SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.41 issue1EditorialMarcas de supermercado author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Administração de Empresas

Print version ISSN 0034-7590

Rev. adm. empres. vol.41 no.1 São Paulo Jan./Mar. 2001

http://dx.doi.org/10.1590/S0034-75902001000100002 

ORGANIZAÇÃO, RECURSOS HUMANOS E PLANEJAMENTO

 

Gestão de competências e gestao de desempenho: tecnologias distintas ou instrumentos de um mesmo construto?

 

 

Hugo Pena BrandãoI; Tomás de Aquino GuimarãesII

IMestre em Administração pela Universidade de Brasília (UnB). E-mail: hugopb@tba.com.br
IIMestre em Administração pela FGV/EAESP, Doutor em Sociologia pela USP, Professor Adjunto e Coordenador do Curso de Mestrado em Administração da Universidade de Brasília (UnB). E-mail: tomas@unb.br

 

 


RESUMO

Este artigo discute até que ponto a gestão de competências e a gestão de desempenho constituem tecnologias gerenciais distintas ou partes interdependentes de um mesmo construto. Os autores apresentam uma revisão da literatura sobre os conceitos que permeiam esses modelos de gestão, suas características e aplicações no campo organizacional e analisam as principais semelhanças e diferenças entre eles, sendo possível concluir que, mais que tecnologias independentes, a gestão de competências e a gestão de desempenho parecem complementar-se em um contexto mais amplo de gestão organizacional. Ao final, é proposta uma nova abordagem conceitual que procura considerar a relação de interdependência entre esses modelos de gestão.

Palavras-chave: Competência, gestão de competências, gestão de desempenho, gestão estratégica de recursos humanos, tecnologias de gestão.


ABSTRACT

This article discusses in what sense competence-based management and performance-based management are independent managerial technologies or parts of the same construct. The authors present a literature review upon the concepts of these management methodologies, their characteristics and applications in the organizational field, and analyze the main similarities and differences between them. It is possible to conclude that, more than independent technologies, competence-based and performance-based management methodologies appear to be complementary and part of a wider organization management model. A new conceptual approach, leading to emphasize the interdependence relationship between these management methodologies, is proposed.

Key words: Competence, competence-based management, performance-based management, strategic human resource management, managerial technologies.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ALURI, R., REICHEL, M. Performance evaluation: a deadly disease? The Journal of Academic Librarianship, v. 20, n. 3, p. 145-155, July 1994.         [ Links ]

ARRÈGLE, J. L. Le savoir et l’approche “resource based”: une ressource et une compétence. Revue Française de Gestion, n. 105, p. 84-94, sept./oct. 1995.         [ Links ]

DURAND, T. Forms of incompetence. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON COMPETENCE-BASED MANAGEMENT, 4., 1998, Oslo. Proceedings... Oslo : Norwegian School of Management, 1998.         [ Links ]

DURAND, T. L’alchimie de la compétence. Revue Française de Gestion, n. 127, p. 84-102, jan./fév. 2000.         [ Links ]

DUTRA, J. S., HIPÓLITO, J. M., SILVA, C. M. Gestão de pessoas por competências. In: ENCONTRO NACIONAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUA- ÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO, 22., 1998, Foz do Iguaçu. Anais... Foz do Iguaçu : Anpad, 1998.         [ Links ]

EDWARDS, M. R., EWEN, A. J. 3600 feedback: the new model for employee assessment & performance improvement. New York : American Management Association, 1996.         [ Links ]

GOODALE, J. G. Improving performance appraisal. Business Quarterly, v. 57, n. 2, p. 65-70, 1992.         [ Links ]

GUIMARÃES, T. A. Gestão do desempenho em organizações públicas descentralizadas. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DO CLAD, 3., 1998, Madrid. Anais... Madrid : Clad, 1998.         [ Links ]

GUIMARÃES, T. A., NADER, R. M., RAMAGEM, S. P. Avalia- ção de desempenho de pessoal: uma metodologia integrada ao planejamento e avaliação organizacionais. Revista de Administração Pública, v. 32, n. 6, p. 43-61, 1998.         [ Links ]

GUIMARÃES, T. A. et al. Forecasting core competencies in R&D environment. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON MANAGEMENT OF TECHNOLOGY, 9., Feb. 2000, Miami. Proceedings... Miami : International Association for Management of Technology, 2000.         [ Links ]

HEENE, A., SANCHEZ, R. Competence-based strategic management. Chichester, England : John Wiley & Sons, 1997.         [ Links ]

HIRATA, H. Os mundos do trabalho: convergência e diversidade num contexto de mudança dos paradigmas produtivos. In: CASALI, A. et al. (Orgs.). Empregabilidade e educação: novos caminhos no mundo do trabalho. São Paulo : Editora da PUC, 1997. p. 23-42.         [ Links ]

