SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.49 issue2Determination of air volume in endotracheal tube cuffNon-skilled patients for self-care on bath in bed operation perception author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Enfermagem

Print version ISSN 0034-7167

Rev. bras. enferm. vol.49 no.2 Brasília Apr./June 1996

http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71671996000200009 

ARTIGOS

 

O significado da nutrição parenteral para o cliente no contexto hospitalar1

 

The meaning of parenteral nutrition to the client in hospital context

 

 

Consuelo Helena Aires de Freitas LopesI; Raimunda Magalhães da SilvaII

IMestre em Enfermagem da UFC e Enfermeira do Instituto Dr. José Frota - Fortaleza. CE

IIProfessora Doutora do Departamento de Enfermagem da UFC

 

 


RESUMO

A necessidade de compreender o significado da nutrição parenteral para o cliente no contexto hospitalar surgiu das nossas inquietações diante do cuidado de enfermagem. Realizaram-se observações participantes, entrevistas e anotações de campo junto a sete clientes hospitalizados, que se encontravam sob nutrição parenteral. O sentido das investigações foi centrado na indagação: como você está se sentindo com a nutrição parenteral? Os dados foram analisados numa abordagem interacionista, mostrando as dificuldades enfrentadas pelos clientes na assistência hospitalar, como percebiam eles a nutrição parenteral e que significados eram atribuídos a essa terapêutica. O estudo revelou os sentimentos, comportamentos e atitudes relacionados aos aspectos biológico, emocional e sócio-cultural do cliente, ligados à nutrição parenteral, demonstrando, também as limitações impostas ao cliente sob esse tratamento, bem como as dificuldades na assistência de enfermagem.

Unitermos: Significado - Enfermagem em nutrição parenteral - Contexto hospitalar


ABSTRACT

The need to understand the meaning of parenteral nutrition to the client in hospital context has come from my personal questioning on nursing care. Participative observations have been made as well as interviews and diligences with seven clients in hospital, who have been having parental nutrition. These information have been analysed through interactive approach, showing the situation faced by patients who have hospital assistance; how they say parental nutrition within this context; and what meaning has been given to it. This study revealed feelings, behaviours and attitudes related to the biological, emotional and social cultural aspects of the patient. All of them have been linked to parental nutrition. The limits faced by parental nutrition and its obstacles in the nursing assistance were finally understood.

Keywords: Meaning - Parental nutrition nursing - Hospital context.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977. 225 p.         [ Links ]

2. BERGER,P. LUCKMAN,T. A construção social da realidade.9 ed. Rio de Janeiro, Petrópolis: Vozes, 1991.         [ Links ]

3. BLUMER, H. Symbolic Interacionism Perspective and Method. Califórnia: Prentice BODINSKI,         [ Links ] L.H. The nurse's guide to diet therapy. Trad. SAMBAQUY, C. et al. New York: John Wiley and Sons, 1988.         [ Links ]

4. CEREZETTI, C. C. N. "Aspectos Psicológicos do paciente com alimentação parenteral". In. WAITZBERG, D.L. Nutrição Enteral e Parenteral na Prática Clínica. Rio de Janeiro: Atheneu, 1990.         [ Links ]

5. GELBCKE, F. L. "Processo Saúde Doença: a procura da essência". Texto Contexto Enf. Florianópolis, v.1, n.2, p. 4 - 9, jul/dez/1992.         [ Links ]

6. HAGUETTE,T.M.F. Metodologias Qualitativas na Sociologia. 3 ed. Petrópolis: Vozes, 1992.         [ Links ]

7. KUJAWSKI, G.M. A Crise do Século XX. São Paulo: Ática, 1991.         [ Links ]

8. LUZ, M T. "O interacionismo simbólico: breve exposição de uma corrente acionalista em ciências sociais." In: CARVALHO, M.C.B. Teorias da Ação em Debate. São Paulo: Cortez FAPESP: Instituto de Estudos Especiais, PUC, 1993.         [ Links ]

