SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.47 issue3Método funcional na administração em enfermagem: relato de experiênciaEnsino de enfermagem: retrospectiva, situação atual e perspectivas author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Enfermagem

Print version ISSN 0034-7167

Rev. bras. enferm. vol.47 no.3 Brasília July/Sept. 1994

http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71671994000300007 

ARTIGOS

 

Estando em crise hipertensiva numa emergência hospitalar*

 

 

Miriam Susskind Borenstein; Alacoque Lorenzini Erdmann

Professoras do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina

 

 


RESUMO

O estudo aborda a situação de saúde do cliente que apresenta crise hipertensiva ao chegar numa emergência hospitalar. Explora dados relativos às características pessoais e clínico epidemiológicas gerais, além de hábitos de vida que nos dão uma noção da amplitude da problemática de estar com a saúde "em estado de emergência". Finalizando, as autoras tecem algumas considerações sobre a necessidadede ultrapassar o foco somente biológico no atendimento a clientes com crise hipertensiva, buscando novos hábitos saudáveis de vida.

Unitermos: Crise Hipertensiva- Emergência hospitalar - Hipertensão.


ABSTRACT

Thisstudy isaboutthe health situation oftheclientthat presents hypertensive crisis upon arriving in a hospital's emergency. It searches some data related to personal and clinical characteristics-general epidemiology, besides daily habits which give us an idea about the problematical extend of being "in an emergency situation"


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1 - BEYERS, Marjorie e DUDAS, Susari. Enfermagem Médico - Cirúrgica. Tratado de Prática Clínica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1989. 4 volumes.         [ Links ]

2 - BRAUNWALD, E. Heart Disease. 3º ed. Philadelphia: W.B. Saunders Company, 1988.         [ Links ]

3 - BRUNNER, Lillian Sholtis & SUDDARTH, Doris Smith. Tratado de Enfermagem Médico - Cirúrgica. 3º ed. Rio de Janeiro: Interamericana, 1985.         [ Links ]

4 - FERGUNSON, Roger e VLASSES, Peter H. Hypertensive Emergencies and Urgencies. JAMA, v.255, n. 12, p. 1607 - 1613, march, 1986.         [ Links ]

5 - MINISTÉRIO DA SAÚDE (BRASIL). Normas t é c n i c a para o programa nacional de educação e controle de hipertensão arterial. Brasília: Centro de Documentação do Ministério da Saúde, 1988.         [ Links ]

6 - RIBEIRO, Artur Beltrame. Hipertensão Arterial. Rio de Janeiro: Marques Saraiva, 1988. 107 p.         [ Links ].

7 - VIDT, Donald e GIFFORD, Ray W. Compendium for the treatment of Hipertensive Emergencies. Cleveland Clinic Quartely. v. 51, n. 2, p. 421 - 429, 1984.         [ Links ]

8 - WOLFF, Hanns P. Hipertensão arterial: redução da pressão arterial, prevenção de derrame cerebral e do infarto do miocárdio. Tradução de Cristina Schneider. Rio de Janeiro: Livro Técnico, 1984. 96p.         [ Links ]

 

 

Recebido para publicação em 17/2/94.

 

 

*Trabalho apresentado como Tema Livre no 45º Congresso Brasileiro de Enfermagem. Olinda - Recife, 28 de novembro a 3 de dezembro de 1993.

1 Considerou-se os seguintes critérios para determinar o peso referência (p.r.) 5
Sexo Estatura média  
homens (H - 1 00) - 5% H =altura em centímetros
mulheres (H - 1 00) - 10% Obesidade=20% acima do p.r.

 

 

 

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License