SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue2Behavior of banana cultivars exposed to infestation by M. incognita and M. javanica author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Anais da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz

Print version ISSN 0071-1276

An. Esc. Super. Agric. Luiz de Queiroz vol.38 no.2 Piracicaba  1981

https://doi.org/10.1590/S0071-12761981000200022 

Um estudo sobre as águas subterrâneas da região de Piracicaba

 

A study on the groundwaters of the Piracicaba region

 

 

Antonio Sanchez de OliveiraI; Eneas SalatiII

IDepto. Engenharia Rural, E.S.A. "Luiz de Queiroz", USP
IIDepartamento de Física e Meteorologia e CENA, E.S.A. "Luiz de Queiroz", USP

 

 


RESUMO

Uma opção para abastecimento de água às indústrias e populações tem sido a utilização das águas subterrâneas. Na região de Piracicaba, onde os mananciais de superfície apresentam os maiores teores de poluição do Brasil, tem-se procurado a utilização dos recursos hídricos subterrâneos.
Com uma contribuição às medidas de ordem prática no estabelecimento de baterias de poços artesianos, iniciamos um estudo sistemático dessas águas visando sua utilização para o abastecimento da população, indústria e agricultura.
Neste estudo foram analisadas amostras de águas subterrâneas da região de Piracicaba,
colhidas em 23 poços artezianos, 3 artezianos jorrantes, 4 freáticos e 3 mananciais.
Por meio da espectrometria de massa foram feitas determinações das concentrações dos isótopos D e 180 e estudou-se a correlação destes dados com as concentrações de D e 180, previamente determinadas por SALATI et alii (1972) para as águas de precipitação da mesma região e para o rio Piracicaba. Algumas análises químicas também foram efetuadas.
De um exame preliminar pode deduzir-se que:
a) as águas subterrâneas de vários poços de região podem ser representativas de um único aquífero, em virtude das pequenas variações apresentadas por suas concentrações isotópicas;
b) a concordência entre as concentrações de D e 180 das águas de precipitação e subterrâneas sugere que as zonas de recarga são muito permeáveis;
c) as concentrações isotópicas mais elevadas das águas do rio Piracicaba, em comparação com as das águas subterrâeas indicam ser este rio um efluente dos aquíferos da região em foco;
d) de maneira geral, as águas subterrâneas, apresentam-se de qualidade imprópria para o consumo humano;
e) evidenciou-se também a pequena vazão oferecida pela maioria dos poços profundos.
Por ultimo, este estudo proporcionou outras informações que permitirão melhor orientação nas futuras investigações hidrogeológicas.


SUMMARY

An alternative for supplying water to industry and population has been the utilization of groundwaters. In the Piracicaba region, where the sources of surface waters show the highest pollunt contents in Brasil, the utilization of ground waters has been tried.
As a contribution to the practical steps in the establishment of a series of artesian wells, a systematic study has been initiated on the quality of these waters, with a view to its utilization as water supply for the population, industry and agriculture.
For this study, samples of groundwater of the Piracicaba region were analyzed from 20 artesian wells, 4 artesian flowing wells, 5 phreatic wells and 3 springs.
Determination of D and 180 isotope concentration were made using mass espectrometry and the correlation of these data with the D and 180 concentration previously determined by SALATI et alii (1974) for the rainwater in the same region and for the Piracicaba river has been studied. Chemical analyses also were made.
These preliminary analyses suggest that:
a) due to the small variations observed in the isotopic concentrations, the groundwater obtained from the various wells in the region may be representative of a single aquifer;
b) the equivalence between the D and 180 concentration in the groundwater suggest rather permeable recharge zones;
c) the higher isotopic concentrations in the water of the Piracicaba river when compared of the groundwater concentrations indicate that this river is a drainer of the aquifers in the region under study;
d) generally speaking, the groundwaters showed to be inadequate for human consumption;
e) evidence has also been found that most of the deep wells have a small outflow.
In addition, this study has made available further information which will be of great help in future hydrogeological studies.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

LITERATURA CITADA

SALATI, E. et alii , 1972. Medidas de concentração de 180 em águas de chuva do Estado de São Paulo. Boletim Científico 2, CENA, ESALQ, USP, 24p.         [ Links ]

DANSGAARD, W., 1964. Stable isotopes in precipitation. Tellus, Suecia, 16(4): 436-468.         [ Links ]

FRIEDMAN, I., 1953. Deuterium content of natural waters and other substances. Geochimica et Cosmochimica, Acta 4: 89-103.         [ Links ]

MATSUI, E.; SALATI, E.; FERRAZ, E.S.B., 1971. Medida da variação natural da relação D/H em amostras d'água. Boletim Científico 1, CENA, ESALQ, USP. 31 p.         [ Links ]

EPSTEIN, S.; MAYEDA, T., 1953. Variation of 180 content of waters from natural sources. Geochimica et Cosmochimica, Acta 4: 213-324.         [ Links ]

McKINNEY, C.R.; McCREA, J.M.; EPSTEIN, S.; ALLEN, H.A.; UREY, H.C., 1950. Improvements in mass espectrometer for the measurement of small diferences in Isotope abundance rations. The Review of Scientific Instruments 21: 724-730.         [ Links ]

CRAIG, H., 1961. Isotopic variation in meteoric waters. Science 133: 1702-1703.         [ Links ]

OLIVEIRO, J.V., 1974. Concentrações de D e 180 nas águas de precipitação e de superfície dos Estados de Minas Gerais, São Paulo e Paraná, dissertação de mestrado, Piracicaba, CENA, ESALQ, MG, 153p.         [ Links ]

 

 

Entregue para publicação em 30/12/1981

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License