SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.55 issue4Ocular problems in patients suffering from hansen's disease: evaluation in nursing appointmentsThe adolescent perceptions of maternity author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Enfermagem

Print version ISSN 0034-7167

Rev. bras. enferm. vol.55 no.4 Brasília July/Aug. 2002

http://dx.doi.org/10.5935/0034-7167.20020084 

PESQUISA

 

Gravidez em mulheres adolescentes: a ótica de familiares1

 

Pregnancy in teenage women: the family's point of view

 

El embarazo de mujeres adolescentes: el prisma de los familiares

 

 

Fátima Raquel Rosado MoraisI; Telma Ribeiro GarciaII

IEnfermeira, Mestre em Enfermagem pela UFPB, área de concentração Enfermagem de Saúde Publica. Professora da Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Mossoró-RN
IIEnfermeira, Doutora em Enfermagem pela EERP-USP. Professora do Departamento de Enfermagem de Saúde Pública e Psiquiatria. Centro de Ciências da Saúde - UFPB. Orientadora da dissertação

 

 


RESUMO

Estudo descritivo, em que se objetivou conhecer a ótica de familiares acerca da situação da gravidez de uma adolescente do grupo. O estudo foi desenvolvido no município de Mossoró-RN, no Conjunto Liberdade II. Quatorze famílias participaram do estudo e a amostra de familiares de adolescentes grávidas ficou constituida por dezenove pessoas: treze mães, uma avó, duas sogras, um pai. um padrasto e um sogro. Entre os resultados do estudo, verificou-se que a preocupação com a imaturidade física e emocional das adolescentes grávidas e as questões de ordem econômica predominaram nos discursos de grande parte dos familiares; que a crise situacional intrafamiliar parecia resolver-se com o evolver da gestação e ter solução mais rápida quando a adolescente estabelecia uma união consensual com o parceiro afetivo-sexual; e que, mesmo vivendo uma crise, o comportamento de solidariedade dos familiares superou as reações emocionais negativas e os conflitos interpessoais iniciais.

Palavras-chave: saúde da mulher, gravidez na adolescência, familia


ABSTRACT

This is a descriptive study, which aims at understanding the family members' point of view, regarding the pregnancy of an adolescent. The research was carried out in Mossoró-RN, in Conjunto Liberdade II. Fourteen families participated in the study and the sample of family members was constituted of nineteen people: thirteen mothers, a grandmother, two mothers-in-law, a father, a stepfather and a father-in-law. Among the results of the study, it was verified that the preoccupation with physical and emotional immaturity of the pregnant adolescents, as well as economic matters dominated in the discourses of a considerable number of family members; that the situational intrafamily crisis seemed to be solved with the evolution of pregnancy and the conflicts could be resolved earlier when the adolescent was able to establish a consensual union with her sexual partner. It was also observed that, in spite of the crisis the family was going through, solidarity among the family members overcame the negative emotional reactions and the initial interpersonal conflicts.

Keywords: women's health, teenage pregnancy, family


RESUMEN

Estudio descriptivo, desde el cual se objetiva conocer el punto de vista de los familiares de una adolescente embarazada. La investigación se realizó en Mossoró-RN. en el Conjunto Liberdade II. Catorce familias participaron del estudio y la muestra de familiares de las adolescentes sumó diecinueve personas: trece madres, una abuela, dos suegras, un padre, un padrastro y un suegro. Entre los resultados del estudio se verifica que la preocupación con la inmadurez fisica y emocional de las adolescentes embarazadas y las cuestiones de orden económico predominan entre la mayor parte de los familiares; que la crisis situacional intrafamiliar parece que se resuelve de modo natural con la evolución del embarazo y tiene una solución más rápida cuando la adolescente establece una unión consensual con su pareja, y aunque viva una crisis, la solidaridad entre los familiares va superando las reacciones emocionales negativas y los conflictos interpersonales iniciales.

