SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 issue6Isolation of Toxoplasma gondii from peritoneal exsudates and organs of experimentally infected miceNatural infection of Speothos venaticus (Carnívora: Canidae) by adult Lagochilascaris sp. author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

Share


Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665

Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo vol.33 no.6 São Paulo Nov./Dec. 1991

http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46651991000600004 

ARTIGOS ORIGINAIS

 

Contribuição ao estudo da anatomia patológica do megaesôfago chagásico(1)

 

Contribution to the study of the pathology and pathogenesis of the chagasic megaesophagus

 

 

Sheila J. AdadI; Débora Cristiane da Silva AndradeII; Edison Reis LopesIII; Edmundo ChapadeiroIII

IAuxiliar de Ensino da Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro. Uberaba, Minas Gerais, Brasil
IIMonitora da Disciplina de Patologia Especial da Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro. Uberaba, Minas Gerais, Brasil
IIIPesquisadores do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Brasil - CNPq

Endereço para correspondência

 

 


RESUMO

Estudo anatomopatológico sistematizado foi feito em 56 esôfagos de chagásicos crônicos (17 com e 39 sem mega) e em 26 de não chagásicos com as seguintes finalidades:
1) avaliar as variações de calibre e espessura da parede do órgão; 2) analisar qualitativa e quantitativamente o plexo mientérico, na tentativa de avaliar a eventual relação entre suas lesões e o aparecimento de megaesôfago (ME); 3) estudar as lesões das musculares procurando verificar sua contribuição na gênese da visceromegalia; 4) pesquisar formas amastigotas do T. cruzi e sua possível relação com o processo inflamatorio; 5) identificar as principais alterações da mucosa. Confirmou-se que as lesões mais intensas localizavam-se na muscular própria e no plexo de Auerbach. Na primeira, as principais alterações foram miosite e fibrose e nos gânglios mientéricos observou-se inflamação e despopulação neuronal, maior nos esôfagos dos chagásicos com dilatação em relação aos sem dilatação e destes em relação aos controles. Entretanto, foram vistos esôfagos de calibre normal, com intensa denervação. Conclui-se que parecem ser múltiplos os fatores que desencadeiam a esofagopatia, especialmente, o ME. A pesquisa de parasitas em oito esófagos com mega e em oito sem ME foi positiva somente em quatro casos, do primeiro grupo. As lesões da mucosa e submucosa não parecem participar do processo.

Unitermos: Doença de Chagas; Tripanossomíase cruzi; Megaesôfago; Acalásia.


SUMMARY

Systematized study was made in 56 esophagi of chronic chagasics (17 with and 39 without megas) aiming to: 1) to avaluate the esophageal caliber and thickness ranges; 2) analyse qualitative and quantitatively, the myenteric plexuses, trying to evaluate the relation of their lesions and the development of megaesophagus (ME); 3) study the lesions of the muscularis propria to verify if they contribute or not to the beginning of the process; 4) search for T. cruzi and its eventual relationship with the inflammation; 5) identify the principal mucosal alterations. It was confirmed that the severest lesions were found in the muscularis propria and in the plexures of Auerbach ganglia. In the former, the main alterations were myositis and fibrosis. The myentric plexuses showed inflammation and neuronal depopulation when compared with non-mega chagasic esophagi and even more when compared with the controls. On the other hand, there were normal caliber esophagi with severe denervation. It is possible that several factors may lead to the esophagopathy, especially to the ME. The search for T. cruzi was found positive in four out of eight esophagi with mega and in none of eight chagasic esophagi without mega. Mucosal and submucosal lesions were unremarkable and do not seem to be involved with the development of the process.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

AGRADECIMENTOS

Este trabalho foi subvencionado, em parte, pelo UNDP/World Bank/WHO Special Programme for Research and Training in Tropical Disease e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Brasil.

