SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.48 número2Fenóis, peroxidase e polifenoloxidase na resistência do cafeeiro a Meloidogyne incognitaPossibilidade de seleção recorrente para aumento do teor de óleo em soja com a utilização da macho-esterilidade genética e da espectroscopia de ressonância nuclear magnética índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

  • texto em Inglês
  • Português (pdf)
  • Artigo em XML
  • Como citar este artigo
  • SciELO Analytics
  • Curriculum ScienTI
  • Tradução automática

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Bragantia

versão impressa ISSN 0006-8705versão On-line ISSN 1678-4499

Bragantia v.48 n.2 Campinas  1989

https://doi.org/10.1590/S0006-87051989000200002 

II. GENÉTICA E MELHORAMENTOS DE PLANTAS

 

Triticale: avaliação de linhagens em diferentes regiões paulistas1

 

Triticale: evaluation on inbred lines in different regions of the state of São Paulo, Brazil

 

 

Carlos Eduardo de Oliveira CamargoI, 2; João Carlos FelícioI, 2; Antonio Wilson Penteado Ferreira FilhoI; José Guilherme de FreitasI, 2; Jairo Lopes de CastroII, 2; Paulo Boller GalloIII, 2; Armando Pettinelli Junior2

ISeção de Arroz e Cereais de Inverno, Instituto Agronômico (IAC), Caixa Postal 28, 13001 Campinas,SP
II
Estação Experimental de Capão Bonito, IAC
III
Estação Experimental de Mococa, IAC
IVEstação Experimental de Tatuí, IAC

 

 


RESUMO

Compararam-se entre si vinte e quatro linhagens de triticale e o cultivar de trigo IAC-21, através de ensaios em diferentes localidades do Estado de São Paulo, nos anos de 1986 e 1987, analisando-se os seguintes parâmetros: rendimento de grãos, altura de plantas, ciclo em dias da emergência ao florescimento, porcentagem de plantas acamadas, peso de cem grãos e resistência à ferrugem-da-folha e às manchas-foliares em condições de campo. A linhagem de triticale Nutria 7272 foi a mais produtiva (3.098kg/ha), diferindo do 'IAC-21' (2.241 kg/ha) e das demais linhagens de triticale, com exceção da Merino"S" - JLO"S" (T-20 e 21), Nutria 440 e Juanillo 159, com 2.891, 2.870, 2.805 e 2.645kg/ha respectivamente. As linhagens de triticale exibiram maior resistência à ferrugem-da-folha com relação ao 'IAC-21'. A Panche 7287 mostrou-se moderadamente resistente às manchas-foliares e, as demais, suscetíveis. As linhagens M2A-KLA"S" x MA (T-6), Faro"S" e Panche 7287 apresentaram ciclo da emergência ao florescimento significativamente maior que o 'IAC-21', e M2A-CML 360 x M2A (T-2), Turk DWF-V 127 x 6TA 204/IA 146, M2A-CML x IA, TCEP 77138, BGL "S"-IGA x PND"S" e BCM"S"-Addax"S" exibiram plantas significativamente mais baixas. A Juanillo 159 apresentou o maior peso de cem grãos, diferindo do 'IAC-21' e das demais linhagens, com exceção da Nutria 7272 e Merino"S" - JLO"S" (T-21).

Termos de indexação: triticale, trigo, linhagens, melhoramento vegetal, produção de grãos, ferrugem-da-folha, mancha-da-folha.


SUMMARY

Twenty four triticale inbred lines and the wheat cultivar IAC-21 were evaluated in field experiments carried out at different locations of the State of São Paulo, Brazil, during the years of 1986 and 1987. Grain yield, plant height, number of days from emergence to flowering, percentage of layed plants, weight of 100 grains, resistance to leaf rust (Puccinia graminis sp. tritici) and to leaf spots (Helminthosporium sp. and Septoria sp.) were evaluated under field conditions. The triticale inbred line Nutria 7272 pre-sented the best grain yield (3,098 kg/ha), showing differences from the IAC-21 (2,241 kg/ha) and the other triticales, except for the inbred lines Merino"S" - JLO"S" (T-20 and 21), Nutria 440 and Juanillo 159 presenting 2,891, 2,870, 2,805 and 2,645 kg/ha respectively. The triticales were more resistant to leaf rust than the wheat IAC-21. The line Panche 7287 was moderately resistant to leaf spots and the other germplasms suscetible to this disease. The lines M2A-KLA"S" x MA (T-6), Faro"S" and Panche 7287 were significantly later in relation to IAC-21. The triticales M2A-CML 360 x M2A (T-2), Turk DWF-V 127 x 6TA 204/IA 146, M2A-CML x IA, TCEP 77138, BGL"S"-IGA x PND"S" and BCM"S" - Addax"S" were shorter than 'IAC-21'. The triticale Juanillo 159 had heavier grains than 'IAC-21' and the other triticale inbred lines except for the lines Nutria 7272 and Merino"S" - JLO"S" = T-21.

