SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.55 issue6Classifications ano the builoing of nursing knowleogeTechnical proofreading of books about nursing diagnosis: perceptions of nurses from the south of Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Enfermagem

Print version ISSN 0034-7167

Rev. bras. enferm. vol.55 no.6 Brasília Nov./Dec. 2002

http://dx.doi.org/10.5935/0034-7167.20020054 

RELATO DE EXPERIÊNCIA

 

Grupo de reeducação alimentar: uma experiência holística em saúde na pespectiva familiar

 

Group for the reeducation of eating habits: a hollstic experience ln health from the perspective of the family

 

Grupo de reeducación alimentaria: una experiencia holística en salud en la perspectiva familiar

 

 

Adriana Mafra BrienzaI; Silvana Martins MishimaII; Priscila FredericoIII; Maria José ClápisII

IEnfermeira da Secretaria Municipal de Saúde de Ribeirão Preto, Especialista em Saúde Coletiva e doutoranda do Programa de Pós-Graduação Enfermagem em Saúde Pública da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
IIProfessoras Doutoras do Departamento de Enfermagem Materno-Infantil e Saúde Pública da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
IIIEnfermeira Especialista em Enfermagem do Trabalho, doutoranda do Programa de Pós-Graduação Enfermagem em Saúde Pública da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

 

 


RESUMO

O estudo descreve uma experiência de desenvolvimento de um programa educativo familiar voltado para o tema Reeducação Alimentar. O mesmo se caracteriza por um processo que pode possibilitar à população avaliar a qualidade de vida. Justificam esta iniciativa o envelhecimento da população brasileira onde a obesidade desempenha um papel importante como fator de risco, bem como o despreparo do sistema de saúde e da sociedade. O presente trabalho é realizado em uma micro-área do município de Ribeirão Preto. Acontece na forma de grupos, com duração de 2 meses e participação média de 13 pessoas. Tem como clientela básica mulheres. Através da participação da clientela, são elaborados cardápios alimentares. São oferecidos grupos de manutenção que visam dar continuidade ao processo. Têm-se observado uma procura de aproximadamente 30 inscritos para cada grupo. Um Programa de Reeducação Alimentar contribui para o auto-cuidado e a auto-responsabilidade, apoiando estilos de vida mais saudáveis.

Palavras chave: Promoção à saúde, vigilância em saúde, estilo de vida


ABSTRACT

This study describes the experience of the development of a family educational program to develop healthier eating habits. The program can enable the population to evaluate its quality of life. It can be justified if we consider obesity as a risk factor for the aging population in Brazil and the unpreparedness of the health system and society regarding this subject. The present work, which lasted two months, was carried out in a micro-area of the municipal district of Ribeirão Preto with groups of around 13 people. Most of the participants were women who cooperated with the making of healthier menus. ln order to give continuity to the process, maintenance groups were created. This program can contribute to selfcare and self-commitment, giving support to healthier life styles.

Keywords: promoting health, health control, life style


RESUMEN

El estudio describe una experiencia de desarrollo de un programa educativo familiar volcado hacia el tema Reeducación Alimentaria. El mismo se caracteriza por ser un proceso que puede permitir a la población evaluar la calidad de vida. Justifican esta iniciativa el envejecimiento de la población brasilena donde la obesidad desempena un rol importante cómo factor de riesgo, así cómo la poca preparación dei sistema de salud y de la sociedad. El presente trabajo se realiza en una micro área de la ciudad de Ribeirão Preto. Ocurre en la forma de grupos, con duración de 2 meses y participación promedia de 13 personas. Tiene cómo clientela básica mujeres. A través de la participación de la clientela, se elaboran menús alimentarios. Se ofrecen grupos de mantenimiento que vienen a dar continuidad ai proceso. Se observa una demanda de aproximadamente 30 inscriptos para cada grupo. Un Programa de Reeducación Alimentaria contribuye para el autocuidado y la autoresponsabilidad, apoyando estilos de vida más saludables.

Palabras clave: Promoción a la salud, vigilancia en salud, estilo de vida


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS

DEVER, G.E.A A epidemiologia na administração dos serviços de saúde. Trad. de Luís Gaivão César et al. São Paulo: Pioneira, 1988.         [ Links ]

MENDES, I.R. Uma proposta holística de educação de adulto numa perspectiva positiva de saúde. Rev.Bras. Enferm., Brasília, v. 49, n. 1, p. 31-40. jan./mar. 1996.         [ Links ]

MONTEIRO, C.A Coleta e análise da altura dos alunos ingressantes nas escolas de 1 a grau do país: uma proposta para sistema nacional de acompanhamento do estado de saúde e nutrição da população. Jornal de Pediatria, v. 65, n. 3, 1989.         [ Links ]

MUZZO, B.S; BURROWS, A R. Obesidad dei ninõ y dei adolescente. ln: CARRAZZA, F.R; MARCONDES, E. Nutrição clínica. São Paulo: Savier, 1991.         [ Links ]

PIZZINATTO, V.T. Obesidade infantil. São Paulo: Savier, 1992.         [ Links ]

ROSADO, L.H. Prevenção e tratamento da obesidade infantil. Nutrição em pauta, v. 2, n. 7, jul. 1994.         [ Links ]

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Ottawa Chater for Health promotion. ln: INTERNACIONAL CONFERENCE ON HEAL TH PROMOTION, Ottawa, 1986. Anais... Ottawa: WHO, 1986.         [ Links ]

 

 

Recebido em 08/10/2002

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License