SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 número1AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DE ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS DO SEXO FEMININOSISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA À GESTANTE DE ALTO RISCO: ESTRATÉGIA PARA O ENSINO DE ENFERMAGEM OBSTÉTRICA índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista da Escola de Enfermagem da USP

versão impressa ISSN 0080-6234versão On-line ISSN 1980-220X

Rev. esc. enferm. USP vol.28 no.1 São Paulo abr. 1994

http://dx.doi.org/10.1590/0080-6234199402800100083 

ARTIGOS ORIGINAIS

O RELACIONAMENTO DO IDOSO COM OS SEUS FAMILIARES

The interpereonnel relationship between the elder and his relatives

Alcinéa Eustáquia Costa* 

Lélia Maria Madeira* 

* Enfermeira. Docentes da Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais.

RESUMO

Estudo exploratório-descritivo com os objetivos de conhecer o relacionamento interpessoal entre o idoso e seus familiares e verificar a percepção deste sobre o processo de envelhecimento. Foram entrevistadas 20 pessoas (10 homens e 10 mulheres) acima de 60 anos. Os resultados encontrados, provavelmente subsidiarão a assistência de enfermagem a pessoas nessa faixa etária.

Palavras-Chave: Idosos; Relações interpessoais

ABSTRACT

This paper is an explorative - descriptive study trying to reach the following objectives: to know the interpersonnel relationship between the elder and his relatives and verify what is the elder's perception about the elderly process. The authors interviewed 20 persons (10 men and 10 women) after 60 years of age. The results showed probably will give some guidance for the nursing assistance to the elderly population.

Key words: Aged; Interpersonal relations

Texto disponível apenas em PDF

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

01. AGUIRRE, M.J.B.F. O ajustamento psicológico do idoso. In: UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Reitoria. Problemas do idoso - um desafio social. São Paulo, RUSP, 1984. p. 18-25. Cad.4. [ Links ]

02. BERQUO, E.S.; LEITE. E.S. Algumas considerações sobre a demografia da população idosa no Brasil. Ci.Cult v.40, n.7, p.679-87, 1988. [ Links ]

03. CAMPEDELLI, M.C. Atuação da enfermagem em geriatria e gerontología. Rev.Paul.Hosp.. v.3l, n.9/10, p. 198-200, 1983. [ Links ]

04. COLLIERE, M.F. Invisible care and invisible women as health care-providers. Int.J.Nurs.Stud.,v.23, n.2, p.95-112, 1986. [ Links ]

05. DREHER, B.B. Communication skills for working with elders. New York, Springer Publishing, 1987. [ Links ]

06. FRAIMAN, A.P. Coisas dm idade. 2ed. São Paulo, Hermes Editora e Informação, 1991. p.33-7. [ Links ]

07. HOGSTELL, M.O.; KASHKA, M. Staying healthy after 85. Geriatr.Nursing. „ v. 10 .n.1, p. 16-8. 1989. [ Links ]

08. JORDÃO-NETTO, A. Alternativas às limitações sociais dos idosos. /Conferência apresentada na 7 Jornada Brasileira de Geriatria e Gerontología. Rio de Janeiro, 1990/ [ Links ]

09. JORDÃO-NETTO, A. Mitos e tabus na terceira idade. São Paulo, /Palestra apresentada na 22 Jornada Médico-Social da 3a. Idade. Campinas, 1989/. [ Links ]

10. JORDÃO-NETTO, A. Uma nova proposta para o estudo do envelhecimento humano. São Paulo, SBGG-DGS, 1989./mimeografado/ [ Links ]

11. LANGARICA, R. Aspectos espirituales y envejecimento. Enf.al Dia, v.16, n.6, p.23-6, 1991. [ Links ]

12. MONTGOMERY, C. What you can do for the confused elderly. Nursing, v.17,n.4, p.54-7, 1987. [ Links ]

13. MORAN, J.M. Elementos para pensar a comunicação. In: SIBRACEn, 1, Ribeirão Preto, 1988. Anais. Ribeirão Preto, EERP/USP, 1988. p.66-94 [ Links ]

14. MYERS COUGH, P.R. Como comunicar com os doentes. Portugal, Publicações Europa, 1989. p.125. [ Links ]

15. VIETTA, E.P.; CARVALHO, E.C. Processos de comunicação à luz do marco conceitual para prática da enfermagem Social. In: SIBRACE n,1, Ribeirão Preto, 1988. Anais. Ribeirão Preto, EERP/USP, 1988. p.338-49. [ Links ]

Creative Commons License  This is an Open Access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution License, which permits unrestricted use, distribution, and reproduction in any medium, provided the original work is properly cited.