Index terms: triticale, wheat, plant breeding, inbred lines, grain yield, leaf rust, leaf spots.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BARCELLOS, A.L. As ferrugens do trigo no Brasil. In: TRIGO no Brasil. Campinas, Fundação Cargill, 1982. p.375-419.        [ Links ]

CAMARGO, C.E.O. & FELÍCIO, J.C. Estudo comparativo preliminar entre cultivares de triticale e um cultivar de trigo no Estado de São Paulo. Bragantia, Campinas, 34:287-293, 1975.        [ Links ]

__________ & __________. Tolerância de cultivares de trigo, triticale e centeio em diferentes níveis de alumínio em solução nutritiva. Bragantia, Campinas, 43(1):9-16, 1984.        [ Links ]

__________; __________; FREITAS, J.G. & FERREIRA FILHO, A.W.P. Tolerância de trigo, triticale e centeio a diferentes níveis de ferro em solução nutritiva. Bragantia, Campinas, 47(2):295-304, 1988.        [ Links ]

__________ & FREITAS, J.G. Tolerância de cultivares de trigo a diferentes níveis de ferro em solução nutritiva. Bragantia, Campinas, 44(1):65-75, 1985.        [ Links ]

__________ & OLIVEIRA, O.F. Tolerância de cultivares de trigo a diferentes níveis de alumínio em solução nutritiva e no solo. Bragantia, Campinas, 40:21 -31, 1981.        [ Links ]

FELÍCIO, J.C.; CAMARGO, C.E.O. & LEITE, N. Avaliação de genótipos de triticale em solos de várzea no Estado de São Paulo no período de 1979 a 1984. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, 23(1):45-51, 1988.        [ Links ]

__________; FERREIRA FILHO, A.W.P. & BARROS, B.C. Comportamento de cultivares de triticale e de trigo no Vale do Paranapanema. Bragantia, Campinas, 43(2):337-345, 1984.        [ Links ]

GOMES, F.P. Curso de estatística experimental. 11.ed. Piracicaba, Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", 1985. 466p.        [ Links ]

HANSON, H.; BORLAUG, N.E. & ANDERSON, R.G. Wheat in the third world. Boulder, Colorado, Westview Press, 1982. 174p.        [ Links ]

MEHTA, Y.R. Doenças do trigo e seu controle. São Paulo, Ceres, 1978. 190p.        [ Links ]

PRESTES, A.M.; PICININI, E.C. & LUTZ, W.C. Manchas foliares. In: TRIGO no Brasil. Campinas, Fundação Cargill, 1982. p.509-533.        [ Links ]

RAIJ, B. van; SILVA, N.M. da; BATAGLIA, O.C.; QUAGGIO, J.A.; HIROCE, R.; CANTARELLA, H.; BELLINAZZI JUNIOR, R.; DECHEN, A.R. & TRANI, P.E. Recomendações de adubação e calagem para o Estado de São Paulo. Campinas, Instituto Agronômico, 1985. 107p. (Boletim técnico, 100)        [ Links ]

SCHRAM, W.; FULCO, W.S.; SOARES, M.H.G. & ALMEIDA, A.M.P. Resistência de cultivares de trigo em experimentação ou cultivo no Rio Grande do Sul às principais doenças fúngicas. Agronomia Sulriograndense, Porto Alegre, 10:31-39, 1974.        [ Links ]

 

 

Recebido para publicação em 12 de setembro de 1988 e aceito em 31 de maio de 1989

 

 

1 Com verba do Acordo do Trigo, Cooperativas de Produtores Rurais do Vale do Paranapanema/Secretaria da Agricultura/Instituto Agronômico.
2 Com bolsa de pesquisa do CNPq.

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons