SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.61 issue2Revista Brasileira de Anestesiologia included in Thomson-Reuters Database©Duplicate publication author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Anestesiologia

Print version ISSN 0034-7094

Rev. Bras. Anestesiol. vol.61 no.2 Campinas Mar./Apr. 2011

http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942011000200002 

EDITORIAL

 

Alerta aos leitores

 

 

Caros colegas, leitores e todos os envolvidos na publicação da Revista Brasileira de Anestesiologia.

Com extremo pesar e sentimento de frustração escrevo esse editorial para alertar nossos leitores sobre fraude cometida por autores brasileiros de Centro Universitário respeitado, rasgando princípios éticos e anuviando a confiança na pesquisa brasileira.

A reputação de um periódico científico é mantida pela confiança dos leitores. Esse fato é capital para a pesquisa clínica, laboratorial e avanço do conhecimento. Assim, esse tipo de publicação, bem como as revisões de seu corpo editorial, necessitam seguir de forma rígida princípios éticos em suas decisões. Pesquisas, sejam elas clínicas (envolvendo pacientes) ou laboratoriais (envolvendo animais de experimentação, tecidos humanos ou não e prontuários médicos) devem ser conduzidas de forma ética e as autorizações apropriadas obtidas. Privacidade e confiança de pacientes, autores e revisores precisam ser respeitadas. Todas as vezes que necessário, direitos e permissões devem ser requeridos e honrados. Portanto, as palavras-chave são: honradez, ética, respeito, confiança.

Entretanto, autores mal intencionados são capazes de corromper ou ignorar esses princípios, enlameando com suas ações a reputação de centros de pesquisa, universidades e colocando em dúvida possíveis autorizações dos Comitês de Ética em Pesquisa. Os erros científicos mais comuns cometidos por esses tipos irresponsáveis de autores são: apropriação de ideias de outros autores, plágio, violação de condutas universalmente aceitas na prática da pesquisa, corrupção de princípios legais e regulatórios, falsificação de dados, submissão simultânea de trabalhos para duas ou mais publicações. Em virtude do que foi dito, autores que incorrem em faltas dessa gravidade devem esperar atitudes enérgicas de toda a comunidade científica diante dos fatos. Editores de periódicos científicos não podem ficar omissos frente: a plágios de qualquer espécie, publicações em duplicata do mesmo trabalho e todas as outras formas descritas acima de fraudes e máconduta por parte de autores e seus coautores. Essas formas de fraudes precisam ser detidas e repudiadas com vigor. Coautores não podem alegar que desconhecem as fraudes, já que assinam documento garantindo sua participação efetiva no trabalho e portanto sabem exatamente se o trabalho é por exemplo um plágio ou se foi submetido simultaneamente a mais de um jornal . Todos os periódicos sérios exigem assinatura de todos, autores e coautores, por ocasião da submissão. Sua assinatura é solidária garantindo que o artigo foi submetido a apenas uma publicação. Uma vez aceito, os autores transferem para a entidade responsável pela publicação os direitos sobre o material publicado. Portanto, pode também ser enquadrado como falsidade ideológica submeter o mesmo material a duas publicações simultaneamente. Autor e autores devem esperar a decisão final sobre aceitação ou não de seu trabalho para então pensar em nova submissão.

A Revista Brasileira de Anestesiologia, através de seu Editor e Conselho Editorial, em respeito aos seus leitores e preocupada com a reputação dura e paulatinamente conseguida, necessita alertar que foi vítima de uma dessas fraudes, que resultou em publicação simultânea do mesmo artigo na Revista Brasileira de Anestesiologia e no periódico Anesthesiology Research and Practice. Os artigos foram publicados simultaneamente no mesmo mês em ambas as publicações, deixando claro que foi submetido em datas próximas (ou na mesma data) a ambos os periódicos.

Nos resta adotar as medidas que são da praxe e exigidas diante desses casos, alertar novos autores para os princípios da ética, honradez, respeito e confiança que devem ser adotados em suas pesquisas e esperar que a Revista Brasileira de Anestesiologia, bem como outros periódicos científicos, não sejam vítimas dessa fraude perpetrada por autores inescrupulosos.

 

Mario J Conceição
Editor Chefe