SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número2Myxomycetes do estado de Roraima, com especial referência para a estação ecológica de Maracá (Amajari - RR, Brasil)Estudo fitossociológico nas regiões de Carajás e Marabá - Pará, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Acta Amazonica

versão impressa ISSN 0044-5967versão On-line ISSN 1809-4392

Acta Amaz. vol.29 no.2 Manaus jun. 1999

https://doi.org/10.1590/1809-43921999292206 

BOTÂNICA

Musgos da ilha de Marajó - II - Município de Anajás Pará, Brasil

The mosses of the Marajó island - II - Municipallity of Anajás Pará, Brazil

Regina C. L. LISBOA 1  

Maria Josiane L. de LIMA 2  

Ubirajara N. MACIEL 1  

1Museu Paraense Emílio Goeldi, Departamento de Botânico, Caixa postal 399, CEP 66.017-970, Belém, PA.

2Estagiária no DBO/MPEG.


RESUMO

No município de Anajás, Ilha de Marajó, situado no estado do Pará, foram realizadas coletas de Bryophyta (musgos), em continuidade ao projeto que tem como objetivo conhecer a brioflora da ilha. Foram identificadas 34 espécies, distribuídas em 25 gêneros e 17 famílias. Destas, Calymperaceae e Sematophyllaceae destacaram-se pela diversidade específica, com seis e cinco espécies, respectivamente. Os musgos Syrrhopodon leprieurii Mont., Fissidens elegans Brid., Isopterygium subbrevisetum (Hampe) Broth, e Meiothecium boryanum (C. Müll.) Mitt., são apresentados como novas ocorrências para o estado do Pará.

Palavras-Chave: Bryophyta; musgos; Ilha de Marajó; novas ocorrências

ABSTRACT

Mosses were collected in the municipality of Anajás, on the Marajó Island, in the northen Brazilian state of Pará. This work continues the survey of the Bryophyta flora of this island. Thirty-four species, belonging to 25 genera and 17 families, were identified from the municipality. Calymperaceae and Sematophyllaceae stand out as the families with the greatest number of species (six and five, respectively). The mosses Syrrhopodon leprieurii Mont., Fissidens elegans Brid., Isopterygium subbrevisetum (Hampe) Broth, and Meiothecium boryanum (C. Müll.) Mitt, represent new records for the state of Pará.

Key words: Bryophyta; mosses; Marajó Island; new records

Texto disponível apenas em PDF

Creative Commons License This is an Open Access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution Non-Commercial License, which permits unrestricted non-commercial use, distribution, and reproduction in any medium, provided the original work is properly cited.