SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.49 issue2Use of Excelsa coffee in blends with ArabicaRootstocks for wine grape cultivar IAC 138-22 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

  • Portuguese (pdf)
  • Article in xml format
  • How to cite this article
  • SciELO Analytics
  • Curriculum ScienTI
  • Automatic translation

Indicators

Related links

Share


Bragantia

Print version ISSN 0006-8705On-line version ISSN 1678-4499

Bragantia vol.49 no.2 Campinas  1990

http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87051990000200014 

V. FITOTECNIA

 

Produtividade de cultivares IAC de uvas para vinho como produtores diretos e sobre diferentes porta-enxertos

 

Evaluation of three rootstocks on the productivity of some IAC wine grape cultivars

 

 

Murilo Monteiro TerraI, *; Erasmo José Paioli PiresI; Armando Pettinelli Jr.II; Celso Valdevino PommerI, *; José Carlos SabinoIII; Ilene Ribeiro da Silva PassosI; Sônia Maria Bonilha Marcondes CoelhoIV; André Camargo Pereira da SilvaV; Ivan José Antunes RibeiroVI

ISeção de Viticulture, Instituto Agronômico (IAC), Caixa Postal 28, 13001 Campinas (SP)
IIEstação Experimental de Tatuf, IAC
IIIEstação Experimental de Tietê, IAC
IVSistema de Introdução e Quarentena de Plantas, IAC
VSeção de Viticultura, IAC. Bolsista da FAPESP
VISeção de Mcrobiologia Fitotécnica, IAC

 

 


RESUMO

Em experimentos em Tietê (oito anos) e Tatuí (seis anos), compararam-se quatro cullivares IAC de uvas para vinho: IAC 133-22 Máximo e IAC 960-9 Sanches, para os tintos, e IAC 116-31 Rainha e IAC 960-12, para os brancos. Eles foram cultivados tanto como produtor direto (sem enxertia) como enxertados sobre os porta-enxertos IAC 313 'Tropical', IAC 766 e "Ripária do Traviú'. Estudou-se o potencial produtivo desses cultivares como produtores diretos, bem como sua afinidade e produtividade sobre aqueles porta-enxertos, avalíando-se a produção de uvas (grama/planta) e o peso de ramos podados (grama/parcela). No conjunto dos ambientes (anos e locais), as maiores produções, estatisticamente superiores às demais, foram obtidas como IAC 138-22 enxertado sobre o IAC 313 e com o IAC 960-9 sobre o mesmo porta-enxerto. Nas condições de Tietê, o IAC 138-22 e o IAC 960-9 enxertados sobre o IAC 766 apresentaram potencial produtivo semelhante ao obtido quando sobre o IAC 313.0 IAC 138-22 demonstrou maior estabilidade de produção nos ambientes (anos e locais) estudados; o IAC 116-31, grande vigor vegetativo, medido pela quantidade de ramos podados, o que o pode ter levado às suas baixas produções.

Termos da indexação: videira, melhoramento genético, produtor direto, porta-enxerto, uvas para vinho.


ABSTRACT

The influence of three rootstocks on the yield potential of four IAC wine grape cultivars, two red wine (IAC 138-22 "Máximo' and IAC 960-9 'Sanches') and two white wine producers (IAC 116-31 "Rainha' and IAC 960-12) was studied. The cultivars were grown on their own roots (direct-producers) or grafted on rootstocks IAC 313 'Tropical', IAC 766 and 'Riparia do Traviú'. The experiments were carried out in Tietê (eight years) and Tatuí (six years), State of São Paulo, Brazil. The yield potential of the cultivars when grafted or not was compared on the basis of grape production (g/plant) and pruned cane weight (g). Considering the studied environments (years and locations) as a whole, the largest yields, with significant differences over the others were observed for the combinations IAC 138-22 grafted on IAC 313 and for IAC 960-9 grafted also on IAC 313. Considering the environmental conditions of Tietê, the cultivars IAC 138-22 and IAC 960-9, both grafted on IAC 766 showed yield potential similar to that obtained when grafted on IAC 313. IAC 138-22 showed the bestyield stability over all the studied environments (years and locations): IAC 116-31 showed great vegetative vigor as measured by the pruned cane weight which could be the reason for its low yields.

