SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 issue2-3Famílias vivenciando a chegada de um recém-nascidoAo olhar-se no espelho, a enfermeira não tem gostado da imagem que aí vê refletida... author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Enfermagem

Print version ISSN 0034-7167On-line version ISSN 1984-0446

Rev. bras. enferm. vol.45 no.2-3 Brasília Apr./Sept. 1992

http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71671992000200014 

Do corpo histérico ao "corpus" teórico

 

 

Francisco Ramos de Farias

Psicanalista. Doutor em Psicologia pela Fundação Gertúlio Vargas. Professor Adjunto do Curso de Especialização em Psícologia Clínica da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Chefe do Departamento de Psicologia e Ciências Humanas da Faculdade Maria Tereza. Chefe do Departamento de Psicologia Clínica da UERJ

 

 


RESUMO

Este estudo aborda a maneira pela qual Freud, de forma original, efetuou uma leitura no corpo-sintoma da histérica e construiu uma clínica inédita destinada ao tratamento das neuroses. Esta clínica, fundada na transferência, é suportada pelo edifício teórico que tem o inconsciente e a sexualidade como paradigmas.


ABSTRACT

This study aboards the way on which Freud, originally, has read in the symptom-body of an histerycal an performed and inédit clinics for treating neurosis. This clinic founded in transference, is supported by the theoretical building which has uncounciousness and sexuality as paradygms.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

NOTAS

1 BERCHERIE, P. Genèse des concepts freudiens. Paris, Navarin, 1983.         [ Links ]

2 WAJEMAN, G. Le maître et 1º hystérique. Paris, Navarin/Seuil, 1982.         [ Links ]

3 MERLEAU-PONTY, M. O primado da percepção e suas consequências filosóficas. Campinas: Papirus, 1990.         [ Links ]

4 LACAN, J. L'envers de la psychanalyse Paris: Seuil, 1991.         [ Links ]

5 FREUD, S. Alguns pontos para o estudo comparativo das paralisias motoras orgânicas e histéricas. Rio de Janeiro: Imago, 1977.         [ Links ]

6 WAJEMAN, G. Le maitre et l'hysterique. Paris: Navarin/Seuil, 1982.         [ Links ]

7 É pela leitura de Freud que a histérica ocupa simultâneamente a posição de um objeto de estudo e também de sujeito na medida em que produz um saber sobre a histeria.         [ Links ]

8 FREUD, S.A interpretação de sonhos. Rio de Janeiro: Imago, 1972.         [ Links ]

9 FREUD, S. Carta 69. Rio de Janeiro: Imago, 1977.         [ Links ]

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License