SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.47 número2Densidade básica do colmo e fibras celulósicas em progênies de Bambusa tuldoides MunroTrigo: três épocas de semeadura em Capão Bonito, SP, no período 1981-85 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Bragantia

versão On-line ISSN 1678-4499

Bragantia v.47 n.2 Campinas  1988

http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87051988000200009 

V. FITOTECNIA

 

Características agronômicas e culinárias de clones de mandioca

 

Agronomic and culinary traits of several cassava (Manihot esculenta Crantz) clones

 

 

José Osmar LorenziI, *; Araken Soares PereiraI, III; Domingos Antonio MonteiroI; Maria Tereza Baraldi RamosII

ISeção de Raízes e Tubérculos, Instituto Agronômico (IAC), Caixa Postal 28, 13001 Campinas (SP)
II
Seção de Fitoquímica, IAC
III
Aposentado

 

 


RESUMO

Em Campinas, SP, nos anos agrícolas de 1982/83, 1983/84 e 1984/85, avaliaram-se oito diferentes clones de mandioca (Manihot esculenta Crantz) selecionados para mesa quanto à produtividade de raízes e ramas, índice de colheita, cozimento culinário, teor de ácido cianídrico e cor da polpa das raízes. Os experimentos, instalados no início das chuvas (setembro/outubro) e colhidos nove meses após o plantio, foram conduzidos em blocos ao acaso com quatro repetições. Entre o material estudado, os clones IAC 59-210, de polpa branca (obtido por autofecundação do cv. IAC Mantiqueira) e IAC 289-70, de polpa amarela (originário do cruzamento do cv. SRT 797 - Ouro do Vale, com o cv. SRT 1 - Vassourinha Paulista), mostraram, no conjunto de caracteres avaliados, o melhor comportamento, superando o 'IAC Jaçanã' e o 'IAC 14-18', utilizados como testemunhas. O clone IAC 289-70 destacou-se pela facilidade de cozimento culinário, baixa concentração de HCN, alto índice de colheita, produtividade média de 18,7 t/ha e polpa amarela das raízes, indicando a presença de pigmentos carotenóides. A característica mais relevante do IAC 59-210 foi a maior produtividade média, 20,6 t/ha, em magnitude.

Tenros de indexação: mandioca, clones, produção, toxicidade, qualidades culinárias.


SUMMARY

Eight cassava (Manihot esculenta Crantz) clones were evaluated concerning root yields and other traits during three growing seasons (1982/83, 1983/84 and 1984/85), in Campinas, State of São Paulo, Brazil. Field trials were carried out in completely randomized block designs with four replications. The plants were harvested nine months after planting. The clones IAC 59-210 (derived from self-fertilization of 'IAC Mantiqueira'), and IAC 289-70 (obtained from SRT 797 -'Ouro do Vale' x SRT 1 -'Vassourinha Paulista' crossing), were superior for most of the traits studied, when compared to two commercial varieties used as control. IAC 289-70 presented low cooking time, low HCN levels, high harversting index, average yield of 18.7 t/ha and yellow pulp of roots, indicating the presence of carotenoid pigments. 'IAC 59-210' presented the highest average yield (20.6 t/ha).

Index terms: cassava (Manihot esculenta Crantz), varieties, HCN toxicity, culinary qualities.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BOLETIM ANUAL. São Paulo, CEAGESP, 1985 e 1986.        [ Links ]

KAWANO, K. Mejoramiento genético de yuca para productividade. In: YUCA: Investigación, producción y utilización. Cali, Colombia, Centro Internacional de Agricultura Tropical, 1982. p.91-112.        [ Links ]

MARAVALHAS, N. Carotenóides de Manihot esculenta Crantz. In: CINCO estudos sobre farinha de mandioca. Manaus, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, 1964. p.35-38. (Publicação, 6)        [ Links ]

NORMANHA, E.S. Análise de HCN em mandioca. Ciência e Cultura, São Paulo, 17(2):197, 1965.        [ Links ]

PEREIRA, A.S.; LORENZI, J.O. & VALLE, T.L. Avaliação do tempo de cozimento e padrão de massa cozida em mandiocas de mesa. Revista Brasileira de Mandioca, Cruz das Almas, 4(1):27-32, 1985.        [ Links ]

PROGNÓSTICO, São Paulo, Instituto de Economia Agrícola, v.15, 1986.        [ Links ]

TREADWELL, F.P. Manuel de chimie analytique. 4. ed. Paris, Dunod, 1934. v.2.        [ Links ]

VILLELA, O.V.; PEREIRA, A.S.; LORENZI, J.O.; VALLE, T.L.; MONTEIRO, D.A.; RAMOS, M.T.B. & SCHMIDT, N.C. Competição de clones de mandioca selecionados para mesa e indústria. Bragantia, Campinas, 44(2):559-568, 1985.        [ Links ]

 

 

Recebido para publicação em 28 de abril de 1987 e aceito em 19 de abril de 1988.

 

 

* Com bolsa de pesquisa do CNPq.