Index terms: grapevine, breeding, direct-producers, rootstocks.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

COPAT, L. Proposta para melhora de qualidade do vinho de uvas híbridas e americanas. In: SIMPÓSIO LATINO-AMERICANO DE ENOLOGIA E VITICULTURA 2., JORNADA LATINO-AMERICANA DE VITICULTURA E ENOLOGIA, 2., e SIMPÓSIO ANUAL DE VITIVINICULTURA, 2., Garibaldi/Bento Gonçalves, 1987. Anais. Bento Gonçalves, Associação Brasileira dos Técnicos em Viticultura e Enofogia, 1987. p.87-91.        [ Links ]

OJJMA, M.; RIGITANO, O.; CAMPO-DALL'OR TO, F.A.; BARBOSA, W.; RIBEIRO, I.J.A.; TERRA, M.M.; AMARO, A.A.; BILLER, V.S.B.; BETTI, J.A.; KUNIYUKI, H.; MARTINS, F.P.; SCARANARI, H J. & FAHL, J.I. Fruticultura de clima temperado no Estado de São Paulo: diagnóstico da situação econômica e cultural e atividades de pesquisa no IAC. Campinas, Instituto Agronômico, 1984. 72p. (Boletim técnico, 89)        [ Links ]

PEREIRA, F.M. & BICUDO, L.P. Variedades de uva para uma nova vitivinicultura. Divulgação agronômica, Rio de Janeiro, (25):17-20, 1968.        [ Links ]

__________ & LEITÃO FILHO, H. de F. Caracterização botânica de porta-enxertos de videira. Campinas, Instituto Agronômico, 1973. 20p. (Boletim técnico, 7)        [ Links ]

__________ & MARTINS, F.P. Instruções para a cultura da videira. Campinas, Instituto Agronômico, 1972. 48p. (Boletim, 199)        [ Links ]

PIRES, E.J.P.; MARTINS, F.P.; TERRA, M.M.; SILVA, A.C.; POMMER, C.V.; PASSOS, I.R.S.; COELHO, S.M.B.M. & RIBEIRO, I.J.A. Comportamento dos curtivares IAC 116-31 e IAC 960-12 de uva branca para vinho sobre diferentes porta-enxertos. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 10., Fortaleza, 1989. Anais. Campinas, Sociedade Brasileira de Fruticultura, 1991. (No prelo)        [ Links ]

POMMER, C.V. O melhoramento genético da videira no IAC. Campinas, Instituto Agronômico, 1989. 40p. (Datilografado).        [ Links ]

RIBAS, W.C. Contribuição à ampelologia nacional: II. Melhores variedades da coleção ampelográfica da Estação Experimental de São Roque, SP. Campinas, Instituto Agronômico, 1973. 76p. (Circular, 28)        [ Links ]

SANTOS NETO, J.R. de A.; PEREIRA, F.M.; MARTINS, F.P. & LEITÃO FILHO, H. de F. Características e possibilidades do cultivar de videira IAC 138-22. O Agronômico, Campinas, 20(9/10):1-8, 1968.        [ Links ]

SÃO PAULO. Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Programa paulista de fruticultura de clima temperado. São Paulo, 1983. 96p.        [ Links ]

TERRA, M.M.; POMMER, C.V. & PIRES, E.J.P. Considerações para a elaboração de um plano nacional de vitivinicultura. O Agronômico, Campinas, 41(2):122-131,1989.        [ Links ]

 

 

Trabalho recebido para publicação em 13 da novembro da 1989 a aceito em 26 de junho de 1990.

 

 

* Cóm bolsa de pesquisa do CNPq.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License