SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issue3Morphology, germination and water content of seeds of Araçá-boi (Eugenia stipitata ssp. Sororia)Ecological analysis of one hectare of terra-firmc dense tropical rainforest at estrada da Várzea, Amazon state, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Acta Amazonica

Print version ISSN 0044-5967On-line version ISSN 1809-4392

Acta Amaz. vol.29 no.3 Manaus Sept. 1999

http://dx.doi.org/10.1590/1809-43921999293364 

BOTÂNICA

Diferença entre as espécies de Timbó ( Derris Spp., Fabaceae) de diferentes regiões da Amazônia no controle da Musca domestica L.

Differences among Timbo (Derris spp. Fabaceae) species from different Amazonian regions in the control of Musca domestical L.

José Paulo Chaves da COSTA 1  

Muracy BELO 2  

1 Embrapa Amazônia Oriental, Caixa Postal 48, 66017-970, Belém, PA.

2 FCAVJ-UNESP, 14870-000, Jaboticabal, SP.

RESUMO

O pó das raízes das espécies de timbó coletadas em diferentes regiões da Amazônia, testado em agrupamentos de larvas, não produziu efeito diferencial significativo entre duas linhagens de Musca domestica. As duas espécies com maior número de plantas empregadas foram Derris nicou e Denis urucu; seus representantes são provenientes de regiões que foram consideradas como "refúgios florestais", durante o plcistoceno na Amazônia. Dentro de cada espécie, as plantas variaram, desde aquelas ineficientes, até as que foram altamente letais no controle das moscas. Esta capacidade diferencial no controle das larvas entre plantas da mesma espécie, originadas de regiões diferentes, sugere que ambas as espécies devem ter apresentado isolamento de suas populações, durante esta época do quaternário. Nas regiões ou "refúgios florestais", onde essas espécies estiveram representadas, D. urucu foi superior a D. nicou na capacidade de controlar as larvas. Enquanto, entre as plantas da região F (refúgio do Leste-peruano), do Estado do Acre, as duas espécies apresentaram convergência de valores, dos danos produzidos nos agrupamentos de larvas. Entre as outras espécies, Derris sp. (timbó amarelo ou melancia) não apresentou entre as amostras provenientes de duas regiões, diferenças nos efeitos às larvas; enquanto, a espécie introduzida na Amazônia, Derris elliptica, mostrou danos nos agrupamentos de larvas, semelhantes a algumas das melhores plantas de D. nicou e D. urucu.

Palavras-Chave: Amazônia; controle; Musca domestica; "refúgios florestais"; timbó

Texto disponível apenas em PDF

Creative Commons License This is an Open Access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution Non-Commercial License, which permits unrestricted non-commercial use, distribution, and reproduction in any medium, provided the original work is properly cited.