Somos gratos a todos os funcionários do Departamento de Patologia, Medicina Legal e Deontologia Médica que conosco colaboraram e ao Prof. Euclides Ayres Castilho pelo auxílio no estudo estatístico.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. ALMEIDA, H.O. - A "lesão vorticilar" da cardiopatia chagásica crônica. Belo Horizonte, 1978. (Tese de Doutoramento - Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais).         [ Links ]

2. ALMEIDA, H.O.; TAFURI, W.L.; BOGLIOLO, L. & CUNHA, J.C. - Parasitismo incomum do miocárdio e do esôfago em chagásico crônico portador de doença de Hodgkin e em uso de imunodepressores. Rev. Soc. bras. Med. trop., 8: 117-121, 1974.         [ Links ]

3. ANDRADE, Z.A. & ANDRADE, S.G. - Patologia. In: BRENER, Z. & ANDRADE, Z.A. - Trypanosoma cruzi e doença de Chagas. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 1979. p. 199-248.         [ Links ]

4. BARBOSA Jr., A.A. & ANDRADE, Z.A. - Identificação do Trypanosoma cruzi nos tecidos extracardíacos de portadores de miocardite crônica chagásica. Rev. Soc. bras. Med. trop., 17: 123-126, 1984.         [ Links ]

5. BETARELLO, A.; PINOTTI, H.W. & HABR-GAMA, A. - Fisiopatologia da atividade motora do tubo digestivo de pacientes com doença de Chagas. In: RAIA, A.A. - Manifestações digestivas da moléstia de Chagas. São Paulo, Sarvier, 1983. p. 85-95.         [ Links ]

6. CASSELLA, R.R.; BROWN Jr., A.L.; SAYRE, G.P. & ELLIS Jr., F.H. - Achalasia of the esophagus: pathologic and etiologic considerations. Ann. Surg., 160: 474-487, 1964.         [ Links ]

7. CHAPADEIRO, E. - Sobre a hipertrofia dos ventrículos na cardiopatia chagásica crônica. Hospital (Rio de J.), 67: 1203-1206, 1965.         [ Links ]

8. CHAPADEIRO, E. - Hipertrofia do miocárdio na cardiopatia chagásica crônica. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo, 7: 27-30, 1965.         [ Links ]

9. CHAPADEIRO, E. - Peso do coração e intensidade do processo inflamatório na cardiopatia chagásica crônica. Bol. Ofic. sanit. panamer., 63: 236-239, 1967.         [ Links ]

10. COSTA, R. de B. - Grado de denervacion en individuos chagásicos "sintomáticos" y "asintomáticos". Bol. chil. Parasit., 24: 75-77, 1969.         [ Links ]

11. GUIMARÅES, J.P. & MIRANDA, A. - Megaesôfago em macaco rhesus com 10 anos de infecção chagásica. In: Congresso Internacional sobre a Doença de Chagas. Rio de Janeiro, 1959. Anais. Rio de Janeiro, 1961. v. 2, p. 657-671.         [ Links ]

12. HAMILTON, W.J. & McMINN, R.M.H. - Aparelho digestivo. In: HAMILTON, W.J. ed. - Tratado de anatomia humana. 2 ed. Rio de Janeiro, Interamericana, 1982. p. 345-425.         [ Links ]

13. KÖBERLE, F. - Megaesophagus. Gastroenterology, 34: 460-466, 1958.         [ Links ]

14. KÖBERLE, F. - Patologia y anatomia patológica de la enfermidad de Chagas. Bol. Ofic. sanit. panamer., 51: 404-428, 1961.         [ Links ]

15. KÖBERLE, F. - Patogenia do megaesôfago brasileiro e europeu. Rev. goiana Med., 9: 79-116, 1963.         [ Links ]

16. KÖBERLE, F. - Chagas' disease and Chagas' syndromes: The pathology of American Trypanosomiasis. Advanc. Parasit., 6: 63-116, 1968.         [ Links ]

17. KÖBERLE, F. - Pathogenesis of Chagas' disease. Ciba Foundation Symposium, 20: 137-158, 1974 apud BARBOSA Jr., A.A. & ANDRADE, Z.A. - Identificação do Trypanosoma cruzi nos tecidos extracardíacos de portadores de miocardite crônica chagásica. Rev. Soc. bras. Med. trop., 17: 123-126, 1984.         [ Links ]

18. KÖBERLE, F.; ALCßNTARA, F.G. de & SANTOS, R.R. dos - Patogenia da forma digestiva. In: RAIA, A.A. - Manifestações digestivas da moléstia de Chagas. São Paulo, Sarvier, 1983. p. 25-34.         [ Links ]

