SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue3Prevalência de parasitoses intestinais entre os usuários do centro de saúde do Distrito de Sousas, Campinas, SP (1986-1990)Serratia marcescens bacteremia associated with schistosomiasis mansoni author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

Print version ISSN 0037-8682

Rev. Soc. Bras. Med. Trop. vol.25 no.3 Uberaba July/Sept. 1992

http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86821992000300006 

ARTIGOS

 

Prevalência, índices de infecção e hábitos alimentares de triatomíneos capturados em uma área de vigilância epidemiológica

 

 

Vera Lúcia C. Corrêa Rodrigues; Antenor do Nascimento Ferraz Filho; Eduardo Olavo da Rocha e Silva; Virgilia Luna Castor de Lima

Endereço para correspondência

 

 


RESUMO

Em continuação a estudo anterior, relativo àprevalência e infecção por Trypanosoma cruzi dos triatomíneos capturados na região administrativa de Campinas, SP, os autores apresentam dados do período de 1982-1986, acrescentando informações sobre respastos sangüíneos realizados por 7.785 exemplares. Para tanto, foram utilizados os anti-soros: ave, marsupial, roedor e humano, através dos quais constataram o ecletismo alimentar de Panstrongylus megistus, espécie predominante na região, cujas formas aladas são encontradas com freqüência, infectadas por T. cruzi, nas casas habitadas. Desses, 14,78% reagiram frente ao anti-soro humano. Com Rhodnius neglectus foii observada situação assemelhada, mas com números menos expressivos. Em relação ao Triatoma sórdida, não foi constatada infecção natural e tampouco sinais de ingestão de sangue humano. Foi constatado acentuado aumento de T. arthurneivai nas casas, fruto da provável modificação ocorrida no ambiente natural. No período, foi encontrado Microtiatoma borbai, detectado pela primeira vez no Estado de São Paulo. Ressaltam também a importância da "investigação de foco " nas áreas em fase de vigilância.

Palavras-chave: Triatomíneos. Trypanosoma cruzi. Hábito alimentar. Panstrongylus megistus. Microtriatoma borbai.


ABSTRACT

Prevalence of triatomines and their infection by Trypanosoma cruzi, were studied during 1974-1981, in the Administrative Region of Campinas, São Paulo, Brazil. This investigation was continued (1982-1986), blood meal tests with bird, marsupial, rodent and human antisera having been added. Panstrongylus megistus, predominant in the region, whose winged instars are often found infected by T. cruzi in inhabited houses, displayed and alimentary eclecticism. From a sample of 7,785, 14.78 percent reacted positively with human antisera. A similar, but less marked behaviour was observed in Rhodnius neglectus. Triatoma sordida, the secondmost important species in the Region, was neither demonstrated to be feeding on humans nor to be infected by T. cruzi. Changes in their natural habitat probably caused sharp rises in T. arthurneivai populations in the human dwellings. The capture of three specimes of Microtriatoma borbai marks the first occurrence of this species in the State São Paulo. "Focus investigation "in areas in the surveillance phase can detect triatomines in the process of domiciliation.

Keywords: Triatominae. Trypanosoma cruzi. Blood meals. Panstrongylus megistus. Microtriatoma borbai.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. Barreto MP. Estudos sobre reservatórios e vetores silvestres do Trypanosoma cruzi. XXI -Observações sobre as associações entre reservatórios e vetores em especial referência à região nordeste do Estado deSão Paulo. Revista Brasileira de Biologia 28:481- 494, 1968.         [ Links ]

2. Barreto MP. Epidemiologia. In: Brener Z, Andrade ZA (ed) Trypanosoma cruzi e doença de Chagas. Editora Guanabara Koogan, Rio de Janeiro p.89- 151, 1979.         [ Links ]

3. Ferraz Filho AN, Rodrigues VLCC. Distribuição e infecção natural de triatomíneos capturados na região de Campinas, São Paulo, Brasil. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical 20:25-30, 1987.         [ Links ]

4. Ferraz Filho AN, Rodrigues VLCC. The first encounter of Microtriatoma borbai (Hemiptera: Reduviidae), in the State of São Paulo, Brazil. In: Abstracts of XIII Annual Meeting on Basic Research in Chagas' Disease, Caxambu p.VE-166, 1986.         [ Links ]

