SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.48 número2Acúmulo de massa seca e teores de elementos químicos em três cultivares de soja em função da correção da acidez do solo de Itararé (SP)Deficiência de boro em mamona índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

  • Português (pdf)
  • Artigo em XML
  • Como citar este artigo
  • SciELO Analytics
  • Curriculum ScienTI
  • Tradução automática

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Bragantia

versão impressa ISSN 0006-8705versão On-line ISSN 1678-4499

Bragantia v.48 n.2 Campinas  1989

https://doi.org/10.1590/S0006-87051989000200009 

VI. ADUBAÇÃO E NUTRIÇÃO DE PLANTAS
NOTA

 

Adubação do pimentão em solo orgânico álico do Vale do Ribeira (SP)1

 

Pepper fertilization on organic soil of Ribeira Valley (SP)

 

 

Issao IshimuraI, VI; Francisco Antonio PassosII, 2; Rogério Salles LisbãoIII, 2; João Baptista FornasierIII, 2; Toshio IgueIV, 2; Celi Teixeira FeitosaV, 2; Luís Alberto SáesI

IEstação Experimental de Pariquera-Açu, Instituto Agronômico (IAC), Caixa Postal 28, 13001 Campinas (SP)
IISeção de Hortaliças de Frutos, IAC
III
Seção de Hortaliças Diversas, IAC
IVSeção de Técnica Experimental e Cálculo, IAC
VSeção de Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas, IAC

 

 


RESUMO

Estudaram-se os efeitos de doses de fertilizantes químicos acrescidos de adubação orgânica (20t/ha de composto) na produtividade, número e peso de frutos (totais e comerciáveis) do pimentão cv. Agronômico 10-G. A adubação mineral constou de quantidades variáveis da fórmula 04-16-08, no plantio, e de coberturas com N e K. Quatro tratamento fornecendo, além do composto, 0-0-0, 180-320-240, 360-640-480 e 540-960-720kg/ha de N, P2O5 e K2O foram comparados a uma testemunha sem adubo, mineral ou orgânico. 0 experimento foi instalado na Estação Experimental de Pariquera-Açu, em solo orgânico álico, com calagem. Os resultados mostraram que a adubação orgânica, isoladamente, não apresentou efeito significativo, e a mineral proporcionou aumentos na produtividade, número e peso médio de frutos. A melhor produtividade comerciável (33,2t/ha) e o melhor lucro foram obtidos quando se utilizaram 360-640-480kg/ha de N, P2O5 e K2O respectivamente.

Termos de indexação: pimentão (Capsicum annuum L.),adubação.


SUMMARY

A trial was carried out at the Experimental Station of Pariquera-Açu, State of São Paulo, Brazil, on an organic soil previously limed, to determine the influence of chemical fertilizers in addition to compost on the yield of pepper cv. Agronômico 10-G. Chemical fertilization consisted of 0-0-0, 180-320-240, 360-640-480 and 540-960-720kg/ha of N, P2O5 and K2O. Organic fertilization consisted of 20t/ha of compost (basically 90% straw). There was no advantage on the use of organic fertilization alone. Chemical fertilization increased yield, number and average weight of fruits. The highest yield of marketable pepper fruits (33.2t/ha) and the best economic returns were obtained at rates of 360-640-480kg/ha of N, P2O5 and K2O.

Index terms: pepper, Capsicum annuum L., fertilization.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BOLETIM MENSAL DA CEAGESP, São Paulo, novembro/dezembro, 1984. __________, São Paulo, janeiro/fevereiro, 1985.        [ Links ]

FERNANDES, P.L; OLIVEIRA, G.D. de & HAAG, H.P. Nutrição mineral de hortaliças. XV. Estudos da nutrição mineral de duas variedades de pimentão cultivado em condições de campo. Anais da E.S.A. "Luiz de Queiroz", Piracicaba, 28:145-151,1971.        [ Links ]

FILGUEIRA, F.A.R. Pimentão (Capsicum annuum). In: __________. Manual de Olerícultura: cultura e comercialização de hortaliças. São Paulo, Ceres, 1972. p.205-208.        [ Links ]

HAAG, H.P.; HOMA, P. & KIMOTO, T. Nutrição mineral de hortaliças. V - Absorção de nutrientes pela cultura de pimentão. O Solo, Piracicaba, 62(2):7-11,1970.        [ Links ]

NAGAI, H. Pimentão (Capsicum annuum L.) In: CAMPINAS. Instituto Agronômico. Instruções agrícolas para o Estado de São Paulo, editado por M.J. Pedro Júnior; E.A. Bulisani; C.V. Pommer; F.A. Passos; U. Godoy & C. Aranha. 3.ed. Campinas, 1986. p.176. (Boletim, 200)        [ Links ]

PARKER, M.B., BALLEY, J.E. & MORRIS, H.D. Fertilizers boost bell pepper. Better Crops with Plant Food, 43:6-16,1959.        [ Links ]

SAGIV, B.; BAR-YOSEF, B.; KAFKAFI, U. & MINI, A. Fertilization and manuring on sprinkler-irrigated fields of pepper compared with fertilization via trickle irrigation system. Agricultural Research Organization, Institute of Soil and Water, 1978. 48p. (n9 763)         [ Links ]Apud FONTES, P.C.R. & MONERAT, P.R. Nutrição mineral e adubação das culturas de pimentão e pimenta. Informe Agropecuário, Belo Horizonte, 10(113):25-30,1984.        [ Links ]

SOUSA, RJ. de & CASALI, V.W.D. Cultivares de pimentão e pimenta. Informe Agropecuário, Belo Horizonte, 10(113):14-18,1984.        [ Links ]

 

 

Recebido para publicação em 5 de outubro de 1988 e aceito em 15 de setembro de 1989

 

 

1 Trabalho apresentado no XXVII Congresso Brasileiro de Olericultura, realizado em Curitiba (PR), em 13-17 de julho de 1987.
2 Com bolsa de pesquisa do CNPq.

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons