SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.51A doença de Chagas na infânciaEstudos sôbre o complemento: II - Análise eletroforética do complemento inativado pelas radiações ultravioleta author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Memórias do Instituto Oswaldo Cruz

Print version ISSN 0074-0276On-line version ISSN 1678-8060

Mem. Inst. Oswaldo Cruz vol.51  Rio de Janeiro Dec. 1953

http://dx.doi.org/10.1590/S0074-02761953000100019 

A doença de Chagas em Minas Gerais: esbôco crítico dos trabalhos publicados até 1951

J. Pellegrino1 

Secretaria de Saúde e Assistência de Minas Gerais, Brasil

RESUMO

O grande impulso que têm tornado, nestes últimos anos, as investigações sôbre a doença de Chagas, não sòmente em Minas Gerais, como também em outros Estados do Brasil e países do novo continente atingidos pela endemia; o interêsse cada vez mais crescente por parte dos médicos em geral e a facilidade com que vêm sendo por êles assimiladas as recentes contribuições ao estudo desta entidade mórbida; a importância médico-social e a repercussão econômica que tem sido atribuída à esquizotripanose como fator de letalidade e de incapacidade relativa ou total para o trabalho, depois de conhecidos os resultados de inquéritos clínico-epidemiológicos realizados em zonas infestadas por triatomíneos; a recente adoção, por parte das autoridades responsáveis pela saúde publica, de medidas concretas de contrôle da doença pelo combate aos seus transmissores domiciliares, por meio de inseticidas de ação residual aplicados em larga escala; e, principalmente, a escassez de trabalhos de conjunto e de fácil acesso, com referencias bibliográficas adequadas e extensas, que facilitassem aos não especializados no assunto, o conhecimento e a consulta das investigações já realizadas sôbre êste importante problema de medicina tropical; tais são os principais motivos que sugeriram a elaboração de um esbôço crítico do desenvolvimento dos trabalhos até agora publicados sôbre a esquizotripanose em Minas Gerais. De fato, foi aí descoberta a nova entidade mórbida do homem, foram aí estudados e esclarecidos problemas relativos à etiologia, epidemiologia, aspectos clínicos e anatomo-patológicos da esquizotripanose, foram aí realizadas investigações experimentais e desenvolvidos métodos de profilaxia, constituindo, em conjunto, os trabalhos realizados sôbre a esquizotripanose em Minas Gerais, fundamentados nos alicerces sólidos legados pelo seu grande descobridor, uma obra verdadeiramente monumental, que tanto orgulha e engrandece a ciência latino-americana. Os trabalhos publicados sôbre a doença de Chagas em Minas Gerais, compreendendo tôdas as inves tigações aí realizadas e as contribuições que com material procedente do Estado se realizaram fora dêle, foram divididos em cinco grandes grupos: l.º) - Trabalhos realizados em Lassance 2.º) - Trabalhos realizados em Bambuí 3.º) - Trabalhos realizados em Belo Horizonte 4.º) - Trabalhos realizados em outras zonas do Estado 5.º) - Profilaxia da doença de Chagas em larga escala. I) - Os trabalhos realizados em Lassance cobrem um longo período de quase 30 anos, período êsse que vai desde 1909, data da descoberta de um novo tripanosoma e da descrição da nova entidade mórbida do homem feita por CHAGAS, ate 1936, data da publicação de trabalhos de pesquisadores de Manguinhos, apresentados no ano anterior à Nona Reunião da Sociedade Argentina de Patologia Regional convocada em homenagem à memória do grande tropicalista brasileiro CARLOS CHAGAS. Pràticamente, as pesquisas desenvolvidas em Lassance e os trabalhos realizados com o abundante material que de lá foi canalizado para o Instituto Oswaldo Cruz - investigações condensadas em uma centena de publicações - foram feitas por CHAGAS e colaboradores durante a vida do descobridor da esquizotripanose. Neste período, CHAGAS e pesquisadores que, sob sua orientação, trabalharam em Lassance e Manguinhos, descreveram a nova doença nas suas diversas...

ABSTRACT

The critical study of the papers published up to 1951 on Chagas' disease in the State of Minas Geraes (Brazil), was divided into five chapters: 1) Work made in Lassance; 2) Work made in Bambuí; 3) Work made in Belo Horizonte; 4) Work made in other parts of the State; 5) Large-scale prophylaxis of Chagas' disease. 1) The work made in Lassance covers a long period of almost 30 years, from 1909, when a new trypanosoma was discovered and the corresponding disease was described by Chagas, up to 1936. The researches made in Lassance were carried out by Chagas and its co-workers of the Oswaldo Cruz Institute. During this period they described the various clinical features of the new disease, made a detailed study of its agent and the biology of the transmitting insects, and experiments and studies on the pathogeny and pathology of the disease; they developed diagnostic methods, analysed the role of domiciliary and wild reservoirs, and insistently showed the social significance of this sanitary problem. 2) The research work made on Chagas' disease in Bambuí contributed decisively for the growing interest on the study of this disease during the last few years. Although the work in Bambuí was carried out continuously since its beginning in 1940, the researches may be divided into two groups, namely the preliminary made before the installation in the mentioned city of the Center for the Study and Prophylaxis of Chagas' Disease in November 1943, and the work done after the installation of the Center. The first group represents the first contribution after the researches carried out in Lassance, towards a formal study of acute cases of Chagas' disease in the State .The finding of numerous acute cases at Bambuí led the direction of the Oswaldo Cruz Institute to create a Center of Studies in that city. An outstanding contribution on the clinical, epidemiological and prophylactic fields was brought about by investigators of Manguinhos with the abundant material supplied by the Bambuí Center. The chief contributions from Bambuí were of three kinds: a) The individualization of the chronic Chagas' heart disease on clinical, anatomo-pathological, electrocardiographic and experimental basis; the demonstration of its great frequency in infected individuals and the verification that in certain rural areas schizotrypanosis is one of the most important etiological factors of heart disease. b) The experience acquired with the use of the complement fixation reaction with antigens of cultures of Schizotripanum cruzi allowing a rapid and safe confirmation of chronic cases of schizotrypanosis. The reaction, if done in a large-scale, make it possible to get a fairly accurate idea on the incidence of Chagas' disease in endemic areas. c) The possibility of performing prophylactic campaigns by using proper residually acting insecticides. 3) - An examination of the literature on the subject shows a delayed interest of scientifc investigators and clinicians of Belo Horizonte on the study of Chagas' disease, since the first papers are dated 1930...

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License