SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.1 issue6Análise morfológica e quantitativa dos ovos de Schistosoma mansoni em fezes humanasTratamento da himenolepíase pelo Thelmesan author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

Print version ISSN 0037-8682

Rev. Soc. Bras. Med. Trop. vol.1 no.6 Uberaba Nov./Dec. 1967

http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86821967000600004 

Profilaxia da peste

 

 

Renato dos Santos Araújo

Médico Sanitarista, Assessor da Circ. Bahia do D.N.E.Ru. - M.S.

 

 


RESUMO

O autor parte da premissa de que a profilaxia da doença infecciosa decorre do encadeamento epidemiológico: fonte de infecção-veículo transmissor - receptivel, para explicar a da peste, baseada no mesmo princípio.
Depois de citar os 4 principais complexos epidemiológicos da peste e afirmar que tôda a profilaxia da doença consiste em atingir os dois primeiros elos dessas cadeias e proteger o último, passa a classificar os vários métodos profiláticos empregados em 2 grandes grupos: o das medidas destrutivas ou provisórias e o das medidas supressivas ou definitivas. Entre as primeiras arrola a desratização e a despulização, às quais acrescenta o tratamento e isolamento do doente e do portaãor, e entre as segundas inclui a anti-ratização e a imunização.
A seguir, passa a explicar em que consistem essas várias medidas profiláticas e quais os agentes de que se tem lançado mão para executá-las, expendendo ao curso dessa exposição o conceito que formula a respeito de cada uma delas, à guisa de apreciação do seu valor relativo.
Enaltece sobretudo as medidas supressivas ou definitivas, às quais empresta a maior significação na luta antipestosa, chamando a atenção, em especial, para a necessidade de estudos imunológicos para aperfeiçoamento do poder imunitário das vacinas de germes vivos avirulentos, que considera um grande recurso para a profilaxia da doença, sobretudo para a proteção do rurícola, cujo labor e modo de vida o expõem inevitavelmente a se infectar, por ocasião da ocorrência de epizootias de origem silvestre.
Concluída essa primeira parte, passa a fazer o histórico de como se desenvolveu a campanha contra a peste, no Brasil, desde a época da sua invasão em 1899 pelo pôrto de Santos até os nossos dias.
Nesse histórico, detem-se um pouco para expôr a atuação do extinto Serviço Nacional de Peste, o qual, criado em 1941, após a reorganização do Departamento Nacional de Saúde, passou, como órgão específico, a cuidar do problema até sua incorporação em 1956, a dois outros grandes Serviços Nacionais (o de Malária e o de Febre Amarela), para constituição do Departamento Nacional de Endemias Rurais, ao qual cabe atualmente a responsabilidade da campanha.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

BIBLIOGRAFIA

1 - BARROS BARRETO, JOÃO & CASTRO, ALMIR - Diretrizes do combate à peste no Brasil - Imprensa Nacional, 1948.         [ Links ]

2 - BARROS BARRETO, JOÃO - Tratado de Higiene - 3.a edição - Livraria Atheneu, 1956.         [ Links ]

3 - BICA, A.N. - Epidemioiogia e Clínica da Peste - Notas de aula do Curso de Peste, 1943.         [ Links ]

4 - BIER, OTTO - Bacteriologia e Imunologia - 7.a edição - Edições Melhoramentos, 1955.         [ Links ]

5 - Conclusões da Primeira Reunião de Técnicos do S.N.P. - Inédito, 1954.         [ Links ]

6 - COUTINHO, EUGÊNIO - Tratado de Clínica das Doenças Infectmosas e Parasitárias - 5.a edição - Editora Guanabara, 1951.         [ Links ]

7 - DIAS DOS SANTOS, RAUL PARANHOS - Contribuição ao Estudo da Peste Bubônica - Tese - A Nova Gráfica, 1928.         [ Links ]

8 - Diretoria Nacional de Saúde - Instruções para o Serviço de Peste - I e II - Oficinas Gráficas da Seção de Bio-estatística.         [ Links ]

9 - Discussão do Tema Peste - in Atas da XI Conferência Sanitária Pan-Americana (pags. 614 a 645) - Imprensa Nacional, 1942.         [ Links ]

10 - D.N.E.Ru. - Combate a Endemias Rurais - Serviço Gráfico do IBGE, 1962.         [ Links ]

11 - Expert Comittee on Plague - Third Report - World Health Organization Tecnical Report - Séries n.° 165 - Geneva, 1959.         [ Links ]

12 - FONSECA, OLÍMPIO - Panorama sanitário do Brasil - in J.B.M. - Vol. VIII n.° 5, 1964.         [ Links ]

13 - FONTENELLE, J.P. - Compêndio de Higiene - 5.a edição - Editora Guanabara, 1940.         [ Links ]

14 - Normas Técnicas Especiais para o Combate à Peste - Decreto n.° .. 51.840 de 14.3.63 - in Diário Oficial da República.         [ Links ]

15 - OLIVEIRA, ZAMIR - Sensibilidade dos roedores aos novos rodenticidas. Trabalho apresentado ao VII Congresso. Brasileiro de Higiene, 1954.         [ Links ]

16 - OLIVEIRA, ZAMIR - Observações de uma viagem de estudos sôbre peste na Rússia, Iran e nos EUA - XVI Congresso Brasileiro de Higiene, 1966.         [ Links ]

17 - PEIXOTO, AFRANIO - Higiene - 5.a edição - Livraria Francisco Alves, 1931.         [ Links ]

18 - PESSÔA, SAMUEL BRANSLEY - Parasitologia Médica - 4.a edição - Editora Guanabara, 1954.         [ Links ]

19 - POLLITZER, R. - La Peste - Organisation Mondiale de la Santé - Série de Monographies n.° 22 - Genève, 1954.         [ Links ]

20 - Profilaxia das Doenças Transmissíveis - Relatório Oficial da Associação Americana de Saúde Pública - Publicações científicas n.° 51 - OPAS, 1962.         [ Links ]

21 - Regulamento do SNP - Decreto-lei n° 8.938, de 26.1.46 - Imprensa Nacional, 1946.         [ Links ]

22 - SILVA JÚNIOR, MARCELO - Peste Bubônica - Jornal do Comércio, 1942.         [ Links ]

23 - SILVA JÚNIOR, MARCELO - Em tôrno da Profilaxia da Peste - Apontamentos de aulas do Curso de Peste - Imprensa Nacional, 1945.         [ Links ]

 

 

Trabalho do Departamento Nacional de Endemias Rurais, M S., apresentado ao III Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 1-4 de fevereiro, 1967, Bahia.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License