: rice plant straw, rice rind, dry grass (Rhynchelitrum roseum), sugar-cane residual, wood residual of joinery, and black plastic of 76 microns thickness.
Statistical analysis of the data showed the following results: concerning total yield, the treatments with dead plant materials (with no differences among them) were superior to black plastic and bare soil. The black plastic covering was superior to the bare soil treatment. Concerning the partial production all covering treatments (with no differences among them) were superior to the bare soil treatment.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

LITERATURA CITADA

1. CAMARGO, L. S. Instruções para a cultura do morangueiro. 5.ed. Campinas, Instituto Agronômico, 1965. 19p. (Boletim 29)        [ Links ]

2. _______. Cultura do morango. Boletim do Campo, Rio de Janeiro 206:12-20, 1967.         [ Links ]

3. _______. Novas variedades de morangueiro para o Estado de São Paulo. Piracicaba, 1960. 48fls. (Tese de doutoramento, Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", resumida em Agronômico 13(1/2):30-32, 1961)        [ Links ]

4. _______; ALVES, S. & ABRAMIDES, E. Ensaio de variedades de morangueiro. Bragantia 22:715-729, 1963.         [ Links ]

5. CAMARGO, L. S. ; ALVES, S. & ABRAMIDES, E. Ensaio de variedades de morangueiro. Olericultura 3:115-142, 1963.         [ Links ]

6. _______; _______; SCARANARI, H. & ABRAMIDES, E. Ensaio de variedades de morangueiro. Olericultura 4:122-136, 1966.         [ Links ]

7. _______; _______; _______; _______. Novos cultivares de morangueiro para a região do "Alto Piracicaba" no planalto paulista. Bragantia 27: 117-133, 1968.         [ Links ]

8. _______; _______& IGUE, T. Comportamento de variedades de morangueiro na região de Monte Alegre do Sul. Bragantia 28:205-217, 1969.         [ Links ]

9. _______. Nutrição foliar do morangueiro variedade Campinas por meio de pulverizações. In: Relatório da Seção de Olericultura do Instituto Agronômico, 1961 . (Não publicado)        [ Links ]

10. _______. Relatório da Seção de Olericultura do Instituto Agronômico, 1969/1970 (Não publicado)        [ Links ]

11. CARVALHO, P. C. T. & CARDOSO, C. O. Nota sobre antracnose dos estolões e podridão do rizoma de morangueiro, causada por Colletotrichum fragariae Brooks. Anais da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" 21 :275-278, 1964.         [ Links ]

12. CRUZ BASTOS, B. P.; SILVEIRA, A. P. & CAMARGO, L. S. Resistência de algumas variedades de morangueiro (Fragaria híbridos) à murcha verticilar (Verticillium dahliae, Kleb) . In: Reunião Sociedade de Olericultura do Brasil, 9.ª, Goiânia, 1969. (Não publicado)        [ Links ]

13. DARBONNE, M. Le frasier-Milly-La-Forête. França, 1969/70. 18p.         [ Links ]

14. DENISEN, E. L. ; SHAW, R. H. & VANCE, B. F. Effect of summer mulches on yield of everbearing strawberries, soil temperature and soil moisture. Iowa St. Coll. J. Sci. 28:167-175, 1953.         [ Links ]

15. FIGUEIREDO, P.; CRUZ, B. P. B. ; OLIVEIRA, D. A. & CAMARGO, L. S. Resistência de cultivares de morangueiro (Fragaria híbridos) à antracnose causada por Colletotrichum fragariae Brooks. Arq. Inst. biol., S. Paulo 39:63-68, 1972.         [ Links ]

16. INFORZATO, R. & CAMARGO, L. S. Sistema radicular do morangueiro (Fragaria híbridos) em duas fases do ciclo vigetativo. Bragantia 32: 185-191, 1973.         [ Links ]

17. KIMOTO, T. & OI, A. Ensaio de cobertura na cultura do morango. In: Reunião Sociedade de Olericultura do Brasil, 10.ª, Viçosa, 1970. (Não publicado)        [ Links ]

18. LAUMONNIER, R. Cultures maraichères. Paris, Baillière, 1952. p. 459-475.         [ Links ]

19. MITCHELL, W. G. & MAYO, N. Growing berries in Florida. Gainesville. Univ. of Florida, 195.5. (Bulletin 13)        [ Links ]

20. NATIVIDADE, I. V. Culturas dos morangueiros. Alcobaça, Portugal, Of. J. Oliveira Jr., 1940. 134p.         [ Links ]

 

 

Recebido para publicação em 30 de outubro de 1971.

 

 

1 Trabalho apresentado na XI Reunião Anual da Sociedade de Olericultura do Brasil, realizada de 11 a 17 de julho de 1971, em Piracicaba, SP. A FAPESP colaborou na obtenção dos dados experimentais, fornecendo uma camioneta para o transporte dos técnicos e dos materiais.
2 Com bolsas de suplementação do CNPq.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License