SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue5Experimental behavior of Sporothrix schenckii and Leishmania mexicana in hamstersLiver morphology with emphasis on bile ducts changes and survival analysis in mice submitted to multiple Schistosoma mansoni infections and chemotherapy author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

Share


Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665

Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo vol.32 no.5 São Paulo Sept./Oct. 1990

http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46651990000500003 

ARTIGOS ORIGINAIS

 

Observações sobre a viabilidade do Trypanosoma cruzi no caldo da cana

 

Observations on the viability of Trypanosoma cruzi in sugar cane juice

 

 

Pedro Luiz Silva PintoII; Vicente Amato NetoI; Sérgio Antonio Barbosa do NascimentoII; Hertha Barbara Wüllert Telles de SouzaII; Akimi MiyamotoII; Antonio Augusto Baillot MoreiraII; Lucia Maria Almeida BrazII

IMembro do Laboratório
IIChefe do Laboratório

Endereço para correspondência

 

 


RESUMO

Em Catolé do Rocha (Estado da Paraíba, Brasil) várias pessoas foram concomitantemente acometidas de doença de Chagas, em fase aguda. A propósito desse evento, houve cogitação de que o Trypanosoma cruzi foi veiculado pela via digestiva, através de ingestão de caldo de cana acidentalmente contaminado.
Com o presente estudo, verificamos que o parasita permaneceu viável, durante quatro horas, no líquido em questão mantido em temperatura ambiente. Ao mesmo tempo, comprovamos que após uma hora ele pôde promover infecção em camundongo ao ser administrado por meio de sonda gástrica, renovando o interesse já demonstrado quanto a esse mecanismo alternativo de transmissão.

Unitermos: Infecção pelo Trypanosoma cruzi; Via digestiva; Caldo de cana.


SUMMARY

In Catolé do Rocha, State of Paraíba, Brasil several people were concomitantly contaminated by Chagas' disease and had the acute form of the infection. Because of this event, the hypothesis that Trypanosoma cruzi might have been transmitted by the digestive route, through the ingestion of accidentally contaminated sugar cane juice, was made.
In the present study, we verified that the parasite has remained viable for four hours in the liquid, at room temperature. We have also demonstrated that, after one hour, it was capable of promoting infection in one mouse, by gastric tube administration. These observations enhance the interest on this alternative mechanism of disease transmission.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. AMATO NETO, V. — Transplante cardíaco e doença de Chagas (Relatório de reunião científica para debates sobre o assunto). Hospital (Rio de J.), 74: 1039-1050, 1968.         [ Links ]

2. AMATO NETO, V. — Doença de Chagas e transfusão de sangue. Rev. paul Med., 80: 253-254, 1972.         [ Links ]

3. CHOCAIR, P.R.; SABBAGA, E.; AMATO NETO, V.; SHIROMA, M. & GÓES, G.M. — Transplante de rim: nova modalidade de transmissão da doença de Chagas. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo, 23: 280-282, 1981.        [ Links ]

4. LAINSON, R.; SHAW, J.J. & NAIFF, R.D. — Chagas' disease in the Amazon Basin: speculations on transmission per os. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo, 22: 294-297, 1980.         [ Links ]

5. LISBÔA, A.C. — Sobre a forma congênita da doença de Chagas. Estudo anátomo-patológico de 6 casos. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo, 2: 319-334, 1960.         [ Links ]

6. MARCONDES, C.B.; GUEDES, L.A. & MENDONÇA, D.D. — Surto de doença de Chagas, de provável contaminação oral, em Catolé do Rocha (Paraíba). Encontro de Didelphis albiventris naturalmente infectado. Rev. Soc. bras. Med. trop., 21 (supl.): 31, 1988.         [ Links ]

7. MAYER, H.F. — Infeccion experimental con Trypanosoma cruzi por via digestiva. An. Inst. Med. region. (Tucumán), 5: 43-48, 1961.         [ Links ]

8. MAZZA, S.; MONIAÑA, A.; BENÍTEZ, C. & JANZI, E.Z. — Transmisión del Schizotrypanum cruzi al niño por leche de la madre con enfermedad de Chagas. Misión Est. Pat. reg. argent., 28: 41-46, 1936.         [ Links ]

9. MAZZA, S. & JÖRG, M.E. — Infeccion natural mortal por S. cruzi en cachorro de perro "Pila" de Jujuy. In: Reunion de la Sociedad Argentina de Patologia Regional, 9º, Mendoza, 1935. Buenos Aires, Imprenta de la Univer-sidad, 1936. v. 1, p. 365-411.         [ Links ]

10. MEDINA-LOPES, M.D. — Transmissão materno-infantil da doença de Chagas. Brasília, 1983. (Dissertação de Mestrado — Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade de Brasília).         [ Links ]

11. SCHLEMPER Jr., B.R. — Estudos experimentais da quimioprofilaxia da transmissão da doença de Chagas por transfusão sangüínea. Belo Horizonte, 1975. (Tese — Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Minas Gerais).         [ Links ]

12. SOARES, V.A.; DIAS, J.C.P.; MARSDEN, P.D. & GARCIA-ZAPATA, M.T. — Sobrevivência do T. cruzi em caldo de cana. Resultados preliminares. Rev. Soc. bras. Med. trop., 20 (supl. 2): 38, 1987.         [ Links ]

13. YASUDA, M.A.S. — Surto epidêmico de doença de Chagas aguda em Catolé do Rocha, Paraíba. Rev. Soc. bras. Med. trop., 20 (supl. 2): M14-M16, 1987.         [ Links ]

 

 

Endereço para correspondência:
Pedro Luiz Silva Pinto
Laboratório de Investigação Médica-Parasitologia Faculdade de Medicina
Avenida Doutor Arnaldo, 455
CEP 01246 São Paulo, SP, Brasil

Recebido para publicação em 22/11/1989.

 

 

Trabalho do Laboratório de Investigação Médica-Parasitologia, do Hospital das Clínicas, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.