SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.9 issue1Variantes eletroforéticos em três tribos ameríndias: Baníwa, Kanamari e Pano CentralConsumo de alimentos e alguns nutrientes em Manaus, Amazonas. 1973-4 () author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Acta Amazonica

Print version ISSN 0044-5967On-line version ISSN 1809-4392

Acta Amaz. vol.9 no.1 Manaus Mar. 1979

http://dx.doi.org/10.1590/1809-43921979091109 

NUTRIÇÃO

Levantamento da freqüência de baixo peso de nascimento em Manaus, 1976

Rodolfo Giugliano*  2 

José Viana de Souza**  4 

Roger Shrimpton*** 

Loreny Gimenes Giugliano*** 

*— Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia e

2Instituto de Medicina Tropical de Manaus.

**— Acadêmico de Medicina da Fundação Universidade do Amazonas e

4bolsista do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.

***— Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus.

Resumo

Foi levantado o peso de nascimento de 4.166 crianças nascidas em Manaus, no ano de 1976, em 2 maternidades que atendem a populações de níveis socioeconômicos diferentes. Na maternidade I (classe pobre), foram levantados 2.552 nascimentos e encontrou-se uma freqüência de baixo peso de nascimento (<2,500g) de 11,7% enquanto que, na maternidade II (classe média/alta) apurou-se 1.614 nascimentos, com uma freqüência de baixo peso de 8,1%. A diferença foi significativa (p<0,001). Quando analisada a freqüência de peso abaixo de 2.000g. nas duas maternidades, verificou-se que é 4 vezes maior na maternidade I em relação à maternidade II. São discutidas também comparações desses dados com outros disponíveis na literatura, suas implicações sobre as taxas de mortalidade infantil e o posterior desenvolvimento saudável da criança e as possíveis causas e sugestões para sua melhoria

Summary

The Amazon Basin has bean called a zone of endemic hunger, however few representative scientific studies of human nutritional status have been carried out. Birth weight is influenced amongts other things by nutritional status. As data on the frequency of low birth weights in the Amazon was not available, 4168 birth records for the year 1976 were studied in two maternity clinics of Manaus. One clinic with 2552 births, attended principally the poor of the city, whilst the second attended 1614 births of a higher socio-economic level. The study represent some 25% of the estimated total number of births in the city for 1976. The frequency of low birth weight in the poor maternity clinic (11.7%) was higher than in the richer one (8.1%) (P<0,001). Attention is brought to the fact that most probably half of the poorest people in the city had their children at home. In comparison with other parts of the world these frequencies are intermediate between the north east of Brazil and developed countries, being only half of the frequencies found in Asia. The possible local factors responsible for these results are discussend and recommendations made that could improve the situation.

Texto disponível apenas em PDF

Creative Commons License  This is an Open Access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution License, which permits unrestricted use, distribution, and reproduction in any medium, provided the original work is properly cited.