9. MINAYO, M.C.S. O desafio do conhecimento: Pesquisa qualitativa em saúde. Rio de Janeiro: ABRASCO - HUCITEC, 1992.         [ Links ]

10. OLIVEIRA,M. F. et al. "O preparo das soluções de Nutrição Parenteral Total. In: WAITZBERG,D.L. Nutrição Enteral e Parenteral na Prática Clínica. Rio de Janeiro: Atheneu, 1990. p.247-251.         [ Links ]

11. POLACK, Y.N.S. Enfermagem e Nutrição Parenteral. 2 ed. Rio de Janeiro: Cultura Médica, 1983.         [ Links ]

12. RIELLA, M. C. Suporte Nutricional Parenteral e Enteral. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 1987.         [ Links ]

13. VIANNA,R, LAMEU,E., MAIA,F. et al Manual de Suporte Nutricional Parenteral e Enteral do Hospital Universitário da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Cultura Médica, 1983.         [ Links ]

14. WAITZBERG, D.L. Nutrição Enteral e Parenteral na Prática Clínica. Rio de Janeiro: Atheneu, 1990         [ Links ]

15. WALDOW,V.R; LOPES,M.J.M; MEYER,D.E. Maneiras de cuidar. Maneiras de ensinar. Porto Alegre, Artes Médicas, 1995.         [ Links ]

 

 

1 Dissertação de Mestrado em Enfermagem apresentada em 15 dez./95.na Universidade Federal do Ceará.
2 Veias subclavias - Infraclavicular e Supraclavicular.
3 Cateter de Silicone - Apresentam características de permanência prolongada.
4 Túnel subcutâneo - Técnica de instalação do cateter em acesso venoso profundo com exteriorização de sua extremidade distal à distancia da inserção, protegendo o paciente de infecções veiculadas pelo cateter. (Riella M. C. Suporte Nutricional Parenteral e Enteral. 1985.)
5 Unidade de fluxo laminar é um dispositivo que ajuda a manter uma área asséptica. Os filtros evitam a entrada da contaminação que se gera no interior da zona e que possam ser removidos pelo ar, para partículas de 0,3 mícrons.(Veco do Brasil Indústria e Comércio LTDA.)
6 A contagem total dos linfócitos é calculada através do leucograma utilizando-se a contagem total de leucócitos e percentual de linfócitos, através da fórmula: Linfócitos = % de linfócitos x contagem leucocitária /100. Na desnutrição, a contagem linfocitária está entre 800-1200.( Riella, 1990).
7 Equação de Harris-Benedict correlaciona o gasto energético basal de um indivíduo normal determinado por calorimetria indireta com sua altura(A, em cm), seu peso (P/ Kg) e sua idade (I, em anos). Para homens, o GEB = 66 + (13,7 x P) + (5 xA) - (6,8 x I); e para mulheres, o GEB = 655 + (9,6 x P) + (1,7 x A) - (4,7 x I). (Riella, 1987)
8 Balanço nitrogenado baseia-se na excreção do nitrogênio uréico urinário durante o período de 24 horas. Quando a quantidade de nitrogênio (proteína) administrada no paciente é igual a quantidade excretada, dizemos que há equilíbrio; se a quantidade excretada for menor, dizemos que o balanço é positivo; e se for maior, dizemos que é negativo. (Riella, 1987)
9 A etnometodologia estuda e analisa as atividades cotidianas dos membros de uma comunidade ou organização, procurando descobrir a forma como esses grupos as tornam visíveis, racionais e reportáveis, ou seja, como as consideram válidas, uma vez que o reflexo sobre o fenômeno é uma característica singular da ação (Haguette, 1992).
10 Inseto hemíptero da família dos reduvídeos, subfamília dos triatomíneos. Maior de três dizem de espécies transmissoras da Doença de Chagas (bócio) são conhecidos no Brasil. No hinterland cearense é conhecido, entre outras denominações, pelo nome de "chupão".

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License