SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.52 issue5Réplica: raquianestesia com a mistura enantiomérica de bupivacaína a 0,5% isobárica (S75-R25) em crianças com idades de 1 a 5 anos para cirurgia ambulatorial author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • Have no similar articlesSimilars in SciELO

Share


Revista Brasileira de Anestesiologia

Print version ISSN 0034-7094

Rev. Bras. Anestesiol. vol.52 no.5 Campinas Sept./ Oct. 2002

http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942002000500018 

CARTAS AO EDITOR

 

Réplica

Meningite após técnica combinada para analgesia de parto. Relato de caso

 

 

Carlos Escobar Vasquez; Raquel da Rocha Pereira

Endereço para correspondência

 

 

Senhor Editor,

Agradecemos ao Dr. Amaury Sanchez Oliveira e ao Dr. Carlos Alberto de Figueiredo Côrtes a oportunidade para tecer alguns comentários 1. Na teoria e na prática nossa casuística de meningites está baixo das encontradas na literatura 2. O caso apresentado foi o primeiro a acontecer em nosso serviço 3. Da forma com que a doença se apresentou muitos anestesiologistas não encontraram nenhuma relação com o procedimento anestésico; mas sim, como uma incomum coincidência. Devemos lembrar que o diagnóstico de meningite foi feito no 13º dia, o que é raro de acontecer. Só com isso muitos anestesiologistas eximiriam, como provável causa, o procedimento anestésico.

Culturalmente, no nosso meio, a área médica tem uma certa resistência em informar e muito menos publicar as ditas complicações que surgem no dia-a-dia. Praticamente ninguém gosta de deixar vestígios de fatalidades mesmo sabidamente inexistindo a culpa.

A credibilidade de um serviço não está somente nas suas conquistas alcançadas aos quatro ventos, mas também na humildade de reconhecer suas limitações e dissabores.

Nossa intenção ao apresentarmos este caso foi a de mostrar que as fatalidades existem mesmo tomando-se todos os cuidados. Cabe a nós anestesiologistas procurar, até esgotar, todas as alternativas da nossa provável "culpa". Assim, acreditamos teremos mais credibilidade.

É salutar que existam opiniões e pontos de vista diversos quanto tratamos qualquer tema, em especial relacionados à anestesia obstétrica. Na descrição do nosso trabalho somente discutimos mais uma boa alternativa de técnica a ser usada nos casos de analgesia de parto 4. Cabe ao anestesiologista, dentro de sua experiência e convicções, fazer o bom uso dela. Qualquer técnica quando bem indicada é boa, mas nem por isso deixa de ter seus riscos.

Atenciosamente,

Carlos Escobar Vasquez
Raquel da Rocha Pereira

 

REFERÊNCIAS

01. Oliveira AS, Côrtes CAF - Meningite após técnica combinada para analgesia de parto. Relato de Caso (Carta). Rev Bras Anestesiol; 2002;52:515-516.

02. Cascio M, Health G - Meningitis following a combined spinal-epidural technique in a laboring term parturient. Can J Anaesth, 1996;43:399-402.

03. Vásquez CE, Pereira RR, Tomita T, Bedin A, Castro RAC - Meningite Após Técnica Combinada para Analgesia de Parto. Relato de Caso. Rev Bras Anestesiol; 2002;52:330-334.

04. Torres MLA - Bloqueio combinado subaracnóideo-peridural. O que foi demonstrado de vantagem clínica sobre as outras técnicas? Anestesia em Revista, 2000;5: 22-24.

 

 

Endereço para correspondência
Carlos Escobar Vasquez
Rua Dr. Armando Odebrecht, 70/305, Ribeirão Fresco
89020-400 Blumenau, SC

Raquel da Rocha Pereira
Rua Dr. Roberto Koch, 72, América
89201-720 Joinville, SC