SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número2Caracterização do regime pluviométrico da região do projeto Rio Formoso na bacia do Araguaia, to., BrasilMadeiras tropicais: análise econômica das principais espécies florestais exportadas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Acta Amazonica

versão impressa ISSN 0044-5967versão On-line ISSN 1809-4392

Acta Amaz. vol.31 no.2 Manaus abr./jun. 2001

http://dx.doi.org/10.1590/1809-43922001312236 

CIÊNCIAS DA SAÚDE

Situação nutricional e alimentar de portadores de Malária residentes no Amazonas - Brasil

Nutritional and dietary status of individuals with Malaria resident in Amazonas State - Brazil.

Fernando Hélio ALENCAR 1  

Lucia Kiyoko Ozaki YUYAMA 1  

Miriam Elenit Lima GUTIERREZ 2  

1INPA/CPCS. Caixa Postal 478. Manaus, AM. Brasil 969011-970

2 Aluna do Curso de Pós Graduação em Ciências de alimentos da Universidade do Amazonas

RESUMO

Foram estudados 268 indivíduos (198 homens e 70 mulheres), residentes no Amazonas, com resultados hemoscópicos positivos de malária, diagnosticados pela Fundação Nacional de Saúde — FNS/Manaus. A avaliação antropométrica foi universal, envolvendo as medidas de Peso, Altura, índice de Massa Corpórea (IMC), Prega Cutânea Triciptal (PCT), Circunferência Braquial (CB) e Circunferência Muscular do Braço (CMB). O universo estudado foi ainda subamostrado para avaliação Hematológica, Bioquímica (121 indivíduos) e Parasitológica (55 indivíduos). A análise dos resultados evidencia que apesar da presença da malária e das precárias condições de vida dos doentes, constatou-se que o Peso, Altura, IMC, CB e CMB apresentaram valores médios considerados normais, excetuando-se os resultados da PCT que foram inferiores aos padrões considerados de normalidade. Os resultados de Hematócrito, Hemoglobina, Glicose, Ferro sérico e Triglicerídeos, apresentaram-se dentro dos limites de normalidade, estando a Proteína Total no limite inferior recomendado, e, o HDL colesterol abaixo do limite de normalidade. O inquérito de consumo alimentar revelou que a população estudada teve acesso a uma dieta bem estruturada, sendo frequente o consumo de alimentos construtores (peixe, carnes e ovos), abundantes os energéticos: arroz, pão, gordura vegetal (óleos), e, em menor quantidade os reguladores (verduras e frutas). Como prováveis agravantes do estado nutricional dos portadores de malária, constatou-se alto índice de parasitose gastrointestinal, predominando o poliparasitismo, precárias condições de habitação, baixo nível de escolaridade, baixa renda, alto consumo de cigarro e álcool.

Palavras-Chave: Estado nutricional; Malária; Plasmodium

ABSTRACT

Two hundred sixty-eight subjects (198 men and 70 women) with blood-smears positive for malaria parasites, diagnosed at the Fundação Nacional de Saúde in Manaus were studied. The antthopometric evaluations of weight, height, body mass index, triceps skinfold thichness, brachial circunference and arm muscle circunference were performed an all subjects. Haematological and biochemical evaluations were performed for 121 individuals and coprological examination for parasites for 55. Despite the malaria and precarious living conditions of the patients, the anthopometric mean values were normal with the exception of triceps skinfold thickness, which was below normal. Measures of haematocrit, haemoglobin, glicose, serum iron and triglycerides were within the normal range, with total protein at the lower limit of the recomended range, and HDL cholesterol below the limit of normality. The dietary investigation revealed that the study population had acess to a well balanced diet, with frequent consumption of proteinrich food (fish, meat and eggs), abundant sources of energy (rice, bread and vegetable oil) and smalles quantities of regulators (green vegetables and fruits). Among factors aggravating the nutritional status of the malaria patients, a high incidence of multiple gastrointestinal parasitosis, precarious living conditions, low educational status, low income and high consumption of tobacco and alcohol were detected.

Key words: Status nutritional; Malaria; Plasmodium

Texto disponível apenas em PDF

Creative Commons License This is an Open Access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution Non-Commercial License, which permits unrestricted non-commercial use, distribution, and reproduction in any medium, provided the original work is properly cited.