SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.55 issue5Multiple issues researched and to research in nursingPractice of professional in health program of family: representations and subjectivities author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Enfermagem

Print version ISSN 0034-7167

Rev. bras. enferm. vol.55 no.5 Brasília Sept./Oct. 2002

https://doi.org/10.5935/0034-7167.20020071 

PESQUISA

 

As posturas compassivas na enfermagem - o sofrimento que permeia o cuidar

 

The compassive postures at nursing - the suffering within taking care

 

Las posturas compasivas en enfermería -el sufrimiento que permea el cuidar

 

 

Mauro Leonardo Salvador Caldeira dos SantosI; Maria Itayra Coellho de Souza PadilhaII

IDoutor em Filosofia da Enfermagem pela UFSC. Professor Adjunto do Departamento de Enfermagem Médico-Cirúrgica da Universidade Federal Fluminense. Membro do Grupo de Estudos de História do Conhecimento da Enfermagem
IIDoutora em Enfermagem pela EEAN/UFRJ. Professora Adjunta do Departamento de Enfermagem da UFSC. Membro do Grupo de Estudos de História do Conhecimento da Enfermagem

 

 


RESUMO

Estudo com abordagem qualitativa exploratória descritiva com objetivo de refletir sobre o sofrimento como uma vicissitude da compaixão evidenciada no cuidar da enfermagem e que influencia no cuidado prestado. Os sujeitos foram cinco enfermeiras de um Hospital Universitário de Santa Catarina. Os dados foram coletados através de entrevista semiestruturada e observação não participante. A categoria de análise encontrada foi o sofrimento no cuidar. Verificamos que, a questão do cuidar relaciona-se com a troca de afetos, os quais, na prática estabelecem formas compassivas de ajuda. As enfermeiras imprimem mais as suas características pessoais no jogo das relações em virtude do fato de que a formação acadêmica ainda se fortalece no fazer. A carência e a concepções sobre o seu fazer que elas apresentam como justificativas de compreender o cliente marcam-se pela intuição e senso comum.

Palavras-chave: enfermagem, compaixão, cuidado de enfermagem, sofrimento


ABSTRACT

Has as objective the reflection over the suffering as a vicissitude of compassion evidenced at care at nursing which influences the way care is taken. It had descriptive, exploratory and qualitative approach. The subjects of study were five nurses of a Universitary hospital of Santa Catarina. Data were collected through semi-structured interviews and through non participative observation. The category of analysis for characterization of compassive postures was the suffering. As result we had that taking care is related to affection exchange, which establishes compassive ways of help. The nurses use their personal characteristics at the game of relationships because of the fact that one's academic background gets stronger while in action. The lack and the concepts over their activity they present as justifications of comprehending the other - the clients - are flagged by intuition and common sense.

Keywords: nursing, compassion, nursing care, suffering


RESUMEN

Tuvo por objetivo reflexionar sobre el sufrimiento como una viscicitud de compasión evidenciada en el cuidar de enfermería y que influye en la forma en que este cuidado es ofrecido. Tuvo un abordaje cualitativo, exploratorio y descriptivo. Los sujetos del estudio fueron cinco enfermeras de un hospital universitario de Santa Catarina. Los datos fueron colectados mediante entrevistas semi-estructuradas y observación no participante. La categoría de análisis para la caracterización de las posturas compasivas fue el sufrimiento. Como resultado obtuvimos que el cuidar se relaciona con el intercambio de afectos, los cuales, en la práctica se establecen como forma compasivas de ayuda. Las enfermeras imprimen más sus características personales en el juego de relaciones en virtud del hecho de que la formación académica aún se fortalece en el hacer. La carencia y las concepciones sobre su quehacer que ellas refieren como justificaciones para compreender esse outro - el cliente- se enmarcan en la intuición y el sentido común.

Palavras clave: enfermería, compasión, cuidado de enfermería, sufrimiento


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS

ABBAGNANO, N. Dicionário de Filosofia. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2000.         [ Links ]

BARROS, R. R. O paradoxo do amor ao próximo como a si mesmo. In:______. As paixões do ser: amor, ódio e ignorância. Rio de Janeiro: Ed. Kalimeros, 1988. p. 65-74.         [ Links ]

BETTINELLI, L. A. Cuidado solidário. Passo Fundo - RS: Pe. Berthier, 1998.         [ Links ]

FOUCAULT, M. Microfísica do poder. 3. ed. Rio de Janeiro: Graal, 1982.         [ Links ]

______. Nietzsche, Freud & Marx - Theatrum philosoficum. São Paulo: Princípio Edit., 1997.         [ Links ]

______. Vigiar e punir. 6. ed. Petrópolis: Vozes, 1987.         [ Links ]

GATTÁS, M.L.B. Relacionamento focalizando o interpessoal. Enfermagem Psiquiátrica à Saúde Mental. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1996.         [ Links ]

HENSON, R. H. Analysis of the Concept of Mutuality. Image: Journal of Nursing Scolarship, v. 29, n. 1, first quarter 1997.         [ Links ]

LISBOA, M.T.L As Representações Sociais do sofrimento e do prazer da enfermeira assistencial no seu cotidiano de trabalho. Rio de janeiro, 1998. 229 f. Tese - (Doutorado em Enfermagem) - Escola de Enfermagem Anna Nery, Rio de Janeiro, 1998.         [ Links ]

MILLER, J. Lacan elucidado: palestras no Brasil. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1997.         [ Links ]

NIETZSCHE, F. Humano, demasiado humano - um livro para espíritos livres. Lisboa: Relógio d'água, 1997.         [ Links ]

NOLAN, P. W, BROWN. B, CRAWFORD. P. Fruits without labour: the implications of Friedrich Nietzsche's ideas for the caring professions. Philosophical and ethical issues. J. A. N., v. 28, n. 2, 251-259, 1998.         [ Links ]

PADILHA, M.I.C.S. A mística do silêncio -a prática de enfermagem na Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro no século XIX. Pelotas: Ed. Universitária/UFPel, 1998.         [ Links ]

RICHARDSON, R. J. Pesquisa Social: métodos e técnicas. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1989.         [ Links ]

ROSSET, C. Alegria: a força maior. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2000        [ Links ]

SCHOPENHAUER, A. Metafísica do amor. Metafísica da Morte.Trad. Jair Barboza. São Paulo: Martins Fontes, 2000.         [ Links ]

SZASZ, T. Cruel compaixão. Campinas/São Paulo: Papirus, 1994.         [ Links ]

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à pesquisa em Ciências Sociais - A pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.         [ Links ]

VIEIRA, M. J. Imagem cultural e motivação na escolha da enfermagem. Ribeirão Preto, 1998.159 p. Tese (Doutorado) - Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto/USP, Ribeirão Preto, 1998.         [ Links ]

 

 

Recebido em 10/08/2002
Aprovado em 20/12/2002

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License