SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.51 issue1The use of quality function deployment method (QFD) in the nursing service planningThe nurses and the Mercosul: regulation and control of the professional practice author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Enfermagem

Print version ISSN 0034-7167

Rev. bras. enferm. vol.51 no.1 Brasília Jan./Mar. 1998

http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71671998000100009 

ARTIGOS

 

Auditorias e distorções: ênfase nas atividades de anotação de enfermagem

 

Auditorship and distortions: emphasis on nursing noting activies

 

Auditorías e distorciones: énfasis en las actividades de anotación de enfermería

 

 

Creso Machado Lopes

Prof. Dr. do Curso de Enfermagem da Universidade Federal do Acre. Enfermeiro da Divisão de Controles do Acre - DICAC/EREAC - MS

 

 


RESUMO

Estudo junto a 34 Relatórios de Auditorias Técnico-Contábil, empreendidos em Unidades de Saúde de Rio Branco-Acre, nos anos de 1994/95, envolvendo as atividades do SIA-SIH/SUS. Como objetivo analisou-se as distorções encontradas, segundo 8 categorias em diferentes áreas de atuação, dando ênfase nas atividades de anotações de enfermagem. Estabeleceu-se também sub-categorias, as quais foram agrupadas por semelhanças de conteúdo. Nas 34 auditorias encontrou-se 491 distorções, representando uma média de 14,4 distorções por unidades. Como resultados mais significativos das categorias, destaca-se as 198(40,6%) distorções em Administração; 121(24,6%) em Medicina; 99(20,2%) em Enfermagem e 51(10,2%) em Contabilidade. Dentro das sub-categorias em Enfermagem, cita-se as 34(34,3%) distorções em anotação de enfermagem e 15(15,1%) na administração de medicamentos. Como conclusão encontrou-se que o pessoal de enfermagem não vem seguindo as regras de anotação de enfermagem, colocando em risco não só o paciente, como também o profissional e a própria unidade de saúde. Tais resultados, acredita-se, em muito contribuirão com os técnicos envolvidos na produção, controle e auditoria nos recursos oriundos do SUS.

Unitermos: Distorções- em Auditoria - Administração de Serviços de Saúde - Anotações de enfermagem.


ABSTRACT

This study examines 34 procedure billing reports collected at health care facilities that participated in SIA-SIH/SUS activities in Rio Branco - Acre in 1994/1995. It aims at identifying and analyzing any errors found in the procedure notes. This study also used sub-categories which were defined through content similarity. A total of 491 errors were found in the procedure billing reports. This represents an average of 14.4% of errors per procedure billing report. When the procedure billing reports were analysed using 8 criteria, 198 (40.6%) administrative errors, 121 (24.6%) doctors errors, 99 (20.2%) nurses errors, and 51 (10.2%) accounting errors were detected. When the nurses' errors were further examined, it was detected that 34 (34.3%) were due to nurses notes and 15 (15.1%) as a result of erroneous medication administration. It was concluded that nursing staff is not following the standard note taking procedures. This places not only the patients at risk but also health care professionals and health care facilities which are responsible for patient care.

Keywords: Nursing Auditorship - Nursing Records.


RESUMEN

Estudio junto a 34 Relatorios de Auditorio Técnico-Contable, realizados en Unidades de Salud de Rio Bronco - Acre, en los años de 1994/95, envolviendo las actividades del SIA-SIH/SUS. Como objetivo fueron analizadas las distorciones encontradas, según 8 categorías en diferentes áreas de actuación, dando énfasis en las actividades de anotaciones de enfermería. Estableciéronse, también, sub categorías, las cuales fueron agrupadas por semejanza de contenido. En las 34 auditorías fueron encontradas 491 distorciones representando una média de 14,4 distorciones por unidad. Como resultados mas significativos de las categorías, se destacan las 198 (40,6 %) distorciones en Administración; 121 (24,6 %), en Medicina; 99 (20,2 %), en Enfermería y 51 (10,2%), en contabilidad. Dentro de las sub categorías en Enfermería, menciónanse las 34 (34,3 %) distorciones en anotación de Enfermería y 15 (15,1 %) en la administración de medicamentos. Como conclusión fué evidenciado que el personal de Enfermería no viene obedeciendo las reglas de anotación de enfermería, poniendo en riesgo no sólo al paciente, como también el profesional y la propia unidad de salud. Tales resultados, sin duda, contribuirán en mucho com los técnicos involucrados en la producción, control e auditoría en los recursos procedentes del SUS.

Unitérminos: Distorciones en Auditoría - Administración de Servicios de Salud -Anotaciones de Enfermería.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. ANGERAMI, E. L.S.; MENDES; I. A. C.; PEDRAZZANI, J. Análise crítica das anotações de enfermagem. R. Bras. Enferm., Rio de Janeiro v. 29, n. 29, p. 28-37, 1976.         [ Links ]

2. ARAUJO, V. de A.; SIMÕES, Ir. C.; SILVA, C. L. Auditoria em enfermagem. R. Bras. Enferm. v. 31, n. 4, p. 466 - 477, 1978.         [ Links ]

3. BRASIL. Ministério da Saúde. Assessoria de Comunicação Social. Lei Orgânica da Saúde. 2. ed. Brasília, 1991, 35 p        [ Links ]

4. ______. Ministério da Saúde. Manual de auditoria técnico-científica e contábil. Brasília, s.d,76 p. (a)        [ Links ]

5. ______. Ministério da Saúde. Sistema nacional de auditoria. Brasília, s.d. 13p,(b).         [ Links ]

6. ______. Ministério da Saúde. Manual de auditoria médica. Brasília. s.d. 45p. (c)        [ Links ]

7. CONSELHO FEDERAL DE ENFERMAGEM. COFEn. Código de ética dos profissionais de enfermagem. Rio de Janeiro: COFEn, 1993. 35p.         [ Links ]

8. DEEKEN, M.H.L. A guide for the nursing service audit. Saint Louis The Catholic Hospital Association, 1960. 26p. apud FRANCISCO, M.T.R. Auditoria em enfermagem. Centro São Camilo de Desenvolvimento em Administração da Saúde- CEDAS. 1993, 79p.         [ Links ]

9. JOHNSON, A.C.; SCHULT, R. Administração de hospitais. São Paulo. Pioneira, 1979. 345p. apud FRANCISCO, M. T. R. Auditoria em enfermagem. Centro São Camilo de Desenvolvimento em Administração da Saúde - CEDAS. 1993, 79p.         [ Links ]

10. KURCGANT, P. Auditoria em enfermagem. R. Bras. Enferm. v.31, n.4, p:466-577, 1976.         [ Links ]

11. PERRONE, D. Auditoría médica. Rio de Janeiro, 1976. 17p. apud FRANCISCO, M.T.R. Auditoría em enfermagem. Centro São Camilo Desenvolvimento em Administração da Saúde - CEDAS. 1993, 79p.         [ Links ]

12. PHANEUF, M. C. The nursing audit: profile for excellence. New York Appleton - Century - Crofts, 1972 130p. apud FRANCISCO, M. T. R. Auditoria em enfermagem. Centro São Camilo de Desenvolvimento em Administração da Saúde - CEDAS, 1993, 79p.         [ Links ]

13. RIBEIRO, C de M. Auditoria de serviço de enfermagem. R. Bras. Enferm. v.25, n.4, p. 91-103. apud FRANCISCO, M.T.R. Auditoria em enfermagem. Centro São Camilo de Desenvolvimento em Administração da Saúde - CEDAS, 1993, 79p.         [ Links ]

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License