5. Forattini OP. Biogeografia, origem e distribuição da domiciliação de triatomíneos no Brasil. Revista de Saúde Pública, São Paulo 14:265-299, 1980.         [ Links ]

6. Forattini OP, Ferreira OA, Rabello EX, Barata JMS, Santos JLF. Aspectos ecológicos da trypano ssom ía se americana. XV111 - Desenvolvimento e ciclos anuais de colônias de Triatoma infestans, Triatoma sordida e Rhodnius neglectus em ecótopos artificiais, no ambiente peri e extradomiciliar. Revista de Saúde Pública, São Paulo 17:243-261, 1983.         [ Links ]

7. Forattini OP, Rabello EX, Ferreira OA, Rocha e Silva EO, Santos JFL. Aspectos ecológicos da trypanossomíase americana. XXI- Comportamento de espécies detriatomíneos silvestres na reinfestação do intra e peridomicílio. Revista de Saúde Pública, São Paulo 18: 185-208, 1984.         [ Links ]

8. Forattini OP, Rabello EX, Pattoli DBG. Aspectos ecológicos da trypanossomíase americana. IV - Motilidade do Triatoma arthurneivai em ecótopos artificiais. Revista de Saúde Pública, São Paulo 6:183-187, 1972.         [ Links ]

9. Forattini OP, Rocha e Silva EO, Ferreira O A, Rabello EX, Santos JLF, Lima AR. Aspectos ecológicos da trypanossomíase americana. XI - Domiciliação do Panstrongylus megistus epotsncia enzoótico. Revista de Saúde Pública, São Paulo 11:527-550, 1977.         [ Links ]

10. Forattini OP, Rocha e Silva EO, Rabello EX Andrade JCR, Rodrigues VLCC. Aspectos ecológicos da trypanossomíase americana. XIII - Potencial de Panstrongylus megistus sob vigilância epidemiológica. Revista de Saúde Pública, São Paulo 12:417-424, 1978.         [ Links ]

11. Forattini OP, Santos JLF, Ferreira OA, Rocha e Silva EO, Rabello EX. Aspectos ecológicos d trypanossomíase americana. XVI - Dispersão e ciclos anuais de colônias de Triatoma sordida e de Panstrongylus megistus espontaneamente desenvolvidas em ecótopos artificiais. Revista de Saúde Saúde Pública, São Paulo 13:299-313, 1979.         [ Links ]

12. Rocha e Silva EO, Andrade JCR, Lima AR. Importância dos animais sinantrópicos no controle de endemia chagásica. Revista de Saúde Pública, São Paulo 9:371-381, 1975.         [ Links ]

13. Rocha e Silva EO, Andrade JCR, Rodrigues VLCC. Investigação de foco, uma das atividades das campanhas de controle dos transmissores da trypanossomíase americana. Revista de Saúde Pública, São Paulo 12:425-431, 1978.         [ Links ]

14. Sherlock IA. Vetores. In: Brener Z, Andrade ZA (ed) Trypanosoma cruzi e doença de Chagas. Editora Guanabara Koogan, Rio de Janeiro p.42-88, 1979.         [ Links ]

15. Silveira AC, Diotaiuti L, Neiva E, Matos CAS, Elias M. Domiciliação do Rhodnius neglectus Lent, 1954 no Estado de Goiás, Brasil. In: Resumos da X Reunião Anual de Pesquisa Básica em doença de Chagas, Caxambu, VE-58, 1983.         [ Links ]

16. Siqueira AF. Estudos sobre a reação de precipitina aplicada na identificação do sangue ingerido pelos triatomíneos. Revista do Instituto de Medicina Tropical São Paulo 2:41-53, 1960.         [ Links ]

 

 

Endereço para correspondência:
Dra. Vera Lúcia C. Corrêa Rodrigues.
Laboratório de Chagas/SUCEN.
Rua Afonso Pessini 86, Centro.
CP: 192
13840-970
Mogi Guaçu, SP, Brasil.

 

 

Recebido para publicação em 21/07/92.

 

 

Superintendência de Controle de Endemias (SUCEN) da Secretaria da Saúde, Mogi Guaçu, SP, Brasil.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License