SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 issue4The effects of infertility on the spouses' relationship author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Escola de Enfermagem da USP

Print version ISSN 0080-6234

Rev. esc. enferm. USP vol.46 no.4 São Paulo Aug. 2012

http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342012000400001 

EDITORIAL

 

A contribuição da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo no cenário da saúde

 

 

 

 

Tamara Iwanow Cianciarullo

Enfermeira. Professora Titular do Departamento de Enfermagem Médico-Cirúrgica da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo. (aposentada). Atualmente docente do Programa de Mestrado em Ciência e Tecnologia da Saúde na Universidade Mogi das Cruzes. São Paulo, SP, Brasil. iwanow.c@uol.com.br

 

 

A Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo apresenta uma bem-sucedida trajetória de setenta anos, formando enfermeiros, oferecendo e ministrando cursos de pós-graduação (especializações, mestrados e doutorados) a profissionais nacionais e estrangeiros, desenvolvendo pesquisas e publicando os resultados, promovendo eventos em âmbito nacional e internacional, definindo e redefinindo estratégias inovadoras de processos cuidativos, assistenciais e de gestão - orientados por docentes comprometidos com o desenvolvimento científico, político, ético e estético da enfermagem e da área da saúde em geral, com destaque nos cenários latino-americano, europeu e africano.

Tive a oportunidade de acompanhar, durante mais de quarenta anos, os resultados dos trabalhos dos docentes, profissionais de competências específicas e de destaque em diferentes cenários educacionais, assistenciais, administrativos e governamentais em âmbito local, regional, nacional e internacional.

Esses profissionais desenvolveram formas de atuação inovadoras, liderando a implantação e implementação de processos de trabalho em hospitais considerados de ponta no cenário nacional e internacional - Hospital Universitário da USP, Hospital Sírio Libanês, Beneficência Portuguesa, Hospital Albert Einstein - , assessorando inclusive processos de implantação e organização de sistemas de saúde em âmbito internacional.

Em âmbito nacional, há que se destacar a participação de docentes da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo nos processos de consolidação da atenção básica nos municípios, como, por exemplo, a Estratégia de Saúde da Família, além de outros programas em âmbito estadual e nacional.

A articulação internacional merece destaque em função do significado de valor atribuído à influência na documentação de processos de inovação caracterizados pela utilização dos resultados gerados pelas pesquisas desenvolvidas no Brasil e apresentadas e publicadas em cenários internacionais, principalmente aquelas que subsidiam o desenvolvimento dos diagnósticos e intervenções de enfermagem, além de outras não menos importantes.

A participação de uma docente no cenário diretivo do ICN (International Council of Nursing) caracteriza a importância do perfil de competência da docente Taka Oguisso e da Escola de Enfermagem da USP, no cenário internacional.

A caracterização dos conhecimentos específicos da enfermagem, principalmente dos processos cuidativos, seus significados e os modos de manifestação no cotidiano dos indivíduos, famílias e comunidades, foram pesquisados e documentados em 987 dissertações de mestrado e 661 teses de doutorado de 1975 a 2012(a).

Além disso, os docentes da EEUSP geraram um conjunto importante de publicações (por meio de editoras de renome) referentes a diferentes áreas do conhecimento, como por exemplo: história da enfermagem, tipos de pesquisa, teorias de enfermagem, sistema de assistência em enfermagem, enfermagem psiquiátrica, comunicação em enfermagem, gerontologia, práticas complementares, instrumentos básicos, estomaterapia, enfermagem em unidades de tratamento intensivo, enfermagem em emergências, antropologia, enfermagem obstétrica, enfermagem pediátrica, atenção básica, atenção domiciliar, entre outras obras de grande importância na formação e no desenvolvimento cognitivo não apenas dos enfermeiros(as), mas também de outros profissionais da área da saúde.

Há que se destacar ainda a publicação de uma obra recente, editada no Brasil e publicada em língua espanhola na Argentina, de autoria da Professora Paulina Kurcgant e colaboradoras, fato que evidencia a possível influência dos processos de gestão em enfermagem no cenário latino-americano.

Em 31 de outubro de 2012 a Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo completará 70 anos, com uma história comprometida com o desenvolvimento de conhecimentos na área, as diretrizes éticas, os processos de trabalho contextualizados, as inovações tecnológicas, assistenciais e de gestão documentadas, caracterizando o seu compromisso com a promoção, manutenção e recuperação da saúde do ser humano. Celebrará o aniversário realizando o III Encontro Internacional de Pesquisa em Enfermagem, no qual pesquisadores nacionais e internacionais se reunirão pra discutir os temas mais candentes da investigação em Enfermagem.

Parabéns à Escola!

 

 

(a) Informações obtidas na Secretaria de Pós-Graduação da Escola de Enfermagem da USP em abril de 2012.