SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.52 issue4Succinilcolina: 50 anos de soberaniaMeningite após técnica combinada para analgesia de parto: relato de caso author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Anestesiologia

Print version ISSN 0034-7094

Rev. Bras. Anestesiol. vol.52 no.4 Campinas July/Aug. 2002

http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942002000400016 

CARTAS AO EDITOR

 

Interação dos glicoalcalóides solanáceos com drogas utilizadas em anestesia

 

 

Pedro Paulo Tanaka

Endereço para correspondência

 

 

Senhor Editor,

Venho através desta encaminhar comentário referente ao tema "Interação dos Glicoalcalóides Solanáceos com Drogas Utilizadas em Anestesia" publicado na Rev Bras Anestesiol, 2002;52:382, de autoria da Dra. Eugesse Cremonesi. O tema realmente desperta interesse em uma área não muito estudada pelos anestesiologistas mas que apresenta um grande potencial de interações com a nossa prática 1. O referido estudo foi realizado em coelhos com testes in vitro e in vivo, com redução dos níveis de butirilcolinesterase e prolongamento da duração do bloqueio neuromuscular com mivacúrio, artigo publicado recentemente na íntegra no mesmo periódico 2. Nesta mesma linha, não somente alimentos mas também outras drogas podem interferir na farmacocinética ou farmacodinâmica dos relaxantes neuromusculares. Ostergaard e col. demostraram que após o uso pré-operatório de um broncodilatador oral houve um aumento significativo (3 a 4 vezes) na duração de ação do mivacúrio 3. A pergunta que fica é se estes resultados apresentados em animais podem ser reproduzidos em seres humanos. Em estudo piloto Johanns e Mensinga 4 demonstraram em voluntários que a administração oral de glicoalcalóides não provocou diminuição das concentrações séricas de colinesterase. O fato ainda deixa em aberto a resposta, que somente estudos futuros poderão esclarecer. Aproveitamos a oportunidade para enviar-lhe nossos préstimos de estima e consideração.

Atenciosamente.

 

REFERÊNCIAS

01. Krasowski MD, McGehee DS, Moss J - Natural inhibitors of cholinesterase: implications for adverse drug reactions. Can J Anaesth, 1997;44:525-534.

02. McGehee DS, Krasowski MD, Fung DL et al - Cholinesterase inhibition by potato glycoalkaloids slows mivacurium metabolism. Anesthesiology, 2000;93: 510-519.

03. Ostergaard D, Rasmussen S, Viby-Mogensen J et al - The influence of drug-induced cholinesterase activity on the pharmacokinetics and pharmacodynamics of mivacurium. Anesthesiology, 2000;92: 1581-1587.

04. Johanns E, Mensinga T - Clinical pilot study on the bioavailability of glycoalkaloids from potato. RIVM report 388802 020. National Institute of Public Health and the Environment, Netherlands, 2001.

 

 

Endereço para correspondência
Dr. Pedro Paulo Tanaka, TSA
Rua Justiniano de Mello e Silva, 355
82530-150 Curitiba, PR
E-mail: tanaka@bsi.com.br