SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.52 issue4Evaluation of the procedures used for disinfecting patient's units in hospitals of the state of São PauloThe factual and virtual dimensions of nursing professionals management author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Enfermagem

Print version ISSN 0034-7167

Rev. bras. enferm. vol.52 no.4 Brasília Oct./Dec. 1999

http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71671999000400004 

ARTIGOS

 

O conhecimento de si como possibilidade para a transformação de si e do coletivo1

 

Self knowledge as a possibility to transform oneself and the collectivity

 

El conocimiento de si como posibilidad de transformación de si propio y del colectivo

 

 

Rosemary Silva da SilveiraI; Valéria Lerch LunardiII

IEnfermeira Especialista em Administração em Serviços de Enfermagem- FACEM. Mestranda em Assistência de Enfermagem -UFSC. Enfermeira do Hospital Universitário - FURG
IIEnfermeira. Prof. Adjunto IV-FURG. Doutora em Enfermagem - UFSC. Pesquisadora do CNPq

 

 


RESUMO

Para promover a discussão e reflexão em grupo sobre o significado do trabalho da enfermagem numa unidade cirúrgica e diante da constatação da necessidade dos trabalhadores de enfermagem conhecerem-se mais a si e entre si, como participantes e construtores de um trabalho coletivo, implementou-se uma prática, entendida como uma tecnologia do eu, que favorecesse o conhecimento de si e do outro na tentativa de transformar a si e, conseqüentemente, o coletivo. A partir da exposição verbal e individual, ao grupo, da percepção de si, propôs-se o registro escrito de qualidades e conselhos que poderiam ser atribuídos a cada membro da equipe de enfermagem. Sistematizadas as contribuições, cada participante recebeu, individualmente, o conjunto de percepções do grupo sobre si. Tais estratégias constituíram-se em espaços mobilizadores para o diálogo, a reflexão crítica e uma maior aproximação entre os trabalhadores, representando uma possibilidade de cuidado de si e de aperfeiçoamento pessoal e grupal.

Palavras-chave: tecnologias do eu, conhecimento de si, transformação do coletivo, trabalho em equipe, cuidado de si


ABSTRACT

In order to encourage a discussion and a team reflection on the meaning of the nursing work in a surgical unit, and considering that nursing workers need to develop self knowledge as participants and constructors of a collective work, a practice, known as technique of the self, was implemented. The objective of this practice was to promote the individual's self knowledge and consequently transform the collectivity. The practice consisted of oral and individual presentations in which each participant talked about his/her perception of him/herself to the group. A written record showing the qualities and advice which could be attributed to each member of the nursing team was made. As these contributions were systematized, each participant received a set of perceptions from the group about him/herself. Such strategies have established opportunities for the dialogue, critical reflection, and closeness among the workers, as well as propitiated personal and team growth.

Keywords - techniques of the self, self knowledge, transformation of the collectivity, team work, care of the self


RESUMEN

Para promover la discusión en grupo sobre el significado del trabajo de enfermería en una unidad quirúrgica y ante la constatación de que es necesario que los trabajadores de enfermería se conozcan más a sí mismos y entre sí, como partícipes y constructores de un trabajo colectivo, se optó por implementar una práctica entendida como una tecnología del yo y favoreciera el conocimiento de sí mismo y del otro para intentar transformar a sí, y - en consecuencia- el colectivo. A partir de la exposición verbal e individual al grupo de la percepción de sí, se propuso un registro escrito de las cualidades y consejos que se podrían atribuir a cada miembro del equipo de enfermería. Sistematizadas las contribuciones, cada participante recibió individualmente el conjunto de percepciones del grupo sobre sí. Tales estrategias se constituyeron en espacios mobilizadores para el diálogo, para la reflexión critica y una mayor aproximación entre los trabajadores, representando una posibilidad de cuidado de sí y de aprimoramiento personal y grupal.

Palavras clave: tecnologías del yo, conocimiento de sí mismo, transformación del colectivo, trabajo en equipo, cuidado de sí


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ALVAREZ-URÍA, F. Prologo. In: FOUCAULT, M. Hermenéutica dei sujeto. Madrid: La Piqueta, 1987.

FOUCAULT, M. Hermenêutica del sujeto. Madrid: La Piqueta, 1987.         [ Links ]

______. Tecnologías del yo y otros textos afines. Barcelona: Paidós, 1990.         [ Links ]

LUNARDI, Valéria L. A ética como o cuidado de si e o poder pastoral na enfermagem. Pelotas: Editora Universitária, 1999.         [ Links ]

 

 

1 Prêmio "Jane da Fonseca Proença". 2º lugar. 51 CBEn. Florianópolis, 2000.
2 No início dos trabalhos, solicitou-se, formalmente, às auxiliares de enfermagem e enfermeiras participantes do grupo de reflexão e discussão, o seu Consentimento Livre e Esclarecido. Apresentou-se, também, pequenas pedras preciosas, de diferentes tipos, identificando-as com o nome. Utilizou-se das pedras com a finalidade de, em princípio, criar um momento lúdico, afirmando que estas nos trariam muita energia para este novo caminho que pretendíamos construir. Cada participante escolheu uma pedra para si, assumindo ficticiamente o nome da pedra escolhida, o que favoreceu o anonimato dos sujeitos participantes e o respeito a identificação dos seus nomes, passando a ser conhecidos, apenas, entre seus membros.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License