SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número2Flebotomíneos (Díptera: Psychodidae) de uma Floresta Primária de Terra Firme da Estação Experimental de Silvicultura Tropical, Estado do Amazonas, BrasilPresença de inseticidas organofosforados nos peixes do Rio Amazonas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Acta Amazonica

versão impressa ISSN 0044-5967

Acta Amaz. vol.33 no.2 Manaus abr./jun. 2003

http://dx.doi.org/10.1590/1809-4392200332324 

ZOOLOGIA

The occurrence of the Asian Clam Corbicula fluminea in the lowe amazon basin

A ocorrência do bivalve asiatico Corbicula flumínea na bacia amazônica inferior

Colin Robert BEASLEY 1  

Claudia Helena TAGLIARO 1  

Wilsea Batista FIGUEIREDO 2  

1Universidade Federal do Pará, Campus de Bragança, Laboratório de Moluscos, Alameda Leandro Ribeiro s/n, Bairro Aldeia, Bragança 68.600-000, Pará, Brazil. Tel.: +55-91-4251209. E-mail: beasley@ufpa.br

2Universidade Federal do Pará, Centro de Ciências Biológicas, Campus de Santarém, Avenida Marechal Rondon s/n, Bairro Caranasal, Santarém, 68.040-050, Pará, Brazil.

ABSTRACT

This paper records for the first time the presence of Corbicula fluminea (Philipi, 1844) in the Brazilian Amazon Basin. This exotic bivalve was found in localities on the Amazonas, Pará and Tocantins rivers. Density and population size structure were measured in some localities. Mean density is between 6.66 and 7.3 individuals m-2. Population size structure and the dates of the first records suggest that the introductions may have occurred between 1997 and 1998. The introductions may have been mediated by ocean-going vessels visiting the ports of Manaus and Belém. The potential impact of the invasion on native freshwater bivalves is discussed along with the need for monitoring and prevention of further introductions of non-indigenous bivalves in Brazil.

Key words: Corbicula fluminea; exotic species; distribution; Amazon

RESUMO

No passado recente, três espécies de moluscos bivalves exóticos têm invadido as águas continentais da América do Sul. O presente trabalho registra pela primeira vez a presença de Corbicula fluminea (Philipi, 1844) na bacia amazônica brasileira. Este bivalve exótico foi encontrado em localidades nos rios Amazonas, Pará e Tocantins. A densidade e a estrutura em tamanho da população foram medidas em alguns locais. A densidade média é entre 6.66 e 7.3 indivíduos m-2. A estrutura da população e as datas dos primeiros registros sugerem que os moluscos foram introduzidos entre 1997 e 1998. As introduções talvez tenham sido causadas por navios visitando os portos de Manaus e Belém. O impacto potencial da invasão sobre os moluscos bivalves nativos é discutido bem como a necessidade de monitoramento e a prevençãode outras introduções de moluscos não-indígenos no Brasil.

Palavras-Chave: Corbicula fluminea; espécie exótica; distribuição; Amazônia

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Creative Commons License This is an open-access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution License