SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16Estudo preliminar das sementes e do óleo de cinco espécies da amazônia.Estudos sobre a germinação de sementes de marupã (Simaruba amara Aubl.). I. Composição química e curva de embebição das sementes; germinação em diferentes temperaturas. author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Acta Amazonica

Print version ISSN 0044-5967On-line version ISSN 1809-4392

Acta Amaz. vol.16  Manaus  1986

http://dx.doi.org/10.1590/1809-43921986161382 

SILVICULTURA

Resultados preliminares de estudos sobre a conservação e composição bioquímica de sementes de copaíba (Copaifera multijuga Hayne) - LEGUMINOSAE.

José Gilberto Vieira Façanha* 

Vania Palmeira Varela* 

*Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus - AM.

RESUMO

Estudou-se o efeito do armazenamento de sementes de copaíba (Copaifera multijuga Hayne.) em ambiente e em geladeira, tratadas com benlate a 0,1 e 0,2% sobre a percentagem de germinação. Verificou-se uma redução na percentagem de germinação após 30 dia de armazenamento em ambiente e em geladeira, sendo que na segunda condição a redução foi menor, sendo de 25,8 e 20,8% para as sementes tratadas com benlate a 0,1 e 0,2% respectivamente. As análises bioquímicas realizadas em sementes recém-colhidas mostraram um maior teor de amido tanto no tegumento quanto nos cotilédones de sementes de copaíba, levando-se assim a classificá-la quanto ao tipo de reserva predominante como amilácea.

ABSTRACT

This study investigated germination percentage of seeds oh Copaifera multijuga Hayne collected in the Adolfo Ducke Forest Reserve near Manaus in the state of Amazonas. Germination was tested at room temperature and under refrigeration txeated with Benlate (0.1% and 0.2%). Biochemical composition of the seeds was also studied. After 30 days of storage seed viabitity dropped more in the unrefrigerated seeds than in the refrigerated ones. Biochemical assays of starch, lipids, proteins and sugars showed that starch is the dominant energy storage product, both in the tegument and in the cotyledons.

Texto disponível apenas em PDF

Creative Commons License This is an Open Access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution Non-Commercial License, which permits unrestricted non-commercial use, distribution, and reproduction in any medium, provided the original work is properly cited.