SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.60 issue3Contribuição ao conhecimento da tribu Ormiini: I: gênero Ormia robineau-desvoidy 1830 (Diptera, Tachinidae)Brachionus variegatus, nova espécie de rotatoria (Brachionidae) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Memórias do Instituto Oswaldo Cruz

Print version ISSN 0074-0276On-line version ISSN 1678-8060

Mem. Inst. Oswaldo Cruz vol.60 no.3 Rio de Janeiro Sept. 1962

http://dx.doi.org/10.1590/S0074-02761962000300007 

Estudos anatômicos e histológicos sôbre a sub-família Triatominae (Heteropterareduviidae): parte XVIII: sistema traqueal do Triatoma infestans

Dyrce Lacombe1 

Instituto OSwaldo Cruz, Rio de Janeiro, Brasil


RESUMO

O presente trabalho consta de um estudo sõbre a topografia do sistema traqueal em Triatoma infestans. Com esta finalidade empregaram-se diversas técnicas de coloração por infiltração, além de introduzir-se uma modificação no método de Gäbler. Foram usados vários fixadores e feitas muitas Lâminas histológicas para a comprovação dos resultados. É apresentado, na parte referente a considerações gerais sôbre o sistema, uma citação de alguns autores que mais se dedicaram ao estudo do aparelho respiratório nos insetos. O estudo sôbre a distribuição do sistema traqueal abrange ambos os sexos, porém, é limitado a exemplares adultos. O assunto é abordado em 3 seções: 1) traquéias da região cefálica; 2) traquéias da região torácica; e 3) traquéias da região abdominal. O percurso das traquéias da região cefálica é acompanhado e estudado em todo o trajeto, o mesmo acontecendo com as do tórax e do abdômen. A disposição do sistema em estudo, na região torácica, apresenta-se bem amis complexa e com inúmeras ramificações, que se destinam aos diversos órgãos desta região. É estudada, também, a distribuição dos ramos traqueais nas pernas e nas asas do inseto. É evidenciado um rompimento na continuidade do sistema traqueal, na altura do 1º para o 2º estígmas abdominais. Supõe-se que êste fato esteja ligado ao desaparecimento do 1º esternito e a migração do esclerito contendo o 1º estígma abdominal, para a região dorsal do inseto. Devido a êste fenômeno, o sistema traqueal do Triatoma infestans apresenta-se diferente, funcionando como se fôsse dos sistemas independentes entre si. As diferenças, o número e a disposição das traquéias na região abdominal é abordado amplamente, assim como, realçada a formação e função dos citados sacos traqueais.

ABSTRACT

Es wird die Topographie des Tracheensystems von Triatoma infestans beschrieben, wobei eine Modifikation der Infiltrationsmethode von Gaebler ausgearbeitet und angekendet wurde. Es wurden ausschliesslich Imagines beider Geschlechter unter sucht. Das Tracheensystem wird in drei Regionen eingeteilt: 1) Tracheen der Kopfregion; 2) Tracheen des Thorax; 3) Tracheen des Abdomens. Das Grundschema der Tracheenstaemme und der Verzweigungen wird auch auf die Koerperanhaenge ausgedehnt. Es muss als besonderes Resultat hervorgehoben werden, dass das System in Hoehe zwischen dem 1. und 2. Abdominalstigma unterbrochen ist, eine Eigenart, die wahrscheinlich mit der Reduktion des 1. Sternits und der Wanderung des Restes des das Stigma tragenden Pleurits auf den Ruecken des Tieres zusammenhaengt. So besteht das Tracheensystem von Triatoma infestans aus zwei funktionell getrennten Teilen.

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License