19. KÖBERLE, G.; PENHA, D. & KÖBERLE, F. - Aperistalse chagásica do esôfago. In: Congresso Internacional sobre a Doença de Chagas. Rio de Janeiro, 1959. Anais. Rio de Janeiro, 1961. v. 2, p. 717-722.         [ Links ]

20. LOPES, E.R. - Contribuição ao estudo dos gânglios cardíacos (sistema nervoso autônomo) em chagásicos crônicos. Uberaba, 1965. (Tese de Doutoramento - Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro).         [ Links ]

21. LOPES, E.R. - Estudo comparativo dos gânglios sub-epicárdicos nas cardiopatias chagásica crônica, reumática e hipertensiva. Uberaba, 1969. (Tese de Livre Docência - Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro).         [ Links ]

22. LOPES, E.R.; TAFURI, W.L. & CHAPADEIRO, E. - Estudo morfológico e quantitativo dos núcleos dorsal do vago e hipoglosso em chagásicos com e sem megaesôfago. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo, 11: 123-129, 1969.         [ Links ]

23. LOPES, E.R.; CHAPADEIRO, E.; TAFURI, W.L. & PRATA, A.R. - Doença de Chagas. In: LOPES, E.R.; CHAPADEIRO, E.; RASO, P. & TAFURI, W.L. - Bogliolo Patologia. 4 ed. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 1987. p. 1047-1067.         [ Links ]

24. MANÇO, J.C.; GALLO Jr., L.; MARIN NETO, J.A.; TERRA FILHO, J.; MACIEL, B.C. & AMORIM, D.S. - Alterações funcionais do sistema nervoso autônomo. In: CANÇADO, J.R. & CHUSTER, M., ed. - Cardiopatia chagásica. Belo Horizonte, Fundação Carlos Chagas, 1985. p.191-198.         [ Links ]

25. MARIN NETO, J.A. - Alterações neurovegetativas cardiovasculares en la enfermedad de Chagas. Rev. Fed. argent. Cardiol., 1: 177-189, 1988.         [ Links ]

26. OLIVEIRA, A.R. de - Fisiopatologia do megaesôfago (estudo radiológico). Rev. Pat. trop., 3: 429-492, 1972.         [ Links ]

27. PAULA COSTA, M.D. de & REZENDE, J.M. - Pressão basal do esfíncter inferior do esôfago no megaesôfago chagásico. Rev. Ass. méd. bras., 24: 269-272, 1978.         [ Links ]

28. PEREIRA, F.E.L. - Estudo quantitativo dos mastócitos na musculatura do esófago de chagásicos crônicos. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo, 14: 30-32, 1972.         [ Links ]

29. RAIA, A.A. - Megaesôfago. In: RAIA, A.A. - Manifestações digestivas da moléstia de Chagas. São Paulo, Sarvier, 1983. p. 109-119.         [ Links ]

30. SIEGEL, S. - Estatística não-paramédica (para as ciências do comportamento). São Paulo, McGraw-Hill, 1975. 350p.         [ Links ]

31. TAFURI, W.L. - Alterações ultra-estruturais dos componentes muscular, intersticial e nervoso do coração, esôfago e intestinos na doença de Chagas experimental e humana. Belo Horizonte, 1974. (Tese Professor Titular - Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais).         [ Links ]

32. TAFURI, W.L. & RASO, P. - Anatomia patológica. In: RAIA, A.A. - Manifestações digestivas da moléstia de Chagas. São Paulo, Sarvier, 1983. p. 61-79.         [ Links ]

 

 

Endereço para correspondência:
Sheila J. Adad
Departamento de Patologia, Medicina Legal e Deontologia Médica, Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro
Pça. Manoel Terra s/nº
CEP 38100. UBERABA, Minas Gerais, Brasil

Recebido para publicação em 06/02/1991.
Aceito para publicação em 05/06/1991.

 

 

(1) Resumo da Dissertação de Mestrado da autora apresentada ao Curso de Pós-Graduação em Patologia Humana da Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro, laureada com o prêmio "Luigi Bogliolo" da Sociedade Brasileira de Patologia de 1990.