SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue3-4O enfermeiro no planejamento familiarNecessidades e expectativas do paciente em pós-operatório de cirurgia cardíaca: avaliação de uma abordagem da prática author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Enfermagem

Print version ISSN 0034-7167

Rev. bras. enferm. vol.38 no.3-4 Brasília July/Dec. 1985

http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71671985000400003 

ARTIGO CIENTÍFICO

 

Segurança emocional como necessidade humana básica - atuação do enfermeiro junto ao cliente em unidade de terapia intensiva

 

 

Teresinha de Jesus Monteiro Espírito Santo

Professor Assistente do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde - Curso de Enfermagem - UNI-RIO

 

 


RESUMO

Pesquisa descritiva exploratória que se propõe a investigara atuação do enfermeiro da Unidade de Terapia Intensiva, referenciando como este identifica, diagnostica e resolve os problemas ligados à segurança emocional dos clientes internados. O estudo abrangeu vinte e oito enfermeiros e dez clientes das unidades de três hospitais da Cidade do Rio de Janeiro. A técnica adotada para pesquisa consistiu da observação sistemática não participada. Os resultados obtidos demonstraram que os procedimentos terapêuticos dominantes recaem sobre alterações físicas em detrimento do emocional, evidenciando que o enfermeiro, ao distanciar-se de uma atuação holística, acarretará sérios prejuízos na assistência destes clientes, cuja necessidade humana básica afetada é predominantemente relacionada à segurança emocional.


ABSTRACT

This descriptive explanatory research proposes to searchi the performance of the persons who work at the Intensive Therapy Unit, referring to the way they identify, diagnose and solve the problems related to the emotional assurance of the inward patient. The study comprehended twenty-eight nurses and ten patients from the unities of three hospitals in Rio de Janeiro City. The technic which was used to search, consisted of the observation. The obtained results showed that the predominant therapeutic behavior indicate the physical alteration in detriment of the emotional, making evident that when the person who takes care of the patients leaves the whole performance, it will cause serious damages to the help for these patients whose basic human necessity affected is predominately related to the emotional assurance.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria Nacional de Ações Básicas de Saúde. Normas e padrões de construção e instalações de Serviços de Saúde. Brasília, DNOSS, 1979.         [ Links ]

2. CARNEIRO, A. Comunicação enfermeiro-paciente na unidade de terapia intensiva - essencial à boa assistência de enfermagem. Rio de Janeiro, 1982. 147 p. Tese (mestrado) - UFRJ. Escola de Enfermagem Ana Neri.         [ Links ]

3. CARVALHO, V. A relação de ajuda e a totalidade da política de enfermauem. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM, 32. Brasília, 1 a 7 de junho de 1980. Anais... Brasília, ABEn, 1980.p. 65-72.

4. COSTA, L. A. T. Situações VIDA MORTE participação do enfermeiro. Rio de Janeiro, 1977. 98 p. Tese (mestrado) - UFRJ. Escola de Enfermagem Ana Neri.         [ Links ]

5. DABOIT, A. A. & VAS, N. F. Assistência de enfermagem junto às variações comportamentais do paciente em clínica geral. Rev. Bras. Enf., Brasília, 31 (4):443-8,out./dez. 1978.         [ Links ]

6. DANIEL, F. Atitudes interpessoais em enfermagem. São Paulo, EPU, 1983. 185p.         [ Links ]

7. EPSTEIN, C. Interação efetiva na enfermagem. São Paulo, EPU/EDUSP, 1977. 173 p.         [ Links ]

8. GEORGE, J. B. & LEVINE, M. E. Nursing theories -the bases for professional nursing practice. New Jersey, Prentice Hall, 1980. p. 150-63.         [ Links ]

9. GONÇALVES, M. M. G. Enfermagem e segurança emocional do paciente, Rev. Enf. Novas Dimens., São Paulo, 5(1): 31-6, jan./fev. 1979.         [ Links ]

10. HORTA, W. Processo de enfermagem. São Paulo, EPU/EDUSP, 1979.         [ Links ]

11. KAMADA, C. et alii. Equipe multiprofissional em unidade de terapia intensiva. Rev. Bras. Enf., Brasília, 31 (1):60-7,jan./mar. 1978.         [ Links ]

12. LEITE, J. L. Assistência de enfermagem em cirurgia cardíaca - alterações de comportamento no pós-operatório. Rio de Janeiro, 1975. 68 p. Tese (Livre Docência) - FEFIEG. Escola de Enfermagem Alfredo Pinto.         [ Links ]

13. MASLOW, A. H. Introdução à psicologia do ser. 2. ed. Rio de Janeiro, Eldorado Tijuca, s.d.         [ Links ]

14. MOHANA, J. M. O mundo e eu. 7. ed. Rio de Janeiro, Agir, 1978. 248 p.         [ Links ]

15. NÓBREGA, M. R. S. Identificação de problemas do cliente, que podem ser assistidos pela enfermeira. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM, 29., Camboriú, outubro, 1977. Anais... Camboriú, ABEN, 1977. p. 39-50.         [ Links ]

16. ORGANIZAÇÃO PANAMERICANA DA SAÚDE. Plan decenal de salud para las Américas; informe final de la 3. Reunión Especial de ministros de salud de las Américas. Washington, 1973. (Documento oficial, 118).         [ Links ]

17. ORLANDO, I. J. O relacionamento dinâmico enfermeiro/paciente. São Paulo, EPU/EDUSP, 1975.         [ Links ]

18. PAIM, L. Algumas considerações de enfermagem sobre as necessidades psicossociais e psico-espirituais dos pacientes. Rev. Bras. Enf., Brasília, 32 (2):160-6,abr./jun. 1979.         [ Links ]

19. SELYE, H. The stress of life. New York, Book Company, 1956.         [ Links ]

20. SILVA, T. C. Enfermagem e atenção psico-espiritual à pessoa humana. Rio de Janeiro, 1979 103 p. Tese (mestrado) - UFRJ. Escola de Enfermagem Ana Neri.         [ Links ]

21. SIMÃO, A. T. Centro de tratamento intensivo. In: -Terapia intensiva. Rio de Janeiro, Atheneu, 1976. p. 7-23.         [ Links ]

22. TROTTO, G. et alii. O ser humano no centro de tratamento intensivo. In: SIMÃO, A. T. Terapia intensiva. Rio de Janeiro, Atheneu, 1976. p. 607-24.         [ Links ]

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License