Palavras clave: salud de la mujer, embarazo en la adolescencia, familia


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS

BRASIL, Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº 196, de 10 de outubro de 1996. Trata das diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Brasília, 1996.         [ Links ]

DADOORIAN, D. Pronta para voar: um novo olhar sobre a gravidez na adolescência. Rio de Janeiro: Rocco, 2000.         [ Links ]

DESSER, N. A. Adolescência, sexualidade e culpa: um estudo sobre a gravidez precoce nas adolescentes brasileiras. Rio de Janeiro/Brasília: Rosa dos Tempos/Fundação Universidade de Brasília, 1993.         [ Links ]

GARCIA, T. R. Cuidando de adolescentes grávidas solteiras. 1996. 256f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto. Universidade de Sào Paulo, Ribeirão Preto. 1996.         [ Links ]

______. Representações de gestantes adolescentes solteiras sobre aspectos de sua problemática psicossocial: implicações para a enfermagem obstétrica. 1984. 140f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Escola de Enfermagem, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1984.         [ Links ]

GUIMARÃES, E. M., de B.; COLLI, A. S. Gravidez na adolescência.Goiânia: UFG, 1998. 93p.         [ Links ]

LUZ. A. M. H.; BERNI, N. I. de O. Feminino e masculino: repercussões na saúde dos adolescentes. In: RAMOS, F. R. S.; MONTICELLI. M.; NITSCHKE, R. G. (Orgs.) Um encontro da enfermagem com o adolescente brasileiro. Brasília: Ministéno da Saúde/ABEn. 2000. p. 37-45.         [ Links ]

MEDRADO. B; LYRA. J, A adolescência "desprevenida" e a paternidade na adolescência: uma abordagem geracional e de gênero In: SCHOR, N.; MOTA. M. S. F. T.; BRANCO, V. C. (org.) Cadernos Juventude, Saúde e Desenvolvimento. Brasília: Ministério da Saúde, Secretaria de Políticas de Saúde, 1999, Volume I, p. 230-48.         [ Links ]

MIOTO, R. C. T. Famílias hoje: o começo da conversa... Texto Contexto Enferm., Florianopólis, v.8, n.2, p. 211-9, maio/ago. 1999.         [ Links ]

MORAIS, F. R. R. Gravidez em mulheres adolescentes: a ótica dos familiares. 2001. 99f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa. 2001.         [ Links ]

OLIVEIRA, M. W. de. Gravidez na adolescência: dimensões do problema. Cadernos Cedes, n 45. ano XIX, p. 48-70. jul. 199E.

PALMA, I. M.; QUILÓDRAN, C. Le-B. Respostas á gravidez entre adolescentes chilenas de estratos populares. In: COSTA, A. de O.; AMADO. T. (Org.). Alternativas escassas: saúde, sexualidade e reprodução na América Latina. São Paulo: Fundação Carlos Chagas/Ed 34. 1994. p.11-45.         [ Links ]

PATRÍCIO, Z. M. A prática do cuidar/cuidado à família da adolescente grávida solteira e seu recém-nascido através de um marco conceitual de enfermagem de enfoque sócio-cultural. 1990. 282f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem). - Escola de Enfermagem - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1990.         [ Links ]

SANTOS JÚNIOR. J. D. dos. Fatores etiológicos relacionados à gravidez na adolescência: vulnerabilidade à maternidade. In: SCHOR, N. ; MOTA, M. S. F. T.; BRANCO, V. C. (Org.) Cadernos Juventude, Saúde e Desenvolvimento. Brasília: Ministério da Saúde. Secretaria de Políticas de Saúde, 1999. Volume I, p. 223-229.         [ Links ]

 

 

Recebido em 30/01/2002
Aprovado em 26/08/2002

 

 

1 Extraido de dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de Pás-Graduação em Enfermagem, do Centro de Ciências da Saúde - UFPB

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License