SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.55 issue4Pro-ABEn project: subsidies and reflections for a marketing strategy for the associationValidation of the sterilization process of medical and hospital devices according to different packaging types author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Enfermagem

Print version ISSN 0034-7167

Rev. bras. enferm. vol.55 no.4 Brasília July/Aug. 2002

http://dx.doi.org/10.5935/0034-7167.20020088 

PESQUISA

 

O ser adolescente gestante em transição: um enfoque de cuidar-pesquisar sob a ótica da enfermagem1

 

Pregnant adolescents in atransition phase: a nursing focus on caring- researching

 

El ser adolescente gestante en transición: un enfoque de cuidar-buscar desde la óptica de la enfermería

 

 

Ivete Palmira Sanson ZagonelI; Eloita Pereira NevesII

IProfessora Adjunto do Departamento de Enfermagem da UFPR. Doutora em Filosofia de Enfermagem. Área de atuaçiio Materno-lnfantil. Coordenadora do Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão em Cuidado Humano de Enfermagem- NEPECHE/UFPR
IIEnfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora Titular aposentada da UFSC e Professora Visitante da Faculdade de Enfermagem da UERJ. Orientadora da tese

 

 


RESUMO

Este trabalho tem como objeto o significado do ex-sistir feminino na cotidianidade diante da transição da adolescência e gestação. Objetiva compreender o sentido de ser adolescente gestante em transição ex-sistindo, como fenômeno situado, diante da simultaneidade dos eventos vitais, expressos pelos discursos e cuidar do ser adolescente gestante ao mesmo tempo em que desvela o sentido que funda a simultaneidade transicional feminina dos eventos vitais. Foram analisados oito discursos, utilizando a entrevista fenomenológica guiada pela questão norteadora "o que é ser adolescente e gestante em transição ex-sistindo, como fenômeno situado diante da simultaneidade dos eventos vitais, enquanto este ser é cuidado". A análise compreensiva dos depoimentos deu-se à luz da hermenêutica heideggeriana. Permitiu desvelar o ser adolescente gestante em transição, enquanto ser de possibilidades, projeta-se enquanto ser exsistindo, mostra-se surpresa, temerosa, fragilizada, vivência a ambiguidade entre o prazer e o sofrimento, a partir das significações atribuídas às vivências.

Palavras-chave: gestação na adolescência, fenomenologia, cuidar-pesquisar, cuidado humano de enfermagem


ABSTRACT

The objective of this study is to understand the change women go through in their daily life, considering the transition during adolescence and maternity. It aims at understanding the existential meaning of the pregnant adolescent, facing transition, as a located phenomenon, in the simultaneity of life events. Data were collected through the discourse of eight pregnant adolescents who answered a phenomenological interview guided by the question: "What is it to be a pregnant adolescent undergoing transition, as a located phenomenon, in the simultaneity of life events?" The comprehensive analysis of the reports was based on the Heideggerian hermeneutics. It showed that pregnant adolescent experience this transitional moment with fear, fragility and ambiguous feelings of pleasure and suffering, according to the meanings attributed to their experiences.

Keywords: pregnancy in adolescence, phenomenology, caring-researching, nursing humanistic care


RESUMEN

El trabajo tiene como objeto el significado del "exsistere" femenino en lo cotidiano ante la transición entre la adolescencia y la gestación. Procura comprender el sentido de ser adolescente gestante en transición "ex-sistiendo", como fenómeno situado ante la simultaneidad de los eventos vitales que se expresan en el discurso de las entrevistadas. Se analizan los discursos, tomando como base ia entrevista fenomenológica, cuyo norte temático era "lo que es ser adolescente y gestante en transición "ex-sistiendo", a medida que ese ser recibe cuidados". El análisis comprensivo de los testimonios tuvo como base la hermenéutica heídeggeriana. El trabajo ha permitido desvelar el ser adolescente gestante en transición, como un ser de posibilidades, que se proyecta "ex-sistiendo", y se muestra sorprendido, temeroso, frágil: un ser que vivencia la ambigüedad entre el placer y el sufrimiento, a partir de los significados que atribuye a las experiencias.

Palavras clave: Gestación en la adolescencia, fenomenología, cuidar-investigar, cuidado humano de enfermería


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS

BENNER. P.; WRUBEL, J. On what it is to be a person. In: ______. The primacy of caring: stress and coping in health and illness. Califórnia: Addison - Wesley, 1988. p. 27-56.         [ Links ]

BICUDO, M. A. V, Sobre a fenomenologia, In: BICUDO, M. A. Vi.; ESPOSITO. V. H. C. Pesquisa qualitativa em educação. São Paulo; Unimep, 1994. p. 15-22.         [ Links ]

BOCHENSKI, I. M. A filosofia contemporânea ocidental. Tradução de António Pinto de Carvalho. 2. ed. São Paulo: Herder, 1968. 300p.         [ Links ]

FINI, M. I. Sobre a pesquisa qualitativa em educação, que tem a fenomenologia como suporte. In: BICUDO. M. A. V.: ESPOSITO, V. H, C. Pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Unimep 1994. p. 23-33.         [ Links ]

HEIDEGGER, M. Ser e Tempo. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 1989. Parte I.         [ Links ]

LOPES. R. L. M.; RODRIGUES. B. M. R. D.; DAMASCENO, M. M. C. Fenomenologia e a pesquisa em enfermagem. Revista de Enfermagem UERJ. Rio de Janeiro, v.3, n. 1, p, 49-52. maio 1995.         [ Links ]

MOUSTAKAS, C. Phenomenological research methods. Califórnia: Sage. 1994.         [ Links ]

NEVES-ARRUDA. E; ZAGONEL. I.P.S. A pesquisa-cuidado como uma abordagem filosófica para o desenvolvimento do conhecimento em enfermagem. Texto e Contexto Enfermagem. Florianópolis, v.6, n.3, p.161-173, 1997.         [ Links ]

RUBIN, H. J.; RUBIN, I. S. Listening, hearing, and sharing social experiences. In: RUBIN, H. J. ; RUBIN, I. S. Qualitative interviewing: the art of hearing data. California: Sage. 1995. p.1-16.         [ Links ]

VAZ, H. C. de L. Antropologia filosófica I. São Paulo: Loyola, 1991.         [ Links ]

VITIELLO, N. Sexualidade: quem educa o educador. São Paulo: Iglu, 1997.         [ Links ]

ZAGONEL. I. P. S, O ser adolescente gestante em transição sob a ótica da enfermagem. Pelotas: Editora Universitária / UFPel; Florianópolis: UFSC. 1999.         [ Links ]

 

 

Recebido em 14/03/2002
Aprovado em 26/08/2002

 

 

1 Texto extraído da tese de doutorado da primeira autora.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License