IENAGA, C. H. Competence-based management: seminário executivo. São Paulo : Dextron Consultoria Empresarial, 1998. ISAMBERT-JAMATI, V. O apelo à noção de competência na revista L’Orientation Scolaire et Profissionelle. In: ROPÉ, F., TANGUY, L. (Orgs.). Saberes e competências: o uso de tais noções na escola e na empresa. Campinas : Papirus, 1997. p. 103-133.         [ Links ]

LEGGE, K. Human resource management: rhetorics and realities. London : McMillan, 1995.         [ Links ]

LUCENA, M. D. S. Avaliação de desempenho: métodos e acompanhamento. São Paulo : McGraw-Hill do Brasil, 1977.         [ Links ]

OLIVEIRA-CASTRO, G. A., LIMA, G. B. C., VEIGA, M. R. M. Implantação de um sistema de avaliação de desempenho: métodos e estratégias. Revista de Administração, v. 31, n. 3, p. 38-52, 1996.         [ Links ]

PAGÈS, M. et al. O poder das organizações. São Paulo : Atlas, 1993.         [ Links ]

PRAHALAD, C. K., HAMEL, G. The core competence of the corporation. Harvard Business Review, v. 68, n. 3, p. 79-91, May/June 1990.         [ Links ]

RAUB, S. P. A knowledge-based framework of competence development. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON COMPETENCE-BASED MANAGEMENT, 4., 1998, Oslo. Proceedings... Oslo : Norwegian School of Management, 1998.         [ Links ]

ROPÉ, F., TANGUY, L. Introdução. In: ROPÉ, F., TANGUY, L. (Orgs.). Saberes e competências: o uso de tais noções na escola e na empresa. Campinas : Papirus, 1997. p. 15-24.         [ Links ]

SPARROW, P. R., BOGNANNO, M. Competency requirement forecasting: issues for international selection and assessment. In: MABEY, C., ILES, P. (Orgs.). Managing learning. London : Routledge, 1994. p. 57-69.         [ Links ]

SPINK, P. Empregabilidade: comentários a partir do ensaio de Helena Hirata. In: CASALI, A. et al. (Orgs.). Empregabilidade e educação: novos caminhos no mundo do trabalho. São Paulo : Editora da PUC, 1997. p. 51-57.         [ Links ]

STEWART, T. A. Capital intelectual: a nova vantagem competitiva das empresas. Rio de Janeiro : Campus, 1998.         [ Links ]

TANGUY, L. Competências e integração social na empresa. In: ROPÉ, F., TANGUY, L. (Orgs.). Saberes e competências: o uso de tais noções na escola e na empresa. Campinas : Papirus, 1997. p. 167-200.         [ Links ]

TAYLOR, F. W. Princípios de administração científica. São Paulo : Atlas, 1970.         [ Links ]

TAYLOR, S., BEECHLER, S., NAPIER, N. Toward an integrative model of strategic international human resource management. The Academy of Management Review, v. 21, n. 4, p. 959- 985, Oct. 1996.         [ Links ]

TILLES, S. Como avaliar a estratégia das empresas. Rio de Janeiro : COPPEAD/UFRJ, 1997. Mimeo. Tradução de: How to evaluate a corporate strategy, Harvard Business Review.         [ Links ]

WRIGHT, R., VAN, W. G., BOUTY, I. Les principes du management des ressources fondées sur le savoir. Revue Française de Gestion, n. 105, p. 70-75, sept./oct. 1995.         [ Links ]

ZARIFIAN, P. A gestão da e pela competência. In: SEMINÁ- RIO EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, TRABALHO E COMPETÊNCIAS. Rio de Janeiro : Centro Internacional para a Educação, Trabalho e Transferência de Tecnologia, 1996. Mimeo.         [ Links ]

ZARIFIAN, P. Objectif compétence: pour une nouvelle logique. Paris : Editions Liaisons, 1999.         [ Links ]

 

NOTAS

Os autores agradecem as críticas e sugestões recebidas dos professores Waldyr Viegas e Guillermo Asper, da Universidade de Brasília, e do professor Mozar José de Brito, da Universidade Federal de Lavras.

1. Henri Pestalozzi (1746-1827), pedagogo suíço, idealizou a educação como o desenvolvimento natural, espontâneo e harmônico das capacidades humanas que se revelam na tríplice atividade da cabeça, das mãos e do coração (head, hand e heart), isto é, na vida intelectual, técnica e moral do indivíduo. Ver LARROYO, Francisco. História geral da pedagogia. São Paulo : Mestre Jou, 1974.

2. Empregabilidade diz respeito à probabilidade que pode ter um indivíduo à procura de um emprego de encontrá-lo, isto é, refere-se à probabilidade de reinserção no mercado formal de trabalho. Quanto mais qualificado ou competente for o indivíduo, maior sua empregabilidade. Ver CASALI, A. et al. (Orgs.). Empregabilidade e educação: novos caminhos no mundo do trabalho. São Paulo : Editora da PUC, 1997.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License