SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.54 issue4Knowledge, strategies, and ideologies of nursing: reflections based on Lopes's studyNew therapeutic trends in nursing: natural therapies - assistance program author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Enfermagem

Print version ISSN 0034-7167

Rev. bras. enferm. vol.54 no.4 Brasília Oct./Dec. 2001

http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672001000400014 

RELATO DE EXPERIÊNCIA

 

Avaliação da inserção precoce de estudantes universitários em serviços de saúde

 

Evaluation of the ingression of university students in health services

 

Evaluación del ingreso de estudiantes universitários en los services de salud

 

 

Maria Girlene MartinsI; Rosenilce Mourão Gontijo ResendeII; Paulo Sergio Carneiro MirandaIII; Itamar Tatuhy Sardinha PintoIV

IEnfermeira e Mestre.Coordenadora do Curso de Enfermagem do Instituto de Ensino e Pesquisa de Divinópolis (INESP/UEMG)
IIEnfermeira. Coordenadora das Ações Básicas de Saúde e Gerencia de Projetos da Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis (SEMUSA)
IIIMédico e Doutor. Departamento de Medicina Preventiva e Social da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais
IVMédico e Doutor. Departamento de Medicina Preventiva e Social da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais

 

 


REUMO

Os autores analisam a inserção de alunos da disciplina de Epidemiologia, do segundo período do curso de graduação em Enfermagem nos Serviços de Saúde como método de ensino-aprendizagem. O estudo foi desenvolvido em 17 centros de saúde com um total de 53 alunos, num período de 5 meses, em uma freqüência de um turno diário semanal, na cidade de Divinópolis, Minas Gerais, Brasil. Concluíu-se que desde que se defina com precisão as competencias e limites da atuação do estudante ("o que pode/não pode ser feito pelos alunos em Serviço") nunca a inserção será precoce, pois estará adaptada a capacidade do aluno.

Palavras-chave: avaliação, acadêmicos de enfermagem, Serviços de Saúde


SUMMARY

The authors evaluated the actions of Nursery School students in health services as a Teaching-Learning Method. Fifty-three students of the first year of Nursery School studying epidemiology were putted in seventeen Health Centers of Divinopolis Healt System during five months, one time by week, to learning the discipline. The researchers concluded that when the actions and limits of the student practices are clearly defined never the university student's use in Health Services will be a mistake.

Keywords: evaluation, health services, nursery


RESUMEN

Los autores analizan la inserción de alumnos de Epidemiología en los Servicios de Salud como método de ensenánza. El estudio se desarrolló en 17 centros de salud con un total de 53 alumnos, durante 5 meses, con una frecuencia de un turno diario semanal, en Divinópolis, ciudad de Minas Gerais, Brasil. Se concluye que si se definen con precisión las competencias y límites de actuación de los estudiantes la inserción nunca será precoz, pues estará adaptada a la capacidad del alumno.

Palavras clave: evaluación, académicos de Enfermería, servicios de salud


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BARBOSA, M. L. D. Estudo da percepção do aluno da Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais sobre o processo de sua formação acadêmica. Belo Horizonte, 1996. 136. p. Dissertação (Mestrado) - Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais.         [ Links ]

BATISTA, N. A.; SILVA, S. H. S. O ensino médico: sua trajetória no cenário nacional. In:______. Professores de Medicina. São Paulo: Loyola, 1998. p. 19-44.         [ Links ]

CALDEIRA, V. P. Estágio extra-curricular - opção ou obrigação?: uma contradição a ser superada. Rio de Janeiro, 1992. 156. p. Dissertação (Mestrado) - Universidade do Rio de Janeiro.         [ Links ]

CASSIANI, S. H. D. B.; RICCI, W. Z.; SOUZA, C. R. A experiência do programa especial de treinamento na educação de estudantes de graduação em enfermagem. Rev Latinoam enfermagem, v. 6, n. 1. p. 63-69, 1998.         [ Links ]

CASTELL, R. Diccionario de la lengua española. Barcelona: EMEGE, 1986.         [ Links ]

CORREA, E. J. Alteração curricular do curso de medicina da UFMG. Belo Horizonte. Rev Med Minas Gerais, v. 1, n. 2, p. 106-111, 1991.         [ Links ]

DE SALAZAR, L. Escuelas promotoras de salud: resultado de alianzas estratégicas entre la academia, el gobierno municipal y la comunidad. Faculdad de Salud, Universidad del Valle. Centro para el Desarrollo y Evaluación de tecnologia en Salud. Cali: CEDETES, 1999.         [ Links ]

DE LA MAZA, S. S. Diccionario etimológico de la lengua castellana. Madrid: AL. Mateos S. A., 1992.         [ Links ]

LOCATO, M. L. Carvalho HC, Carvalho HM. Uma experiência de ensino em escolas de primeiro grau de Alienas. Rev Bras Enferm., v. 34, n. 3, p. 327-32, 1981.         [ Links ]

MELLO, J. Preparo no curso de graduação, para a integração do enfermeiro recém-graduado na vida profissional. Rev bras enfermagem, v. 23, n. 3/6, p. 45-56, 1970.         [ Links ]

MERIGHI, M. A. B,; BONADIO, I. C. A vivência de alunos de graduação em enfermagem na assistência à saúde da mulher em uma comunidade de baixa renda: uma abordagem fenomenológica. Rev Esc Enfermagem USP, v. 32, n. 2, p. 109-116, 1998.         [ Links ]

 

 

Recebido em agosto de 2001
Aprovado em outubro de 2001

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License