SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.52 issue1Needs in health: important questions to nursing workThe Ana Teresa project: a way to get the mental ill out of institution author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Enfermagem

Print version ISSN 0034-7167

Rev. bras. enferm. vol.52 no.1 Brasília Jan./Mar. 1999

http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71671999000100008 

ARTIGOS

 

O processo ensino-aprendizagem na verificação da pressão arterial

 

Related teaching-learning process to the technique of verification of the arterial pressure

 

El proceso enseñanza-aprendizaje en la verificación de la presión arterial

 

 

Thereza Maria Magalhães MoreiraI; Taciana Cavalcante de OliveiraII; Thelma Leite de AraújoIII

IMestranda em Enfermagem pela Universidade Federal do Ceará, bolsista da CAPES
IIDoutora em Enfermagem, Adjunto do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal do Ceará e Coordenadora do Projeto "Cuidando de Pessoas com Alterações da Pressão Arterial"
IIIEspecializanda em Enfermagem, bolsista de aperfeiçoamento do CNPq

 

 


RESUMO

A enfermeira é considerada a profissional que obtém dados mais fidedignos nas medidas indiretas de pressão arterial (PA) por induzir menos reações de alerta no cliente, geradoras de valores falsamente elevados. Porém, muitas vezes, ela apresenta lacunas no conhecimento do assunto, tanto nos aspectos técnicos, como nos anátomo-fisiológicos. Isso prioriza o desenvolvimento de estratégias de ensino, visando minimizar falhas e tornar o processo de aprendizagem efetivo. Objetivando promover o conhecimento da técnica de aferição da PA junto a um grupo de pesquisa, realizou-se uma reciclagem e aplicou-se questionário avaliativo do conhecimento do grupo antes e após a mesma. Evidenciou-se a eficácia desse método, pois 100% da amostra (nove) referiu contribuição para aprimoramento da fundamentação teórico-prática, diminuindo dificuldades oriundas da verificação da PA. Conclui-se que, sendo as ações de educação em saúde extremamente válidas e necessárias, o enfermeiro, como educador que é, necessita reciclar seu conhecimento e aprimorar suas técnicas continuamente.

Palavras-chave: ensino-aprendizagem, pressão arterial, Enfermagem.


ABSTRACT

The nurse is considered the professional that obtains more trustworthy data in the measures insinuations of arterial pressure for inducing less reactions of alert in the customer, generating of values falsely high. Even so, a lot of times, she presents spaces in the knowledge of the subject, so much in the technical aspects, as in the anatomo-physiologic ones. That prioritizes the development of teaching strategies, seeking to minimize flaws and to turn the effective learning process. Objectifying to promote the knowledge of the technique of measurement of the arterial pressure close to a research group, it took place a reciclation and avaliation questionnaire of the knowledge of the group was applied before and after the same. The effectiveness of that method was evidenced, because 100% of the sample (nine) they referred contribution for better of the fundamentation theoretical-practice, decreasing difficulties originating from of the verification of the arterial pressure. It is ended that, being the education actions in extremely valid and necessary health, the male nurse, as educator that is, needs to recycle its knowledge and its better techniques continually.

Keywords: teaching-learning, arterial pressure, nursing.


RESUMEN

La enfermera es considerada la profesional que obtiene datos más fidedignos en las medidas indirectas de presión arterial (P.A.) por inducir menos reacciones de alerta en el cliente, generadoras de valores falsamente elevados. Sin embargo, muchas veces, ella presenta lagunas en el conocimiento del asunto, tanto en los aspectos técnicos, como en los anatómicos y fisiológicos. Esto torna prioritario el desarrollo de estrategias de enseñanza, con miras a disminuir los errores y volver efectivo el proceso de aprendizaje. Objetivando promover el conocimiento de la técnica de medida de la presión arterial (P.A.) junto a un grupo de pesquisa, se realizó un reciclaje y se aplicó un cuestionario de evaluación del grupo antes y después del mismo. Se puso en evidencia la eficacia del método, pues 100% de la muestra (nueve) refirió contribución para la mejoría de los fundamentos teóricos y prácticos, disminuyendo las dificultades originadas de la verificación de la presión arterial. Se concluye que, siendo las acciones de educación en salud de extrema necesidad y validez, el enfermero, como educador que es, necesita reciclar su conocimiento y mejorar sus técnicas continuamente.

