SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.52 issue3Doctor Carlos Pereira Magalhães JúniorThe bispectral index author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Anestesiologia

Print version ISSN 0034-7094

Rev. Bras. Anestesiol. vol.52 no.3 Campinas May/June 2002

http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942002000300015 

CARTAS AO EDITOR

 

Interação dos glicoalcalóides solanáceos com drogas utilizadas em anestesia

 

 

Eugesse Cremonesi, TSA

Endereço para correspondência

 

 

Senhor Editor,

Em resumo publicado no Anesthesiology, Moss, Krasowski e McGehee apresentaram um trabalho interessante sobre a interação de compostos naturais encontrados em batatas, os glicoalcalóides solanáceos (SGAs) alfa solanina e alfa chaconina, com acetilcolinesterase (AChE) e butirilcolinesterase (BuChE).

Os autores estudaram o efeito inibidor desses compostos sobre a AChE e BuChE e concluíram que os SGAs inibem a BuChE de maneira muito mais intensa do que a AChE, em concentrações nanomoleculares que estão presentes no soro de indivíduos consumidores de batatas. Estudaram também a possível atividade anticolinesterásica apresentada por outros compostos, como bloqueadores neuromusculares, e verificaram que apenas o pancurônio e o vecurônio possuem efeitos semelhantes.

Esses resultados sugerem a possibilidade de os glicoalcalóides citados poderem alterar a farmacocinética de bloqueadores neuromusculares, anestésicos locais e outros fármacos com hidrólise mediada pela BuChE. Também sugerem que a grande variação na sensibilidade dos pacientes a drogas anestésicas pode ser atribuída, em parte, a fatores dietéticos.

Os glicoalcalóides solanáceos são encontrados principalmente em batatas, tomates e berinjelas e, podem interferir, de maneira importante, no metabolismo de bloqueadores neuromusculares, anestésicos locais, drogas de ação cardiovascular e outros compostos que são hidrolisados pela BuChE, quando consumidos habitualmente ou em grande quantidade, na véspera de uma cirurgia.

 

REFERÊNCIAS

01. Moss J, Krasowski BA, McGehee DS - Anesthesiology, 1998;89: 3A:A1008.

02. Larkin M - Lancet, 1998;352:1362.

 

 

Endereço para correspondência
Eugesse Cremonesi, TSA
Rua  Dr. José de Moura Rezende, 165 Jardim Caxingui
05517-000 São Paulo, SP