SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 issue1Sobre alguns trematodeos parasitos de Chelone mydas (L.), principalmente Paramphistomoidea author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Memórias do Instituto Oswaldo Cruz

Print version ISSN 0074-0276On-line version ISSN 1678-8060

Mem. Inst. Oswaldo Cruz vol.33 no.1 Rio de Janeiro  1938

http://dx.doi.org/10.1590/S0074-02761938000100010 

Leishmaniose Visceral Americana: (Relatorio dos trabalhos realisados pela commissão encarregada do estudo da Leishmaniose Visceral Americana em 1937)

E. Chagas

A. Marques da Cunha

L. Castro Ferreira

L. Deane

G. Deane

F. N. Guimarães

M. J. von Paumgartten

B. Sá

RESUMO

A Leishmania chagasi localisa-se principalmente nas cellulas reticulo-endotheliaaes dos tecidos. No sangue peripherico, o protozoario é visto com maior facilidade nos periodos iniciaes da infecção, quando pode ser observado livre, mais frequentemente no plasma de polynucleares e raramente no interior de macrophagos. Nas phases ulteriores, o parasito é raro no sangue peripherico e, quando encontrado, acha-se localisado no plasma de cellulas mononucleares. No interior dos leucocytos polynucleares apresentam as leishmanias signaes evidentes de degeneração, emquanto que nos macrophagos manteem o aspecto morphologico normal e as formas de multiplicação ocorrem com frequencia. Nos periodos agudos predominam os aspectos histo-pathologicos que traduzem intensa actividade do systema reticulo-endothelial e, nos periodos chronicos, a proliferação do tecido intesticial. O quadro hematologico é o de uma anemia sem signaes periphericos de regeneração. Os orgãos hematopoieticos demonstram signaes de perturbação funccional traduzida pelo exaggero da actividade que, entretanto, não leva á elaboração completa de globulos vermelhos, e á formação de granulocytos em número sufficiente. O quadro evolutivo da doença é o de uma anemia progressiva accompanhada de cachexia.

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License