Palavras llave: enseñanza - aprendizaje, presión arterial, enfermería.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ARAUJO, T. L. de. Medida indireta da pressão arterial: caracterização do conhecimentodo enfermeiro. São Paulo, 1994. Tese (Doutorado). Escola de Enfermagem. Universidade de São Paulo.         [ Links ]

ARAUJO, T. L. de., ARCURI, E.A .M., MARTINS, E. Instrumentação na medida da pressão arterial: aspectos históricos, conceituais e fontes de erro. Rev. Esc. Enf._USP, v. 32, n. 1, p. 33-41, abr. 1998.         [ Links ]

ARCURI,E.A M. Medida indireta da pressão: revisão. Rev.Esc.Enf.USP., v.23, p.163-74, 1989.         [ Links ]

BORDENAVE, J.D.; PEREIRA, A. H. Estratégias de ensino-aprendizagem. Petropólis: Vozes, 1977. p. 15-57.         [ Links ]

CAMPOS, D. M. de S. Psicologia da aprendizagem. 23. ed. Petrópolis: Vozes, p. 28-38, 1987.         [ Links ]

COLLET, N., ROCHA, S. M. M. Transformações no ensino das técnicas em enfermagem pediátrica. Goiânia: AB, 1996. 146 p.

DU GAS, B. W. Enfermagem prática. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara, 1988. p. 115-136.         [ Links ]

GAGNÉ, R. M. Como se realiza a aprendizagem. Rio de Janeiro: Livro Técnico, 1973. p. 1- 62         [ Links ]

HAS. Hipertensão arterial sistêmica. Ciclo de atualização científica, série 3. São Paulo: Boehringer de Angeli, 1996        [ Links ]

HILL, M.; McCOMBS, N.J. O desafio do controle da hipertensão arterial. Simpósio sobre hipertensão Cl. Enf. Am. Norte, Jun 198. Hipertensão. Rio de Janeiro: Interamericana. p. 281 -291 e 351-365        [ Links ]

LOLIO, C.A. Epidemiologia da hipertensão arterial. Rev. Saúde Públ. São Paulo, v24, p.425-32, 1990.         [ Links ]

MANCIA, G. et al. Alerting reaction and rise in blood pressure during measurement by physician and nurse. Hypertension, v.9, p.200-15, 1987.         [ Links ]

MIZUKAMI, M. das G. N. Ensino: as abordagens do processo. São Paulo: E.P.U., 1986. p. 85 - 103         [ Links ]

NOVAES, M. H. Psicologia da educação e prática profissional. Petropólis (RJ): Vozes, 1992. p. 93 - 107        [ Links ]

PERLOFF, D. et al. Human blod pressure determination by sphygmomanometry. Circulation, v.88, n.5, p. 2460-2470, parte I, nov. 1993.         [ Links ]

PIERIN, A. M. G.; SANTELLO, J. L.; MION JÚNIOR, D. Medida da pressão arterial na clínica. In: AMODEO, C., LIMA, E. G., VAZQUEZ, E. C. Hipertensão arterial. São Paulo: Sarvier, 1997, cap. 8, p. 73-82        [ Links ]

PORTO, C. C., RASSI, S. Sistema cardiovascular. In: PORTO, C. C. Semiologia_médica. RJ: Guanabara Koogan, 1990. Parte 6, seção 1, p.293-382.

TURRA, C.M.G. et al. Planejamento de ensino e avaliação. 4. ed. Porto Alegre: PUC, Emma. 1975. p. 123-155.         [ Links ]

ZANELLA, M.T. et. al. Hipertensão arterial essencial: conceito e etiopatogenia. RSCESP (São Paulo), v. 2, n. 4, p. 18-22, jul/ago. 1992.         [ Links ]

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License