SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue1-2Estudo anatômico das madeiras dos gêneros Anisophyllea R. Brow ex. sabine e Polygonanthus Ducke. (Rhizophoraceae)Flexão estática em amostras pequenas livres de defeitos author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Acta Amazonica

Print version ISSN 0044-5967On-line version ISSN 1809-4392

Acta Amaz. vol.18 no.1-2 Manaus Mar./June 1988

http://dx.doi.org/10.1590/1809-43921988182146 

TECNOLOGIA

Classificação mecânica não destrutiva em vigas de madeiras tropicais

Setsuo Iwakiri1 

1Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - INPA, Manaus - AM.

RESUMO

Neste trabalho, verificou-se o nível de correlação entre o parâmetro destrutivo -módulo de ruptura (MOR) e osnão destrutivos - módulo de elasticidade e massa específica aparente (MOE, ME) para tres espécies de madeiras tropicais - Parklia sp. (Pinho Cuiabano, Parícã) ,Vochysua sp. (Cambara, Quaruba) e Hgmenaea sp. (Jatobá), através da técnica de regressão linear. 0 objetivo principal deste trabalho foi a determinação de uma equação de prognose da resistência (MOR), com base nos parâmetros não destrutivos (MOE, ME), que possibilitasse a elaboração de classes de esforços para classificação de madeiras para fins estruturais. Entre as equações testadas, a que apresentou melhor correlacão foi aquela combinando as variáveis independentes - MOE e ME. No entanto, face à sua praticidade, a equação escolhida como modelo estimador da resistência foi: MOR = 0,0061 Mb (P) - 11,43816, com o coeficiente de correlação de 0,79 sendo Mb (P), módulo de elasticidade a diferentes cargas por espécies aplicadas no ponto central de uma das faces maiores da viga. foram elaboradas para cada espécie, classes de esforços com base nos valores médio e desvio padrão dos módulos de elasticidade das amostras livres de defeitos. O resultado da distribuição das vigas com defeitos dentro das classes estabelecidas foi considerado satisfatório.

ABSTRACT

The correlation coefficient between the destructives parameter-Modulus of Rupture (MOR) and the non-destruvtive parameters -Modulus of Elasticity (MOE) and Specific Gravity (SG) was verified for three tropical hardwood species - Parkia sp. (Pinho Culabano , Paricã), Vochysia sp. (Cambara, Quaruba), and Hymenaeja sp. (Jatobá), cubing the linear regression technique. The primary objective of this study was the development of an equation of the strength (MOR) related to the non-destructive parameters (MOE, SG) .Such an equation of stress grades ion the classification of structural timbers. The mathematical equation with the best correlation coefficient was one which combined the independent variables - MOE and SG. Nevertheless, for a pratical purpose, the chosen equation as an strength estimate model was MOR = 0,0061 Mb (P) - 11,43816, with a correlationcoefficient of 0,79. Mb (P) Is the Modulus of Elasticity for different loads perspecles applied on the central part of the widest face of the beam. For each species, stress grades were developed according to the average and standard deviation values of the Modulus of Elasticity of the defect-free samples.

Texto disponível apenas em PDF

Creative Commons License This is an Open Access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution Non-Commercial License, which permits unrestricted non-commercial use, distribution, and reproduction in any medium, provided the original work is properly cited.